Simpósio debate os impactos do programa no desenvolvimento da Saúde brasileira durante o 35° CONASEMS

Ricardo Callado01/07/20196min
Presentes de forma conjunta pela primeira vez no evento, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês também lançarão portal sobre os projetos que já beneficiaram milhões de pessoas no país 

Os cinco hospitais que integram o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) do Ministério da Saúde, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês, terão, pela primeira vez, um estande no Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS). A 35º edição do evento traz o tema “Diálogos no Cotidiano do SUS” e acontece de 2 a 5 de julho, no Ulysses Guimarães Centro de Convenções, em Brasília.

Um dos pontos altos da programação será o Simpósio “Como o PROADI-SUS contribui para a gestão da Saúde: experiências na Saúde do município”. Nele, os hospitais PROADI-SUS apresentarão suas principais iniciativas com o apoio de depoimentos de lideranças de municípios beneficiados pelos projetos realizados nas áreas assistencial, de estudos de avaliação e incorporação de tecnologia, capacitação de recursos humanos, pesquisas de interesse público em saúde e desenvolvimento de técnicas e operação de gestão em serviços de saúde. A atividade ocorre no dia 3 de julho, às 14 horas, no Auditório Águas Claras.

O evento também marcará o lançamento de portal dos projetos do PROADI-SUS – que reúne as informações sobre o programa, assim como detalha as ações executadas pelos cinco hospitais participantes dentro dos projetos que estão em andamento no país. No evento, totens serão disponibilizados ao público que visitar o estande para que possam navegar pelos projetos no novo site.

A parceria entre Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês busca disseminar, junto aos congressistas, os impactos positivos dos projetos desenvolvidos pelas instituições dentro do programa, evidenciando que é possível conquistar grandes benefícios para a saúde pública com a adoção de melhores práticas na gestão de saúde, capacitação de profissionais, pesquisas e avaliação de tecnologias.

Para Bernardete Weber, Superintendente de Responsabilidade Social do HCor e representante dos cinco hospitais integrantes do PROADI-SUS, a iniciativa evidencia o compromisso dessas instituições na contribuição estratégica para o desenvolvimento sustentável do Sistema Público de Saúde. “Contribuir continuamente com a transferência de expertise dos hospitais participantes para diversas áreas do SUS é um dos nossos principais objetivos”, ressalta Bernardete. “Todos os projetos do PROADI-SUS nascem da combinação das competências dos hospitais participantes com as necessidades do SUS, um sistema diverso e com múltiplas necessidades em sua essência, o que requer acompanhamento constante e um diálogo próximo entre as diversas esferas envolvidas na continuidade e perenidade dessas iniciativas, que, somadas, auxiliam no desenvolvimento do SUS de forma integrada e sistêmica”, destaca a executiva.

O PROADI-SUS busca em seus projetos promover sinergia entre os sistemas público e privado, com o objetivo de garantir que os princípios do SUS sejam colocados em prática: acesso integral, universal e igualitário à saúde para a população brasileira. São 132 projetos no triênio vigente (2018-2020) dentro de cinco grandes áreas: capacitação de recursos humanos, pesquisas de interesse público, estudos de avaliação e incorporação de tecnologias e assistência especializada complementar, que acontece principalmente em procedimentos de alta complexidade.

Sobre o PROADI-SUS

O PROADI-SUS (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde) foi criado em 2009 com o propósito de apoiar e fortalecer a qualificação do SUS por meio de projetos de educação, pesquisa, avaliação de tecnologias, gestão e assistência especializada. Hoje, o programa reúne cinco hospitais sem fins lucrativos que são referência em qualidade médico-assistencial: Hospital Alemão Oswaldo Cruz,HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês. O PROADI-SUS é mantido com recursos de imunidade fiscal dos hospitais participantes, em valores aplicados integralmente em projetos na forma de contrapartida à imunidade. Os projetos trazem a expertise dos hospitais em iniciativas que atendem necessidades específicas do SUS.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.


Sobre o Blog

Com 15 de existência, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Social LikeBox & Feed plugin Powered By Weblizar



Parcerias