Opinião | A histeria contra a gestão compartilhada nas escolas do DF é só histeria

Ricardo Callado20/08/20193min

Por Ricardo Callado

Muito se fala sobre a o modelo adotado de gestão compartilhada nas escolas públicas do Distrito Federal. Mas a verdade é que o modelo só traz benefícios aos alunos, aos professores, a escola e a sociedade.

Quem grita o contrário faz o jogo político. Não tem outra motivação a não ser ser do contra. Ou porque perde um espaço para fazer doutrinação ideológica dentro das escolas.

A demissão do secretário de Educação, Rafael Parente, anunciada na noite desta segunda-feira (20), não é um fato gerador de polêmica. É banal. Se um auxiliar do governador vai contra as suas ordens, normal que ele sai do time.

Um governo precisa estar afinado. E ter comando. É assim em qualquer governo, seja de direita ou de esquerda. Não é uma questão ideológica, mas sim de engajamento a um projeto administrativo. Se não acredita ou não segue o projeto, melhor partir para a oposição e se juntar aos seus iguais. Nada é mais democrático do que isso.

O governador Ibaneis Rocha acerta em manter um modelo que vem dando certo e é aplaudido pela população. E que vem servindo de modelo para outras unidade de Federação.

Nas escolas, militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros atuam na administração escolar e na disciplina de estudantes, enquanto os professores são responsáveis pela parte pedagógica.

A relação direta do desempenho escolar está calcada na disciplina. A presença do policial dentro da escola visa a aumentar o grau de disciplina dos alunos e reduzir a violência e as transgressões escolares. Quanto mais tempo dentro da sala de aula assimilando conhecimento, melhor desempenho em provas e concursos.

Os professores são os mesmos. Não se mudam alunos. Os alunos são os mesmos. Trabalha-se com a escola. Os militares são pessoas sérias e compromissadas com a sociedade. Missão, valores e visão. O resto é histeria.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.


Sobre o Blog

Com 15 de existência, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Social LikeBox & Feed plugin Powered By Weblizar



Parcerias