Procuradoria da Mulher entrega selo para a empresa amiga da primeira infância

Ricardo Callado05/11/20195min

A iniciativa é da deputada Julia Lucy (Novo), que é procuradora especial da mulher da Casa e presidente da Frente Parlamentar da Primeira Infância. Ela afirmou que o selo é mais uma ferramenta “para buscar melhorias no acesso das crianças na primeira infância a condições que garantam não só o presente, mas também um futuro em igualdade de condições”.

A deputada, juntamente com a Associação Comercial do DF (ACDF) e o Conselho de Mulheres Empresárias do DF, entregaram o selo a Codevasf, empresa pública brasileira que atendeu os pré- requisitos do projeto.

O representante da Codevasf, Luis Napoleão , demonstrou-se  honrado pela conquista mas admitiu que ainda há muito o que se fazer. “Passamos a identificar o tamanho da nossa responsabilidade, talvez nós gestores que fomos provocados pelas mães para atender essa demanda, começamos a perceber o quantos nós temos ainda para fazer”.

Flexibilidade

Napoleão explicou um pouco das ações que levaram a empresa ao mérito. “Horário diferenciado de amamentação, licença maternidade de 6 meses e a paternidade de 20 dias. O auxilio creche e pré-escolar de 6 anos e 11 meses, auxilio ensino especial, plano saúde estendido aos dependentes e flexibilidade” foram atitudes que a empresa tomou. Ele ainda deixou claro que ele “sempre se preocupou com a eficiência e não com o tempo de horas trabalhadas”.

Os presentes à solenidade concordaram que o desafio de proteção da primeira infância é de toda sociedade, e Julia Lucy destacou a eficácia de se “estabelecer parcerias com o meio empresarial, no sentido de garantir suporte e apoio para que as mães possam se desenvolver profissionalmente e sejam acolhidas por seus empregadores”.

Selo

O projeto tem como foco o estímulo ao trabalho conjunto entre empresas e setor público. Já aprovada em plenário, a proposta objetiva conferir, anualmente, premiação em forma de selo a empresas públicas ou privadas que atendam a uma série de critérios, entre eles, ter berçário, brinquedoteca, biblioteca ou creche no espaço da empresa; flexibilizar horários para funcionários com filhos menores de seis anos; ter programas de educação para gestantes, entre outros.

Também foi convidada para a sessão a advogada e pedagoga Camila Antunes, cofundadora da consultoria Filhos no Currículo. Ela apresentou dados e situações que mães e pais passam diariamente no ambiente de trabalho. “Todos os dias no Brasil nascem 8229 bebês e a cada bebê que nasce, nascem novos pais, novas mães e novos profissionais com filhos”, disse Camila.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.


Sobre o Blog

Com 15 de existência, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Social LikeBox & Feed plugin Powered By Weblizar



Parcerias