Órgãos do GDF intensificam esforço para prevenir e combater queimadas

Ricardo Callado07/08/20196min
(Foto: Renato Araújo/Agência Brasília)
Capacitação reúne servidores que comandam atividades no âmbito do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Distrito Federal

Está na fase final o trabalho de prevenção às queimadas no Cerrado, esforço coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente do Distrito Federal (Sema-DF) com a participação de vários órgãos do GDF. Desde março foram realizadas blitze educativas, abertura de aceiros, treinamento de profissionais no combate ao fogo, campanhas na mídia e contratação de brigadistas.

O último curso, que se estenderá até sexta-feira (9/8), é ministrado em parceria com o Corpo de Bombeiros do DF, com o objetivo de aprimorar a eficácia no combate às grandes ocorrências. Ao mesmo tempo, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) abriu inscrições até sexta-feira (9) para a contratação temporária de 100 brigadistas, que vão atuar nas 96 unidades de conservação do DF.

A capacitação reúne 15 servidores que desempenham funções de comando em instituições do grupo executivo do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Distrito Federal (PPCIF). O curso está sendo desenvolvido em 10 módulos específicos, totalizando 40 horas/aula, no Grupamento Ambiental de Bombeiros, localizado na Asa Norte.

“Trata-se de um grande desafio reunir tantos parceiros para enfrentar os meses críticos de seca. Houve um grande preparo e agora todos estão a postos”, afirmou o secretário da Sema, Sarney Filho.

O curso de Sistema de Comando de Incidentes (SCI intermediário) é voltado à área ambiental e com foco no combate de incêndios florestais ou ocorrências de grande vulto relacionadas a produtos inflamáveis ou radiativos. Trata-se de uma ferramenta internacional de gerenciamento de emergências que permite a utilização de uma estrutura organizacional comum em caso de acidentes.

Alinhamento

Responsável por um dos módulos do curso, o capitão Daniel Salomão Frazão Cardoso, do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, órgão do Corpo de Bombeiros, enfatizou a importância do alinhamento de procedimentos a serem seguidos pelas estruturas envolvidas nas operações.

Ex-integrante do Grupamento de Busca e Salvamento do Governo do Distrito Federal (GDF), Daniel Salomão reforçou que durante grandes ocorrências “é fundamental que o comando possa organizar e administrar rapidamente as situações, evitando, assim, a evolução de um desastre”.

Para o comandante do Batalhão da Polícia Militar Ambiental, major José Gabriel de Souza Júnior, é importante o aperfeiçoamento contínuo dos gestores das instituições, públicas ou privadas, que lidam com a área ambiental. “Temos que nos aperfeiçoar o tempo todo para dar uma resposta rápida na resolução das demandas que chegam”, disse o major, de 47 anos, 27 anos de corporação.

Águas Emendadas

Assessora técnica da Sema para o PPCIF, Carolina Leite Queiroga Schubart, afirma que agora os órgãos do Plano de Prevenção estão preparados para enfrentar o período mais severo de seca, que se estende até outubro. “Ainda faremos uma blitz numa área muito sensível e de grande importância para o bioma: a Estação de Águas Emendadas. Lá ocorre o fenômeno único da união de duas grandes bacias da América Latina, a Tocantins/Araguaia e a Platina, em uma vereda de seis quilômetros de extensão”, explicou.

Carolina informa que a atenção redobrada em 2019 se deve ao período chuvoso no DF, que se estendeu além do esperado e permitiu o crescimento da vegetação – que, com a seca, transforma-se em combustível para eventuais focos de queimada. “Por isso, a nossa campanha alerta a população para não queimar o lixo, o que pode provocar incêndios de grandes proporções”, acrescentou a assessora técnica.

Em maio, o GDF decretou situação de emergência ambiental. A medida vale até novembro e prevê, entre outras ações, a contratação emergencial de brigadas distritais que atuarão no combate aos incêndios florestais em parques e unidades de conservação de Brasília. Também permite a compra de equipamentos de proteção individual para equipes que atuarem diretamente no controle das chamas.

* Com informações da Secretaria do Meio Ambiente.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias