Categoria: Variedades

GDF_Coronavirus_BlogDoCallado_300x600.gif

Callado28 de março de 20204min

FIQUE EM CASAEm isolamento social por conta da pandemia, músicos gravam música de Michael Jackson cuja letra pede a cura do mundo

Os profissionais da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) se uniram para superar o isolamento determinado para conter o avanço no novo coronavírus, causador da Covid-19. Os integrantes do corpo da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) usaram a linguagem universal da música para transmitir ao mundo uma mensagem de união.

Regidos pelo maestro Claudio Cohen, 22 músicos fizeram soar trompas, trompetes, tuba, clarinetas, flautas, oboé, violinos, violoncelos, contrabaixo, harpa e percussão para declarar, em delicado vídeo nas redes sociais, seu lugar em favor da vida e da esperança.

“A ideia de produzir esse vídeo foi espontânea de todos, com o objetivo de passar uma mensagem de conforto nestes tempos de isolamento social. Além de mostrar, claro, a nossa capacidade de trabalho mesmo que separados em nossas casas”, explica Cohen. Além de reger o grupo, ele aparece tocando violino.

Os músicos interpretam um arranjo da música de Michael Jackson (1958-2009) Heal the World (Cure o mundo, de 1991, tradução livre) feito pelo trompista da Sinfônica Ellyas Lucas Souza e Veiga.

Ele também responde pela edição do vídeo para as redes sociais. O músico usou o programa Sony Vegas para juntar virtualmente os colegas, cada um tocando de casa. “Eu não tenho nenhum curso em edição, mas faço umas brincadeiras gravando”, relata.

Ellyas conta que a proposta da gravação começou no grupo de WhatsApp da orquestra. “Queríamos interagir de alguma maneira e então decidimos escolher essa música do Michael Jackson, que retrata um pouco do momento que estamos vivendo. Escrevi o arranjo e enviei para os colegas gravarem, depois foi só juntar tudo”, explica.

“Além de nos aproximarmos como profissionais, mandamos uma mensagem de conforto para a sociedade, pois a música tem esse poder de unir as pessoas, emocionar e transmitir paz, mesmo em momentos difíceis como o que atravessamos”, reforça.

Lilian Raiol, violinista da OSTNCS há 15 anos e desde 2016 no cargo de spalla (o primeiro violino, responsável pela afinação da orquestra), comenta a experiência: “Recebemos as partes junto com um áudio que serviu de base para afinação e tempo, a fim de estarmos todos no mesmo pulso, mesmo estando longe”. O resultado são três minutos de confortante interpretação, em que artistas surgem concentrados, ligados por seus fones de ouvido, a mesma expressão de compaixão.

Na letra, o ídolo pop norte-americano deixou o legado de sonhar com um mundo melhor para a raça humana: “Há gente morrendo e nos importamos com isso”. Um sentimento que reverbera na cabeça mesmo depois que o último acorde congela no vídeo e aparece a mensagem da OSTNCS para seu fiel público: “Estamos unidos pela música para ajudar a salvar vidas”.

O vídeo está disponível no perfil oficial da Secec no Instagram: @sececdf


Frutas-e-legumes-crédito-Pixabay-1280x784.jpg

Callado23 de março de 20203min

Bons hábitos e ingestão adequada de certos alimentos ajudam a fortalecer o sistema imune

Todo mundo sabe que manter uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para o bom funcionamento do organismo, garantindo assim mais saúde. Em tempos de pandemia por conta do Covid-19, além dos cuidados com higiene pessoal e evitar aglomerações, aumentar a ingestão de alguns alimentos pode contribuir para o aumento da imunidade.

O nutricionista Daniel Novais destaca a importância de se consumir frutas cítricas, como laranja, limão, mexerica e pitanga, além de legumes, como cenoura e tomate, e os peixes, pois são ricos em nutrientes que ajudam na formação das células do sistema imunológico

“De uma maneira geral, a imunidade é fortalecida ao se fazer uma dieta balanceada, comendo pelo menos três frutas por dia, incluindo legumes e verduras no almoço e no jantar e comendo peixe pelo menos três vezes por semana”, explica Daniel.

Além disso, manter um estilo de vida saudável também é uma das melhores estratégias para manter o sistema natural de defesa do corpo sempre forte e eficiente. Por isso, é recomendado não fumar, praticar exercícios físicos leves ou moderados de forma regular, dormir cerca de 8 horas por noite e consumir bebidas alcoólicas com moderação. Estes hábitos devem ser seguidos por todos ao longo da vida, não somente em momentos em que a pessoa encontra-se doente ou com facilidade para adoecer.

Daniel separou uma lista com alimentos mais indicados para aumentar o sistema imune, já que favorecem a produção das células de defesa do organismo de forma mais eficiente. Alguns exemplos são:

  • Ômega-3: salmão, atum, sementes de chia, nozes e linhaça;
  • Selênio: castanha do Pará, trigo, arroz, gema de ovo, sementes de girassol, frango, queijo, repolho e farinha de trigo;
  • Zinco: camarão, carne de vaca, frango, peru e peixe, fígado e frutos secos (castanha, amendoim e castanha do Pará);
  • Vitamina C: laranja, mexerica, abacaxi, limão, morango, melão, mamão, manga, kiwi, brócolis, tomate e melancia;
  • Vitamina E: sementes de girassol, avelã, amendoim, amêndoas, pistache, manga, azeite de oliva,  azeite de girassol, nozes;
  • Vitamina A: cenoura, batata doce, manga, espinafre, melão, acelga, pimentão vermelho, brócolis, alface e ovo.

conmebol_copa_libertadores.png

Callado19 de março de 20202min

Parada se dá em meio a avanço do novo coronavírus na América do Sul

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) prorrogou até 5 de maio a paralisação da Copa Libertadores da América em prevenção à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A suspensão também engloba a Copa Sul-Americana, que ainda não realizou o sorteio da segunda fase.

O novo adiamento ocorre “em salvaguarda a jogadores, corpo técnico, delegados, árbitros, dirigentes, imprensa e torcedores”, diz a nota da confederação sul-americana. Em documento assinado pelo diretor de competições de clubes da entidade, Frederico Nantes, e encaminhado às equipes, a Conmebol pede aos participantes que “mantenham a devida diligência a fim de evitar a propagação do vírus e que cumpram os protocolos de prevenção sugeridos pelas autoridades competentes. É um momento de cooperação e responsabilidade para toda a comunidade, e o futebol não pode ficar alheio a isso”.

Inicialmente, a confederação havia postergado somente as partidas marcadas para esta semana. O avanço da pandemia no continente sul-americano, com os registros das primeiras mortes por covid-19, fez a Conmebol mudar os planos e estender a paralisação.

Na última terça (17), a entidade já havia anunciado que a Copa América deste ano, com sede na Argentina e na Colômbia, seria disputada somente em 2021.


Anderson-Estima-DivulgacaoInstagram.jpg

Callado11 de março de 20204min
Anderson Estima

Artistas locais se apresentam de sexta-feira a domingo

Em março, o projeto Nikkei in Concert no Espaço Rooftop promete bastante animação. A programação recheada de atrações traz artistas locais tocando o melhor do Word Music, MPB e clássicos populares.

As apresentações ocorrem às 20h e seguem até às 23h, às sextas-feiras e sábados. Aos domingos, as atrações iniciam às 18h e ficam até às 21h. Todas as apresentações têm classificação indicativa livre e o valor do couvert (opcional) é de R$12 (doze reais) por pessoa.

Confira a agenda prevista para o mês*:

Sexta-feira

  • 13/03 – Larissa Vitorino com repertório variado cheio de MPB, samba, rock e até música eletrônica.

  • 20/03 – Marcus Vemares com ritmos do World Music.

  • 27/03 – Gael e Lucas Carvalho

Sábado

  • 14/03 – Anderson Estima com show voz e violão interpretando clássicos da música brasileira.

  • 21/03 – o cantor Elton Marques apresenta um show com voz, violão e elementos percussivos.

  • 28/03 – Anderson Estima com show voz e violão interpretando clássicos da música brasileira.

Domingo

  • 15/03 – Allan Massay apresenta um repertório com clássicos da MPB.

  • 22/03 – Nicole Biagio apresenta para nós um repertório de jazz e world music.

  • 29/03 – Marcus Vemares com ritmos do World Music.

 

*A programação poderá sofrer alteração sem aviso prévio. As atrações serão divulgadas semanalmente nas redes sociais do restaurante.

Serviço:

Espaço Rooftop Nikkei Brasília

Endereço: St. de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 – Orla da Ponte JK

Telefone: (61) 2099-2460

Horário de funcionamento: Quartas e quintas-feiras – das 18h à 0h (sem música ao vivo); Sexta-feira – das 18h à 1h; Sábado – das 16h à 1h e Domingo – das 16h à 0h.

Formas de Pagamento: dinheiro e cartão (qualquer bandeira) / não aceita tickets de alimentação

Wi-fi

Fraldário nos banheiros masculino e feminino

Manobristas


Crédito_Henrique-François-4-1280x853.jpeg

Callado11 de março de 202010min
Daniela Firme (Crédito Henrique François)

As músicas estarão disponíveis nas plataformas digitais, a partir do dia 06/03

A renomada cantora e compositora Daniela Firme lança seu segundo EP solo, no próximo dia 6 de março, em todas as plataformas digitais. Com quatro músicas inéditas, o EP intitulado “O Tempo e o Pensamento” terá como música de trabalho a canção “Voltando pra Casa”, além das faixas “Dia Nublado” e “Se Você For Capaz”. O show de lançamento acontecerá no dia 14 de março, no Clube do Choro de Brasília, a partir das 21 horas.

Ao falar do seu mais novo projeto, Daniela afirmou estar muito feliz e ansiosa para mostrar as músicas ao público. “Particularmente gosto muito dessas canções e acho que as pessoas também vão se identificar. É um EP bonito, sobre recomeço”, revelou.

E a expectativa é a melhor possível, diz a cantora, lembrando que o seu primeiro EP, “Tudo Certo, Tudo Errado” chegou a um número maior de pessoas do que ela imaginava – mais de 30 mil streams no spotify e 87 mil streams no youtube. “Recebo feedbacks de pessoas que se identificaram com as músicas, que viveram histórias relacionadas à música, e fico feliz demais com isso. Espero que esse segundo EP possa fazer sentido para as pessoas da mesma maneira”, afirmou.

Sobre a música de trabalho, “Voltando pra Casa”, Daniela explica que é uma balada romântica que fala da saudade de um relacionamento que passou. “É uma história autobiográfica mesmo, e acho que o arranjo que conseguimos fazer ficou muito bonito. Acredito ser uma música com a qual as pessoas vão se conectar e gostar de ouvir”, finalizou a cantora.

Os ingressos para o show de lançamento estarão disponíveis na bilheteria digital ou na bilheteria do Clube do Choro, por R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada).

História

Com 20 anos de carreira, Daniela Firme nasceu no Rio de Janeiro e mudou-se para Brasília aos 4 anos de idade, adotando a cidade como sua. Ingressou na música a convite de dois amigos, aos 17 anos. Na época, tinha uma agência de turismo, mas como sempre teve a música como uma grande paixão, resolveu entrar de cabeça nesse mundo.

Depois disso, a cantora e compositora fez seu nome no cenário musical brasiliense. Com uma presença de palco, afinação e extensão vocal única à frente da banda On The Rocks, que passou a se chamar Rock Beats, composta por Bruno Albuquerque na guitarra e violão, Alexandre Macarrão no baixo e Kaká Barros na bateria, fez seu primeiro show foi em 2005, no conhecido Feitiço Mineiro.  Seu trabalho é voltado para releituras de clássicos do pop rock nacional e internacional, sendo a banda de pop rock que mais se apresenta na capital, e chega realizar mais de 100 shows por ano, entre Brasília, Goiânia e região.

Com quase 37 anos de idade, que serão completados em 16/03, Daniela já recebeu convites para abrir shows de grandes nomes da música nacional. Entre eles, Paralamas do Sucesso, Humberto Gessinger, Biquini Cavadão e Capital Inicial.  E não para por aí, a cantora também já dividiu o palco com Bruno Gouveia (Biquini Cavadão), Digão (Raimundos), Phillippe Seabra (Plebe Rude), Patubatê, e muitos outros artistas.

Lançamentos

Em 2018, Daniela lançou seu primeiro EP autoral, com a música de trabalho “Tudo Certo, Tudo Errado” e outras quatro faixas. O EP já ultrapassou a marca de 40 mil streams no Spotify. A música foi apresentada ao público pela primeira vez em 2016, quando ficou entre as finalistas do programa Brasília Independente, da TV Globo. Ao ouvi-la, a editora de cultura da TV Globo Brasília, Márcia Witczak, afirmou: “Tenho que aplaudir! Com certeza Tudo Certo, Tudo Errado vai ser um sucesso. Voa alto, Dani. O Brasil e o mundo precisam curtir o seu som”. O produtor Rick Bonadio, responsável por lançar grandes nomes da música brasileira, também não poupou elogios, onde publicou um trechinho em sua conta no Instagram.

Ainda no mesmo ano, Daniela Firme fundou o movimento “Made In Brasília” com o objetivo de fortalecer a cena autoral do DF. Com a presença de músicos importantes no cenário local, como Georgia W Alô, Funqquestra, Mariano Júnior, Diogo (Bloco Eduardo e Mônica), Marquinho Vital (Capitão do Cerrado), Renato Azambuja (Surf Sessions) e Paulo Veríssimo (Distintos Filhos), já reúne mais de 100 artistas e bandas numa playlist disponível no Spotify.

Em maio de 2019, lançou o clipe da música “Tudo certo, tudo errado”, o primeiro de sua carreira autoral. Em setembro do mesmo ano, lançou o clipe da música “Menina”, que contou com a participação do cantor e compositor Milton Guedes. Ambos os clipes já acumulam mais de 110 mil visualizações no Youtube. Bruno

Fioravanti, conhecido por dirigir clipes de artistas de projeção nacional como Jota Quest, Capital Inicial, Vanessa da Mata, Ivete Sangalo, entre outros, assinou a direção de ambos.

O ano de 2019 foi importante na carreira de Daniela Firme. Além de sua participação no programa The Four, comandado pela apresentadora Xuxa Meneghel e transmitido em rede nacional pela TV Record, Daniela também foi a escolha do Governo do Distrito Federal para abrir as comemorações do palco principal do 59o Aniversário de Brasília, evento que contou ainda com a participação da artista Anitta. A cantora foi finalista do PPM – Prêmio Profissional da Música 2019, na categoria “melhor cantora” e semifinalista na categoria “melhor intérprete de rock”. Além disso, foi convidada para abrir os shows de Rodrigo Suricato (vocalista do Barão Vermelho) e João Suplicy.

Projetos

Daniela participou também de projetos beneficentes de grande visibilidade, como o Brasília Rosa In Concert, que arrecadou dinheiro suficiente para oferecer mais de 40 próteses mamárias para a Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília – Recomeçar, e o Elas Cantam Roberto, show que envolveu sete cantoras de Brasília – Daniela Firme, Patrícia Rezende, Rosana Brown, Ana Lélia, Carol Melo e Ana Clara Hayley – e a participação especial do maestro de Roberto Carlos, Eduardo Lages, que beneficiou duas entidades do DF – Lar Maria de Nazaré de Samambaia e Lar Bezerra de Menezes na Ceilândia.

Serviço:

Show de Lançamento do segundo EP da Daniela Firme “O Tempo E O Pensamento”

Data: 14/03 (sábado)

Local: Clube do Choro

Horário: 21h

Ingressos: 40 (inteira) e 20 (meia-entrada)

Ingressos pela bilheteria digital ou bilheteria do Clube do Choro


corrida-da-mulher.jpeg

Callado9 de março de 20204min

Evento comemorou o Dia Internacional da Mulher e premiou atletas em duas categorias de percurso: 5 e 10 quilômetros

Por Lívio de Araújo

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Pistão Sul, em Taguatinga, virou pista para mais de mil inscritos para a primeira etapa da BSB Race Day 2020, realizada na manhã deste domingo (8). O evento contou com percursos de 5 e 10 quilômetros e um especial para as crianças.

Ainda estava amanhecendo quando os atletas se aqueciam para a corrida. A largada foi dada pontualmente pelo vice-governador do DF, Paco Britto, às 7h. A inscrição, feita previamente pelo site oficial da BSB Race, dava direito a um kit para encarar o percurso e medalha com lanche para todos os participantes. As premiações foram dividias em 1º, 2º e 3º lugares masculino e feminino.

O evento, realizado desde 2017, é dividido em cinco etapas ao longo do ano. “Sempre a primeira corrida acontece em março em homenagem ao Dia da Mulher”, destacou a diretora da prova, Raquel Ramounier.

Segundo Raquel, o número de inscritas tem superado, ano a ano, a quantidade de homens na corrida. Para esta primeira etapa, por exemplo, mais de 600 mulheres participaram do percurso disputando o troféu e o pódio, enquanto as inscrições masculinas foram pouco mais de 400.

No percurso de 5 quilômetros, as atletas vencedoras foram Patrícia Rebechini (1º lugar), Vânia Maria Gomes da Silva (2º lugar) e Maria José Carneiro dos Santos (3º lugar). Já no percurso de 10 quilômetros as três primeiras colocadas foram Sandra Aragão, Pâmela Tamiris Palmeira e Rayane Vasconcelos.

Já o pódio masculino teve Flávio Henrique Guimarães Andrade (1º lugar), Geraldo Pereira da Silva Filho (2º lugar) e Jorge Luiz Bezerra dos Santos (3º lugar), no percurso de 10 quilômetros; e Roque lane de Almeida Lara, Carlos Renato de Jesus Dante e Fabrício Italo Ribeiro Pessoa no percurso menor.

Para o realizador do evento, Bruno Nascimento, mais uma edição do BSB Race Day é motivo para comemoração. “Mais de mil inscritos em um evento fora do Plano Piloto é um resultado excelente”, comemorou. A próxima etapa da corrida também será em Taguatinga e a terceira, no Plano Piloto.

Foco no social

Repetindo a tradição da última edição, o projeto social DV na Trilha também participou do desafio. A entidade, sem fins lucrativos, tem como principal função a inclusão de cegos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos beneficiados por meio da integração social. Funciona assim: um condutor, voluntário, orienta o participante durante todo o percurso.

Além de confirmar presença por meio da inscrição, os participantes tiveram que doar 1 quilo de alimentos não perecíveis, que serão destinados aos projetos contemplados em ações do TGS Solidário. Neste ano, os alimentos irão para o Projeto Amor sem Fronteiras, da Oscip Moradia e Cidadania, uma iniciativa voltada para imigrantes da Venezuela alojados em São Sebastião.


Salão-Renoir.jpg

Callado4 de março de 20202min

Renomados Profissionais Prestarão Serviços a R$ 100 e R$ 50 na segunda (09), a partir das 10h

Um mutirão profissional com os mais renomados cabeleireiros de Brasília irá realizar o Dia do Cabelo Solidário na próxima segunda-feira (09), a partir das 10h, no salão Renoir-Ricardo Maia, no Lago Sul. A preços promocionais de R$ 100 o corte e R$ 50 a escova, o grupo irá arrecadar recursos para apoiar a recuperação do cabeleireiro e maquiador Junior Sartori, que foi atropelado em janeiro e está impossibilitado de trabalhar. A renda será aplicada no tratamento necessário à reabilitação de Sartori.

“Iremos abrir excepcionalmente na próxima segunda-feira para realizar essa ação solidária”, conta Luciana Cortes, uma das proprietárias do salão. Não haverá atendimento com horário marcado. Os cortes serão realizados por ordem de chegada do Cliente. Os principais nomes do salão vão participar da atividade: Ricardo Maia, Hiderlan Menezes, Ivan David, Marcos dos Anjos, Junior Leali, Meire Rosa, Miriam Roseli, Bruno dos Santos, entre outros

CORTE SOLIDÁRIO A PREÇOS PROMOCIONAIS

Ação Para Arrecadar Fundos para o Tratamento do Cabeleireiro e Maquiador Junior Sartori

Data: 09 de março, segunda-feira, a partir das 10h

Local: Salão Renoir-Ricardo Maia

SHIS QL 02, Cj. 01, Cs. 01

Tel.: (61) 3248.3141 / 3711.3141


1°.3.-Escoteiros.-Foto-Seduh-Divulgação3.jpg

Callado1 de março de 20203min
A corrida, num percurso de quatro quilômetros, movimentou o Eixão Sul na manhã deste domingo | Foto: Divulgação / Seduh

Evento, que contou com apoio do GDF, marca abertura das atividades de 2020

Muita animação e alegria marcaram a abertura das atividades de 2020 dos cerca de quatro mil escoteiros do Distrito Federal. Acompanhados por amigos e familiares, eles se reuniram neste domingo (1°), no Eixão do Lazer, na altura da Superquadra 102 Sul, onde foi dada a largada da Corrida Escoteira das Cores. Este ano, pela primeira vez, o evento contou com o apoio do GDF.

Os secretários de Governo, José Humberto Pires; da Educação, João Pedro Ferraz; do Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira, e o presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Edson Duarte, estiveram presentes e foram homenageados com a Medalha da Gratidão.

Reconhecimento

“Estamos todos muito felizes com esse apoio, não só na logística para a realização deste evento, como no reconhecimento da importância do escotismo para a sociedade”, comorou a presidente dos Escoteiros do Distrito Federal, Adriana Frony.

Ela destacou a regulamentação do Decreto 40.219, de 31/10/19, que trata do escotismo como método complementar de educação e institui reserva de áreas para a prática da atividade em todas as regiões administrativas do DF.

“Os escoteiros fazem um trabalho incrível de promover a cidadania, a preservação ambiental, ajuda ao próximo, e é de interesse do governo sempre apoiar ações como essas desenvolvidas pelos escoteiros”, ressaltou o secretário Mateus Oliveira.

Corrida das Cores

Com um percurso de quatro quilômetros, a Corrida Escoteira das Cores tem como objetivo conectar os brasilienses e os escoteiros de todo o Distrito Federal. Os participantes costumam dar a largada vestidos de branco, e em alguns pontos acontece uma explosão de diferentes cores sobre eles.  Ao final, são há jogos e atividades que celebram o tema anual do evento, “Escoteiros – os Líderes do Futuro”.


Crédito_Henrique-François-5-1280x729.jpeg

Callado28 de fevereiro de 202010min

As músicas estarão disponíveis nas plataformas digitais, a partir do dia 06/03

A renomada cantora e compositora Daniela Firme lança seu segundo EP solo, no próximo dia 6 de março, em todas as plataformas digitais. Com quatro músicas inéditas, o EP intitulado “O Tempo e o Pensamento” terá como música de trabalho a canção “Voltando pra Casa”, além das faixas “Dia Nublado” e “Se Você For Capaz”. O show de lançamento acontecerá no dia 14 de março, no Clube do Choro de Brasília, a partir das 21 horas.

Ao falar do seu mais novo projeto, Daniela afirmou estar muito feliz e ansiosa para mostrar as músicas ao público. “Particularmente gosto muito dessas canções e acho que as pessoas também vão se identificar. É um EP bonito, sobre recomeço”, revelou.

E a expectativa é a melhor possível, diz a cantora, lembrando que o seu primeiro EP, “Tudo Certo, Tudo Errado” chegou a um número maior de pessoas do que ela imaginava – mais de 30 mil streams no spotify e 87 mil streams no youtube. “Recebo feedbacks de pessoas que se identificaram com as músicas, que viveram histórias relacionadas à música, e fico feliz demais com isso. Espero que esse segundo EP possa fazer sentido para as pessoas da mesma maneira”, afirmou.

Sobre a música de trabalho, “Voltando pra Casa”, Daniela explica que é uma balada romântica que fala da saudade de um relacionamento que passou. “É uma história autobiográfica mesmo, e acho que o arranjo que conseguimos fazer ficou muito bonito. Acredito ser uma música com a qual as pessoas vão se conectar e gostar de ouvir”, finalizou a cantora.

Os ingressos para o show de lançamento estarão disponíveis na bilheteria digital ou na bilheteria do Clube do Choro, por R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada).

História

Com 20 anos de carreira, Daniela Firme nasceu no Rio de Janeiro e mudou-se para Brasília aos 4 anos de idade, adotando a cidade como sua. Ingressou na música a convite de dois amigos, aos 17 anos. Na época, tinha uma agência de turismo, mas como sempre teve a música como uma grande paixão, resolveu entrar de cabeça nesse mundo.

 Depois disso, a cantora e compositora fez seu nome no cenário musical brasiliense. Com uma presença de palco, afinação e extensão vocal única à frente da banda On The Rocks, que passou a se chamar Rock Beats, composta por Bruno Albuquerque na guitarra e violão, Alexandre Macarrão no baixo e Kaká Barros na bateria, fez seu primeiro show foi em 2005, no conhecido Feitiço Mineiro.  Seu trabalho é voltado para releituras de clássicos do pop rock nacional e internacional, sendo a banda de pop rock que mais se apresenta na capital, e chega realizar mais de 100 shows por ano, entre Brasília, Goiânia e região.

Com quase 37 anos de idade, que serão completados em 16/03, Daniela já recebeu convites para abrir shows de grandes nomes da música nacional. Entre eles, Paralamas do Sucesso, Humberto Gessinger, Biquini Cavadão e Capital Inicial.  E não para por aí, a cantora também já dividiu o palco com Bruno Gouveia (Biquini Cavadão), Digão (Raimundos), Phillippe Seabra (Plebe Rude), Patubatê, e muitos outros artistas.

Lançamentos

Em 2018, Daniela lançou seu primeiro EP autoral, com a música de trabalho “Tudo Certo, Tudo Errado” e outras quatro faixas. O EP já ultrapassou a marca de 40 mil streams no Spotify. A música foi apresentada ao público pela primeira vez em 2016, quando ficou entre as finalistas do programa Brasília Independente, da TV Globo. Ao ouvi-la, a editora de cultura da TV Globo Brasília, Márcia Witczak, afirmou: “Tenho que aplaudir! Com certeza Tudo Certo, Tudo Errado vai ser um sucesso. Voa alto, Dani. O Brasil e o mundo precisam curtir o seu som”. O produtor Rick Bonadio, responsável por lançar grandes nomes da música brasileira, também não poupou elogios, onde publicou um trechinho em sua conta no Instagram.

Ainda no mesmo ano, Daniela Firme fundou o movimento “Made In Brasília” com o objetivo de fortalecer a cena autoral do DF. Com a presença de músicos importantes no cenário local, como Georgia W Alô, Funqquestra, Mariano Júnior, Diogo (Bloco Eduardo e Mônica), Marquinho Vital (Capitão do Cerrado), Renato Azambuja (Surf Sessions) e Paulo Veríssimo (Distintos Filhos), já reúne mais de 100 artistas e bandas numa playlist disponível no Spotify.

Em maio de 2019, lançou o clipe da música “Tudo certo, tudo errado”, o primeiro de sua carreira autoral. Em setembro do mesmo ano, lançou o clipe da música “Menina”, que contou com a participação do cantor e compositor Milton Guedes. Ambos os clipes já acumulam mais de 110 mil visualizações no Youtube. Bruno

Fioravanti, conhecido por dirigir clipes de artistas de projeção nacional como Jota Quest, Capital Inicial, Vanessa da Mata, Ivete Sangalo, entre outros, assinou a direção de ambos.

O ano de 2019 foi importante na carreira de Daniela Firme. Além de sua participação no programa The Four, comandado pela apresentadora Xuxa Meneghel e transmitido em rede nacional pela TV Record, Daniela também foi a escolha do Governo do Distrito Federal para abrir as comemorações do palco principal do 59o Aniversário de Brasília, evento que contou ainda com a participação da artista Anitta. A cantora foi finalista do PPM – Prêmio Profissional da Música 2019, na categoria “melhor cantora” e semifinalista na categoria “melhor intérprete de rock”. Além disso, foi convidada para abrir os shows de Rodrigo Suricato (vocalista do Barão Vermelho) e João Suplicy.

Projetos

Daniela participou também de projetos beneficentes de grande visibilidade, como o Brasília Rosa In Concert, que arrecadou dinheiro suficiente para oferecer mais de 40 próteses mamárias para a Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília – Recomeçar, e o Elas Cantam Roberto, show que envolveu sete cantoras de Brasília – Daniela Firme, Patrícia Rezende, Rosana Brown, Ana Lélia, Carol Melo e Ana Clara Hayley – e a participação especial do maestro de Roberto Carlos, Eduardo Lages, que beneficiou duas entidades do DF – Lar Maria de Nazaré de Samambaia e Lar Bezerra de Menezes na Ceilândia.

Serviço:

Show de Lançamento do segundo EP da Daniela Firme “O Tempo E O Pensamento”

Data: 14/03 (sábado)

Local: Clube do Choro

Horário: 21h

Ingressos: 40 (inteira) e 20 (meia-entrada)

Ingressos pela bilheteria digital ou bilheteria do Clube do Choro


Proibido-Moda-Nova.jpg

Callado27 de fevereiro de 20203min

Projeto reunirá artistas para resgatar sucessos antigos

“Proibido moda nova” é o mais novo projeto que promete movimentar o mercado sertanejo. Comandado pelos escritórios Tonico Shows e Life  Produções, tem como objetivo fazer o resgate da história da música sertaneja por meio de grandes sucessos. Canções que foram sucesso entre os anos de 1970 e 1990 serão regravadas com novas roupagens e interpretes, agradando ao público que gosta das modas mais antigas e homenageando os ídolos deste estilo musical.

De acordo com Deocleciano Máximo, o Tonico, idealizador da proposta, a música sertaneja dos anos 1970, 1980 e 1990 é vista com bastante saudade pelos fãs do estilo. “São músicas popularmente chamadas de “modão” e que mexem com o coração do fã da música sertaneja. São aquelas músicas que onde tocam todo mundo canta por que foram sucessos absolutos, cada uma em seu tempo”, disse ao explicar por que o projeto retomou este estilo. Sobre o nome, nome, Tonico revela que surgiu de uma brincadeira que sempre acontece entre produtores, cantores e profissionaois envolvidos com o meio sertanejo. “Todos são apaixonados nas músicas antigas e quando se reúnem para festejar a música antiga é a que prevalece. Sempre tem aquele que diz que está proibido cantar moda nova”, justificou.

Tonico revela ainda que o “Proibido Moda Nova” irá além de um movimento nas redes sociais. “Iremos realizar shows, com o Igor Ferraz e convidados, nos quais o repertório será formado apenas por canções que marcaram história e que estão entre os maiores sucessos da música brasileira”, revelou ao explicar que ainda não está marcada a data para o primeiro evento.

O primeiro artista a fazer as regravações das canções foi Igor Ferraz, que na próxima semana libera para o público as canções e os vídeos das regravações. Outros artistas, cujos nomes  ainda estão sendo mantidos em segredo,irão dar voz e corpo a este ousado projeto. Para conferir as primeiras músicas,  o fã da música sertaneja deve acessar, na próxima semana, as plataformas digitais do projeto e do cantor Igor Ferraz .



Sobre o Blog

Com 16 de existência, o Blog do Callado é o 1º Blog Político de Brasília, um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


ricardocallado@gmail.com

55 61 98417 3487


Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial