19/10/2019 Brasília - DF 24°C

Eixo Monumental terá mais uma obra de Oscar Niemeyer

Ricardo Callado09/10/20194min
A assinatura da Carta de Intenções e Compromisso abrirá caminho para captar recursos com vistas à construção do Museu da Bíblia | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Projeto arquitetônico dos anos 90 dará forma ao Museu da Bíblia e promete aquecer o turismo na cidade Projeto arquitetônico dos anos 90 dará forma ao Museu da Bíblia e promete aquecer o turismo na cidade

Poe Hédio Ferreira Júnior

Um espaço cultural com cinema, praça de alimentação, teatro, biblioteca, estacionamento interno e salas para palestras e exposições vai compor o conjunto arquitetônico e cultural do Eixo Monumental de Brasília.

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inspirado em modelo homônimo de Washington (Estados Unidos), o Museu da Bíblia será construído próximo à Estrada Parque Indústrias de Abastecimento (Epia), entre o Cruzeiro e o Setor Militar Urbano (SMU), com capacidade para 50 mil pessoas.

A expectativa é de que o museu receba cerca de 100 mil visitas ao ano e fomente o turismo em Brasília – uma das intenções de maior relevância da gestão do governador Ibaneis Rocha. Na manhã desta quarta-feira (9), foi assinada, no Palácio do Buriti uma Carta de Intenções e Compromissos que ajudará na captação de recursos para a construção do Museu da Bíblia. Os custos são estimados em R$ 63 milhões, sem ônus para o GDF.

“Ideologia, cada um tem a sua; time de futebol, cada um tem o seu e religião também; por isso nós temos a obrigação de respeitar as pessoas, a diversidade e as vontades delas que são feitas sob o manto de Cristo”, defendeu o governador, que é católico e tem como expectativa entregar a obra – que aponta como a maior de seu governo – até 2022.

“Ideologia, cada um tem a sua; time de futebol, cada um tem o seu e religião também; por isso nós temos a obrigação de respeitar as pessoas, a diversidade e as vontades delas que são feitas sob o manto de Cristo”Governador Ibaneis Rocha

Bíblia aberta

Instalado em uma área de 15 mil metros quadrados, o espaço cultural e religioso, com o formato de uma Bíblia aberta, terá como objetivo a preservação da memória religiosa por meio da divulgação das Sagradas Escrituras, promovendo, de acordo com seus idealizadores, educação e cultura. Para o presidente da Sociedade Bíblica do Brasil, Assir Pereira, o ponto de instalação do museu, previsto no projeto da cidade, tem um significado. “Está onde seria o leme do corpo do avião [que simbolizaria o desenho do Plano Piloto de Brasília]”, explica.

Além do governador Ibaneis Rocha, participaram representantes da Unidade de Assuntos Religiosos do GDF e integrantes da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, bem como líderes de entidades evangélicas.

 

Com informações da Unidade de Assuntos Religiosos

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 

Sobre o Blog

Com 15 de existência, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Social LikeBox & Feed plugin Powered By Weblizar



Parcerias