21/10/2019 Brasília - DF 24°C

Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo chega a sua 30ª edição com produção do DF

Ricardo Callado19/08/20195min

“O Véu de Amani” integra a programação do evento, que acontece entre os dias 22 de agosto e 01 de setembro

O filme O Véu de Amani (Renata Diniz) é o representante do Distrito Federal no 30º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo. O evento, que acontece entre os dias 22 de agosto e 01 de setembro de 2019, acompanha a evolução tecnológica no audiovisual, da película à realidade virtual.

O curta está na Mostra Infantojuvenil e conta a história de uma garotinha mulçumana paquistanesa que se muda para o Brasil e recebe um presente inesperado da sua nova amiga brasileira: um biquíni.

O Véu de Amani pode ser visto nos dias 24, às 15h, na Cinemateca – sala BNDES; no dia 25, às 15h, no Cine Olido; e no dia 01 de setembro, às 15h, no Centro Cultural São Paulo.

O FESTIVAL

Celebrando 30 anos ininterruptos de realização, o Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, dirigido por Zita Carvalhosa e organizado pela Associação Cultural Kinoforum, apresenta gratuitamente 324 filmes de 53 países, em diferentes salas de cinema da capital paulista.

 Além das tradicionais Mostras Internacional, Latino-Americana e Programas Brasileiros, que revelam um panorama do cinema contemporâneo em todo o mundo, a edição estreia a Mostra Limite, com filmes brasileiros e estrangeiros que experimentam novas linguagens, os Programas Imersivos, com documentários de Tadeu Jungle em 360º para óculos VR, filmes franceses em 3D e games brasileiros de realidade virtual, e ainda sua primeira Mostra Competitiva, especialmente para títulos nacionais.

Os Programas Especiais reúnem atrações que já fazem parte do calendário do Festival, como a Mostra Infantojuvenil, além de diferentes destaques a cada edição. Entre eles, uma seleção de curtas de Jorge Furtado, como Ilha das Flores – que também completa 30 anos –, uma mostra de curtas coreanos em homenagem aos 60 anos das relações Brasil-Coreia, incluindo obras premiado diretor Bong Joon-Ho, e ainda um programa canadense que comemora o Ano Internacional das Línguas Indígenas.

SERVIÇO

Programação: 22 de agosto a 01 de setembro de 2019 – Entrada gratuita

Locais: Cinemateca Brasileira, CineSesc, Museu da Imagem e do Som – MIS, Espaço Itaú Augusta, Centro Cultural São Paulo – CCSP, Cine Olido, Cinusp e CEU’s Perus, Caminho do Mar e Vila Atlântica

Patrocínio: Sabesp (via Lei de Incentivo à Cultura – Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura), Ericsson (via ProAC ICMS – Secretaria de Cultura e Economia Criativa – Governo do Estado de São Paulo), SPCine, Prefeitura da cidade de São Paulo, BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), FSA (Fundo Setorial do Audiovisual), SAV (Secretaria do Audiovisual) e Ancine.

Realização: Kinoforum, Superfilmes, SESC, Cinemateca Brasileira, Museu da Imagem e do Som  – MIS.

Informações: www.kinoforum.org/curtas / www.facebook.com/kinoforum

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 

Sobre o Blog

Com 15 de existência, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Social LikeBox & Feed plugin Powered By Weblizar



Parcerias