Escola Superior de Governo lança edital para graduação gratuita no DF

Ricardo Callado17/05/20197min
As aulas, que começam em agosto, serão ministradas na Escola de Governo do Distrito Federal (Egov) /Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

São 60 vagas para o curso superior de tecnologia em gestão pública, para servidores efetivos e comunidade, via Sisu

Por Jéssica Antunes

A Escola Superior de Gestão (ESG) vai ofertar curso superior de tecnologia em gestão pública para 60 servidores efetivos e futuros profissionais. É a oportunidade de fazer uma graduação em uma instituição distrital pública, mantida pela Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal (Funab), com foco em melhorias para o serviço público em geral. O projeto piloto teve seus editais publicados nesta sexta-feira (17) no Diário Oficial. Outros seis cursos já foram credenciados e devem ser implementados nos próximos anos.

“O curso é voltado para as atividades de gestão da administração pública”, informa Alex Costa Almeida, diretor-executivo da Escola de Governo do Distrito Federal (Egov), onde as aulas serão ministradas. “Adota a aprendizagem baseada em problemas: traz o mundo real, a problematização para dentro do ambiente de ensino. O aluno vai aprender, mas também vivenciar os problemas encontrados no dia a dia da administração pública. Assim, alinha-se tanto a parte teórica quanto a prática em uma metodologia de ABP [Abordagem Baseada em Problemas]”.

Com início em agosto deste ano, o curso será presencial e terá carga horária de 1.960 horas, distribuídas em quatro semestres letivos. Esta será a primeira vez que a Escola Superior de Gestão ofertará um curso de graduação. As vagas serão divididas igualmente entre servidores efetivos de carreira estável, que ingressarão por processo seletivo, e – pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – estudantes que participaram da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A distribuição de vagas atende à lei distrital, que exige 40% das cadeiras para alunos que tenham cursado o ensino médio integralmente na rede pública, e à lei federal de cotas sociais.

O melhor desempenho dos servidores nas suas funções vai se refletir no serviço prestado à sociedade, que é o grande interesse e política do governoAlex Costa, diretor-executivo da Escola de Governo do Distrito Federal

“É uma oportunidade ímpar”, valoriza Alex de Almeida. “É uma oferta de graduação sem custos, privilegiando o servidor público, alinhando prática à teoria, e permitindo que o servidor tenha aperfeiçoamento nas próprias atividades. Obviamente, isso tem retorno para o cidadão. O melhor desempenho dos servidores nas suas funções vai se refletir no serviço prestado à sociedade, que é o grande interesse e política do governo”.

Aos estudantes, futuros profissionais, o novo curso representa uma chance de ter acesso a um ensino superior gratuito, com subsídio do Governo do Distrito Federal. “Vemos muito nossa juventude buscando a via do concurso público”, ressalta o diretor-executivo da Egov. “É um avanço para que isso possa acontecer, permitindo que o candidato comece uma graduação voltada para isso. Além disso, também fornece grandes ferramentas para trabalhar na iniciativa privada.”

Oferta ampliada

O  curso superior de tecnologia em gestão pública funcionará como projeto-piloto para ampliação da oferta, podendo chegar à pós-graduação Segundo a Egov, seis cursos de nível superior já estão credenciados e devem ser ofertados nos próximos anos: tecnologia em gestão de recursos humanos, tecnologia em gestão de marketing, tecnologia em gestão financeira, tecnologia em gestão de materiais e tecnologia em gestão de informação.

Escola Superior de Gestão

A Escola Superior de Gestão foi credenciada junto ao Conselho de Educação do Distrito Federal (CEDF) em setembro de 2017. Em maio de 2018, foi publicado o Acordo de Cooperação Técnica entre a antiga Secretaria de Planejamento (Seplag), a Egov e a Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal (Funab) para a implantação cursos voltados à gestão pública.

Na prática, a Funab mantém a parte tecnopedagógica da graduação, enquanto a Egov oferece a infraestrutura, otimizando a estrutura existente para menor gasto possível. Os tutores serão servidores públicos com experiência em gestão e qualificação nessa metodologia.

Serviço

Curso superior de tecnologia em gestão pública

Número de vagas: 30 (servidores efetivos) e 30 (estudantes que prestaram o Enem por meio do Sisu

Carga horária: 1.960 horas, distribuídas em quatro semestres (dois anos)

Aulas: segunda a sábado, das 18h45 às 22h

Início das aulas: 5/8/2019

Local: Escola de Governo (Setor de Garagens Oficiais Norte)

Para mais informações, acesse: esg.df.gov.br 

Inscrições: 29/5 a 12/6 (servidores) e de 4/6 a 7/6 (estudantes, via Sisu)

Divulgação do resultado definitivo do processo seletivo: 29/5 a 12/6 (servidores) e a partir de 10/6 (estudantes)

Matrículas: 11/7 a 16/7 (servidores) e 26/6 a 27/6

(Com informações da Agência Brasília)

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias