23/06/2018 Brasília - DF 17°C

Rollemberg x Polícia Civil: governador vence mais uma batalha que prejudica a categoria

Ricardo Callado14/06/20184min

O governador Rodrigo Rollemberg se empenhou pessoalmente e publicamente para evitar que uma emenda de autoria de Laerte Bessa (PR-DF) fosse aprovada, que iria beneficiar a Polícia Civil do Distrito Federal.

 

Através do Twitter, Rollemberg provocou a bancada federal do DF na Câmara: “Será que os deputados da bancada de Brasília terão coragem de retirar mais de R$ 1 bilhão da educação e da saúde? Vamos ver como vão votar! Atenção, Brasília!”. “Tenho convicção que Augusto Carvalho, Érika Kokai, Izalci, Roney Nemer e Vitor Paulo não vão permitir essa aberração“, completou.

 

Logo em seguida, o governador foi desmentido pelo perfil oficial do Sindicato dos Policiais Civil, também no Twitter: “Governador, o sr., mais uma vez, falta com a verdade: a emenda a ser votada tem por objetivo alocar mais recursos para a Segurança Pública. A área, infelizmente, foi desprezada sob sua administração”.

 

Rollemberg ainda avisou: “Atenção população de Brasília. Se a Câmara Federal aprovar emenda que será votada agora do deputado Laerte Bessa vai retirar mais de 1 bilhão de reais do Fundo Constitucional da educação e da saúde!!!

 

O Sinpol-DF também desafiou Rollemberg: “É preciso que o sr. explique, na verdade, porque, nos últimos anos, o DF perdeu mais de R$ 1 bilhão em recursos do próprio Fundo Constitucional, que foram devolvidos à União”.

 

O Sindicato citou, ainda, que o governador afirma que a emenda vai prejudicar Brasília, “mas parece esquecer que sua gestão faz isso ao não investir os recursos do Fundo Constitucional corretamente, ou seja, na Segurança Pública. Como exemplo mais recente dessa sua má gestão: a suspensão do contrato para emissão das carteiras de identidade”, dispara o Sinpol-DF.

 

O Sindicato dos Policiais Civis afirma que o Fundo vem sendo desviado para outras áreas. “Saúde e Educação já possuem fontes de recursos próprias. Mas, também por incompetência, esse dinheiro não tem sido aplicado corretamente”.

 

E completa: “É necessário, ainda, que o sr. explique porque nunca houve uma solicitação da sua equipe para uma reunião com a bancada de parlamentares do DF para discutir as emendas impositivas, que somam mais de R$ 300 milhões”.

 

A emenda regulamenta o uso de verbas do Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF) e determina percentuais por área para utilização dos recursos federais. O destaque, contudo, foi retirado a pedido da bancada do PR.

 

 

O governador alegou seu empenho em não beneficiar os policiais civis:  “Estão fazendo isso a pretexto de garantir recursos para a paridade da Polícia Civil com a Polícia Federal, prejudicando centenas de milhares de alunos que usam a rede pública e milhões que usam o SUS”.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias