Categoria: Variedades

bloco-Eduardo-e-Mônica-_-01-1280x853.jpg

Callado24 de janeiro de 20207min

A festa reúne o bloco Eduardo e Mônica, Philippe Seabra e convidados

Para iniciar o mês mais carnavalesco do ano com o pé direito, tem que ser na folia! É por isso que o bloco Eduardo e Mônica reúne pandeiros e guitarras com Philippe Seabra (Plebe Rude), Bruno Alpino (Dona Cislene) e a banda Di Boresti no dia 1º de fevereiro. O evento acontece no O’Rilley Pub (409 Sul), a partir das 19h. Os ingressos custam a partir de R$30 e podem ser adquiridos pelo sympla. Vale chegar cedo, pois a casa está sujeita à lotação do espaço.

Em um lounge exclusivo na parte externa com mesas, telão e pista de dança, os foliões vão poder curtir uma mistura de rock, com samba e marchinhas de carnaval. O DJ Marcinho Grande Brother também se apresenta tocando os melhores hits nacionais. Além de muita farra, o evento tem uma pegada social e vai arrecadar materiais escolares para doação.

“É a primeira vez que a casa abre as portas para um pré Carnaval e esse ano, além de inovar com o bloco Eduardo e Mônica, vamos doar itens escolar para famílias de baixa renda. Vamos somar esforços para uma diversão com solidariedade”, comenta Gustavo Gondim, proprietário do O’Rilley.

Com a intenção de fazer um verdadeiro pré-carnaval, também haverá um concurso de fantasia e os três primeiros colocados serão premiados com hambúrguer e bebidas da casa.

Bloco Eduardo e Mônica

Criado em janeiro de 2017 por Marquinho Vidal (Capitão do Cerrado), Meolly Rony (Meolly folk e Dowjones) e Diogo Vilar (O bando), o Bloco Eduardo e Mônica surgiu como uma alternativa a uma faixa da população brasiliense que buscava novas opções de diversão. As guitarras se unem à pegada forte da percussão e repaginam clássicos do rock nacional de bandas como Legião Urbana, Raimundos, Plebe Rude, Cássia Eller, Capital Inicial, além de reggaes do Natiruts. Eleito por júri popular como o melhor bloco de Brasília, o grupo reuniu quase 30 mil foliões no último carnaval da cidade.

Carnarock no O’Rilley

Data: 01 de fevereiro de 2020

Horário: A partir das 19h

Local: O’Rilley Pub – 409 Sul – Casa sujeita à lotação.

Classificação: 18 anos

Ingressos: A partir de R$30

Link para compra do ingresso: https://www.sympla.com.br/pre-carnaval-do-rock__762676


D-Furious-Crew.jpg

Callado23 de janeiro de 20204min

Evento artístico cultural tem atrações para públicos de todas as idades no Centro de Múltiplas Funções

Com uma programação extensa, que deve atrair públicos de todas as idades, a Cidade Estrutural recebe no domingo (26), o Festival de Artes na Quebrada. O evento será realizado no Centro de Múltiplas Funções, entre as quadras 6 e 8. A entrada é gratuita e conta com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (Secec-DF), e patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF). A festa acontece das 14 horas às 22 horas

A proposta do Festival de Artes na Quebrada, criada por Hudson Gonçalves, conhecido como HD, morador de Brazlândia, é mobilizar a comunidade no aspecto cultural e social. “Quero proporcionar aos moradores da Cidade Estrutural e Brazlândia momentos de lazer com uma diversidade de apresentações”, explicou o rapper. Hudson já fez parte da composição dos grupos Intercâmbio, Face Crítica e A Junção e ainda participações com artistas da cena de rap do DF como tribo da periferia, Jordan e Voz Sem Medo. Ele também faz parte das atrações que sobem ao palco da festa no domingo.

O Festival de Artes na Quebrada terá duas edições. A primeira será na Cidade Estrutural, no domingo (26) e a segunda em Brazlândia no dia (1º/03). Na Cidade Estrutural, o público irá contar com a performance de ballet, capoeira e outras danças, com classificação indicativa livre.

Malabaristas vão exibir habilidades físicas impensáveis com manipulação de objetos para a plateia infantil que ainda pode conferir nesta festa apresentação de mamulengo, fantoche típico do nordeste brasileiro, que promete garantir gargalhadas dos pequenininhos.

Para realçar os pilares do hip-hop como ferramenta transformadora sócio educativa de jovens e adultos vai ter o Duelo de MC’s locais. Dançarinos de rua da própria comunidade vão realizar apresentações de Break Dance com os grupos Furious’D, que completa 10 anos de existência, e o Clay Feer, criado há um ano por amigos. Além de roda livre para participação de dançarinos solos, uma oportunidade de mostrarem suas habilidades nas batalhas.

Dentro da programação do evento, grafiteiros dos Distrito Federal farão arte com grafitti em alguns locais estratégicos do Centro de Múltiplas Funções. São aguardados para o festival os grupos de rap da cidade Mandrak Mob e Porte Ilegal Rappers, além das discotecagens dos Dj’s Marola e Clécio, e um baile de charme com o grupo Pegada Black.

A realização do Festival de Artes na Quebrada tem o objetivo de fomentar a produção da cultura local através da arte revelando novos artistas e a valorizar a cena artística local dentro da Cidade Estrutural.


Crédito-Hay-Torres-05.jpeg

Callado21 de janeiro de 20205min

O maquiador reuniu as principais dúvidas e vai dar todos os macetes para aquela data especial ou para o dia a dia durante o curso que acontece em janeiro

 Fazer a própria maquiagem pode se tornar um grande desafio. São vários produtos, muitas técnicas, combinações de tons e texturas para alcançar o resultado ideal. O maquiador Chiquinho Alves, conhecido como mago dos makes e queridinho das noivas de Brasília, conhece cada detalhe do processo e vai compartilhar seus conhecimentos durante curso de automaquiagem. Com inscrições abertas a primeira turma do ano acontece nos dias 30 e 31 de janeiro,  no Espaço Chiquinho Alves, na CLS 207 Sul, com vagas limitadas.

 Os temas abordados serão os preparos para a pele dia/noite, olho básico, olho festa, colocação de cílios, contorno simples, checagem de uso correto do material de uso próprio. Com metodologia com privilegia a prática, o profissional vai detalhar os processos, demostrando o passo a passo. “Vamos apresentar técnicas e também as dicas tipo “pulo do gato”, esclarecendo as dúvidas que as clientes sempre perguntam, para as participantes saírem da aula sabendo criar e produzir aa maquiagem de acordo com o seu estilo”, afirma Chiquinho.

 “Os cursos de automaquiagem vem atender uma demanda das clientes que não abrem mão de se arrumarem com um profissional para uma festa, mas que também querem estar bem no dia a dia, quando nem sempre é possível contar com um profissional”, esclarece o mago dos makes, Chiquinho Alves, que já tem planos para o próximo curso.  Com previsão para acontecer em fevereiro, o próximo curso terá a temática de  make para o carnaval e promete novidades para quem quer arrasar nos blocos e festas.

 Para a primeira turma, que acontece nos dias 30 e 31 de janeiro, no Espaço Chiquinho Alves, na 207 sul, das 19h30 às 21h30, o investimento é de R$150,00. Todo o material utilizado nas aulas será fornecido pelo Espaço Chiquinho Alves e as vagas são limitadas. As inscrições podem ser efetuadas pelo Whatsapp  (61) 9995-8810.

 Sobre Chiquinho Alves – Com diversos cursos na bagagem com os principais nome do mercado de beleza, Chiquinho Alves vem se destacando no mercado. Especializado no segmento de noivas, desenvolve desde maquiagem artística, que requer uma preparação e materiais mais elaborados, até a maquiagem mais casual. Pela sua cadeira já passaram centenas de noivas das famílias mais tradicionais e Brasilia e até de outros estados. 

SERVIÇO

Curso de Automaquiagem com Chiquinho Alves

Local: Espaço Chiquinho Alves

Endereço: CLS 207, Bloco C loja 27. Asa Sul

Horário: 19h30 as 21h30

Investimento: R$150,00

Inscrições: Whatsapp  (61) 9995-8810

Facebook: espacochiquinhoalves

Instagram: espacochiquinhoalves/


Grupo-Que-Trabalho-é-Esse-1280x745.jpg

Callado21 de janeiro de 20203min

Roda de samba anima setor comercial sul na próxima sexta-feira

Em contagem regressiva para o carnaval, o Canteiro Central (SCS QD 3) está com uma programação pra lá de animada com atrações para todo tipo de folião. Esquentando os tamborins para a festa mais aguardada do país, o espaço recebe na próxima sexta, 24/01, a partir das 21h, o grupo Que Trabalho É Esse.

A roda de samba é aberta, gratuita e democrática e tem como objetivo exaltar a cultura do samba na capital, além de promover o Setor Comercial Sul. “Nossa ideia é tornar o setor comercial um ponto de encontro da galera, e nada melhor que trazer uma boa roda de samba, no coração da cidade, para  reunir gente do bem em torno da cultura popular” diz Carlos Alves, sócio do Canteiro Centra.

Iniciativa socioambiental

Além da valorização da cultura nacional e também revitalização do Setor Comercial Sul, o evento tem um compromisso social e ambiental. Na ocasião, serão recolhidas todas as latas, garrafas e isopores, que serão destinados para instituições de reciclagem. E moradores de rua serão contratados pelo evento para auxiliar no recolhimento do lixo.

Espaço Cultural Canteiro Central 

Desde 2016, o projeto vem ganhando força na capital federal. Com objetivo de valorizar e abraçar a cultura local, a iniciativa recebe os mais variados estilos artísticos em apresentação ao ar livre e claro animar o público brasiliense.

 

Serviço

Dia: 24 de janeiro de 2020

Hora: a partir das 21h

Local: Setor Comercial Sul, Quadra 3, Bloco A – Espaço Cultural Canteiro Central

Classificação: 18 anos

Entrada: Gratuita


ufc-brasilia.png

Callado19 de janeiro de 20202min

Luta principal será entre o brasileiro Charles do Bronx e o americano Jared Gordon

Depois de quatro anos, Brasília recebe no dia 14 de março, o Ultimate Fighting Championship (UFC), um dos maiores eventos lutas do mundo. O público o MMA (Mixed Martial Arts) vai conferir 10 competições com atletas nacionais e internacionais. O ringue será montado no Ginásio Nilson Nelson e o principal duelo da noite será entre o peso-leve, o brasileiro Charles do Bronx e o americano Kevin Lee.

Charles do Bronx é o recordista de finalizações na história do UFC, com 13 no total, o brasileiro chega a Brasília com uma sequência de seis vitórias, sendo a última um nocaute sobre Jared Gordon, em novembro de 2019, em São Paulo. Já Kevin Lee, oitavo da divisão, foi escolhido como seu oponente no UFC Brasília. O americano, que tem no currículo vitórias sobre os brasileiros Edson Barboza e Francisco Massaranduba, vem de vitória por nocaute sobre Gregor Gillespie, em novembro.

“Estamos trazendo para a Capital Federal o maior evento de artes marciais mistas do mundo. O UFC Brasília terá lutas com astros nacionais e internacionais. Será um grande espetáculo esportivo que vai movimentar  o turismo e desenvolver a economia local”, destacou o secretário de Esporte e Lazer, Leandro Cruz. Os ingressos já estão à venda.

Confira os duelos:

Kevin Lee x Charles “do Bronx” Oliveira

Demian Maia x Gilbert Durinho

Johnny Walker x Nikita Krylov

Jussier Formiga x Brandon Moreno

Amanda Ribas x Paige VanZant

Mayra Bueno x Maryna Moroz

Elizeu Zaleski x Aleksei Kunchenko

Francisco Massaranduba x John Makdessi

Rani Yahya x Enrique Barzola

Veronica Macedo x Bea Malecki


bloco.jpeg

Callado16 de janeiro de 20205min

Ensaio do Bloco esquenta o clima para o carnaval 2020 com muito afoxé, música baiana, pop, rock e muito mais

Dando início a temporada de Carnaval do “Quintal” (Oliver), a “Farrinha” deste domingo traz o Bloco Teteretê para já aquecer o público brasiliense.

O Bloco, criado por Leo e Fabio Cavanha, vem com a ideia de comemorar e homenagear os 15 anos do projeto SALVE JORGE que foi sucesso por anos seguidos em Brasília.

No repertório um mix de Caetano com funk, Jorge Ben com 150, Edson Gomes com brega funk, música brasileira com beats para geral dançar do início ao fim! Músicos e DJ juntos em cima do palco!

Além do Bloco, o evento conta com o melhor do samba e pagode com o grupo 7 Na Roda e DJ Maffra nas pick ups.

“Estamos apresentando um produto novo, por isso o nome Teteretê, que se relaciona com os trabalhos da Salve Jorge, mas, ao mesmo tempo, nos dá liberdade de experimentar”, explica o vocalista Leo Goulart.

O evento tem um ambiente rústico e descontraído, com preços convidativos e comandas individuais, além de espaço kids para a garotada monitorado pela Hora do Agito, com oficinas e muitas brincadeiras.

O espaço oferece comida boa, música de qualidade e várias opções de drinks e vinhos. A partir das 16h até 0hrs com cobrança de ingresso no valor de R$ 40,00 (antecipado).

19/01 – (domingo) – Farrinha no Quintal + Grupo 7 na Roda e Bloco Teteretê

Grupo 7 na Roda

Com 12 anos de estrada, o 7 na Roda se consolidou como um dos grupos mais fiéis ao samba de raiz em Brasília. A banda formada por sete jovens nascidos na capital do país é símbolo da resistência cultural da cidade. Há mais de uma década, os músicos embalam as noites de terça-feira no Outro Calaf.

Pelos cálculos, já foram cerca de 700 apresentações no espaço. Com dois discos gravados — Mensageiros do Samba e Convocação —, o 7 na Roda se prepara para dar mais um passo importante na carreira: no dia 17 de dezembro de 2019, haverá a gravação do primeiro DVD. A formação do 7 na Roda, antigo Adora Roda, é a seguinte: Breno Alves (pandeiro e voz), Kadu Nascimento (percussão e voz), Guto Martins (percussão), Vinícius de Oliveira (banjo e voz), Pedro Molusco (cavaquinho), Rodrigo Dantas (violão de sete cordas) e Jakson Delano (sopros).

 

Serviço:

Quintal – Comer, beber e ser feliz

Data:  19/01/20

Horários:  16h até 0hrs.

Valor: R$ 40,00 – Espaço Kids R$ 40,00. (opcional)

Local: Clube de Golfe – St. de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 / Entrada pelo Restaurante Oliver – Asa Sul, Brasília – (61) 3323.5961

ClassificaçãoLivre


Nyedja-Gennari-Crédito-Divulgação-2-1280x855.jpeg

Callado16 de janeiro de 20205min

Programação infantil é realizada quinzenalmente aos sábados, às 15h, na Praça Central do Mall

A diversão é garantida para a criançada no DF Plaza Shopping, em Águas Claras. O mall promove uma programação infantil diversificada, com narração de histórias comandada pela professora e comunicadora Nyedja Gennari, referência na cidade no entretenimento infantil. A programação de histórias é realizada sempre aos sábados, a partir de 25 de janeiro e segue em formato quinzenal, às 15h, na Praça Central do Mall.

A temporada de narração de histórias que se inicia no dia 25 traz para o palco o tema “Uma viagem ao universo da literatura infantil”. Após, segue nos dias 1º e 29 de fevereiro, 14 e 28 de março.

A contadora de história Nyedja Gennari utiliza figurinos, cenários e bonecos de pano para uma encenação mais rica em detalhes, que chamem a atenção e estimulem a interatividade dos pequenos com a história contada. No repertório, reproduções de clássicos e de novos contos da literatura infantil com uma adaptação particular, para garantir a imersão da criançada no universo lúdico que a história propõe.

Nyedja Gennari começou o contato com a literatura como professora. Matogrossense de Cuiabá, Nyedja passou pelas salas de aula de escolas particulares e públicas de Brasília, onde lecionou. Hoje leva as histórias por todas as regionais de ensino do Distrito Federal e representa o Brasil em feiras, encontros e congressos – abrangendo diversos públicos – além de projetos sociais em hospitais, escolas e clínicas médicas.

O DF Plaza investe em uma programação cultural lúdica para as crianças, com o intuito de aproveitar o período de férias para promover entretenimento e ao mesmo tempo a interação, a brincadeira e o aprendizado em um ambiente que possam exercitar sua linguagem e habilidades corporais.

Segundo o gestor de marketing do shopping, Diogo Pipas, a ideia é estimular a capacidade de reflexão, de linguagem e expressão. Aos domingos, a Cia. Teatral Néia e Nando encanta as tardes no DF Plaza Shopping com uma programação teatral temática para a toda a família. A cada mês, um novo universo temático é criado pela companhia, e cada espetáculo conta uma história desse universo. As produções são realizadas sempre às 15h, com entrada gratuita.

A programação do período de férias no DF Plaza segue a todo vapor. Nos corredores do shopping, em frente à CiaToy, o mal recebe Feira de Livros com centenas de livros infantis a preços imperdíveis, a partir de R$ 20. A feira permanece durante todo o mês de janeiro. Na Praça Central, o shopping dedica os meses de férias ao Espaço Recreativo com brinquedos infláveis, pula-pula, cama elástica, piscina de bolinhas, espaço para desenhos, até o dia 22 de fevereiro.

DF Plaza Shopping

Narração de histórias no DF Plaza com Nyedja Gennari

Quinzenalmente aos sábados, às 15h, na Praça Central. Entrada Franca

Horário de funcionamento do shopping

De segunda a sábado, das 10h às 22h

Domingo, das 14 h às 20h lojas e das 12h às 22h alimentação

Rua Copaíba, – Águas Claras

Livre para todos os públicos

Informações: 3451-5750

http://www.dfplaza.com.br/


Oficinas-de-Percussão-_-Ilê-Axé-Oyá-Bagan-_-Foto_Webert-da-Cruz..jpg

Callado16 de janeiro de 20205min

As aulas acontecem nas manhãs dos domingos 19 e 26 de janeiro

Atabaques, djembês, agogôs a postos! Os próximos domingos de janeiro serão de muito aprendizado ancestral no Ilê Axé Oyá Bagan, terreiro de candomblé e tradicional ponto de cultura. Nos dias 19 e 26 de janeiro, das 9h às 12h, serão oferecidas aulas gratuitas de ijexá e samba de roda, ambos ritmos de origem africana e gênero da música popular presente em todo o Brasil.  As oficinas são independentes, mas quem quiser pode repetir a dose e participar dos dois momentos.  Não é necessário levar instrumentos.

Interessadas/os podem fazer a inscrição preenchendo o formulário disponível no http://bit.ly/PercussãoBagan e tirar dúvidas mandando mensagens para o e-mail rosadosventos.midia@gmail.com .

A atividade é um convite a todas/os que se interessem, tenham vontade de aprender um pouco sobre o ritmo, a dança e a música do candomblé. Tudo isso em um dos terreiros mais tradicionais e reconhecidos, por sua atuação, no DF. Em 2018, O Ilê Axé Oyá Bagan alcançou um grande reconhecimento: foi contemplado, pelo Governo do Distrito Federal, com o Prêmio de Cultura e Cidadania, na categoria Cultura Afro-Brasileiras.

A oficina faz parte do Circuito Candango de Culturas, projeto idealizado pelo Instituto Candango de Culturas Populares, fomentado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal e produzido pela Rosa dos Ventos Produções. O objetivo é promover territórios culturais do DF, além de valorizar espaços e expressões de cultura locais.

“As aulas de percussão, com ritmos característicos do candomblé, como o ijexá, são uma forma de valorizar a cultura de terreiro. Com as oficinas as pessoas terão a oportunidade de conhecer a beleza da percussão tradicional de matriz africana. Essa é a proposta do circuito como um todo: enaltecer territórios e grupos culturais do DF”, ressalta Stéffanie Oliveira, diretora do Instituto Candango de Culturas Populares.

Quem comanda as aulas é o professor, pedagogo e músico, Ricardo Costa, integrante do Grupo Oyá Bagan.

“Acho muito importante que as pessoas se aproximem e conheçam um pouco mais sobre ritmos, toques e instrumentos que fazem parte de nossa cultura. As aulas também serão inclusivas. Todos, acima de 10 anos, podem participar. Além disso, a percussão também é uma terapia”, esclarece Ricardo.

Serviço: Oficinas gratuitas de percussão

Data: 19 e 26 de janeiro (domingo)

Horário: das 9h às 12h

Local: Ilê Axé Oyá Bagan – Córrego Tamanduá – Trecho 7 – Chácara 3 – Paranoá

Entrada: Franca

Classificação: maiores de 10 anos de idade

Inscrições e informações:  rosadosventos.midia@gmail.com


Divulgação-Pedro-Clerot-1280x853.jpeg

Callado15 de janeiro de 20202min

Serão quatro dias de corridas com participantes de todo o Brasil

O jovem piloto de kart Pedro Clerot, participa da primeira edição do Troféu Ayrton Senna. As disputas acontecem no Speed Park – Kartódromo Internacional de Birigui, no estado de São Paulo. São quatro dias de corridas que começam no dia 21 de janeiro e premia kartistas de 14 categorias, inclusive a Júnior, disputada por Clerot.

A competição foi criada em homenagem ao tricampeão mundial da F1, que dá nome à disputa. Já o bicampeão brasiliense de kart Pedro Clerot (Q7 Produções), está empolgado pelo evento e pela temporada de 2020 que promete ser marcada por competições regionais e nacionais “É sempre bom participar de grandes corridas como essa, principalmente quando envolve competidores de todo o Brasil. Estou começando o ano com o pé direito, em breve começam as disputas nacionais e o estadual, o qual vamos trabalhar muito para conquistar o tricampeonato” completa.

Troféu Ayrton Senna

O intuito da competição é propagar o legado do tricampeão mundial Ayrton Senna para as novas gerações de corredores. A disputa conta com mais de 10 categorias e premiações diversas, dentre elas o Troféu Superação e o Troféu Pole Position. A novidade do torneio é trazer pela primeira vez ao Brasil uma categoria disputada somente por mulheres, a Fórmula 4 Feminina. Além das disputas em kart, o evento tem atrações musicais, caminhadas, corridas a pé e uma exposição com itens históricos de Senna.


Canteiro-Central-_3.jpg

Callado9 de janeiro de 202010min

A festa acontece no dia 18 de janeiro no Espaço Cultural Canteiro Cultural

Carnaval já está aí e, para aquecer o público brasiliense, o tradicional grupo formado por Marquinho Vital, Meolly e Diogo Villar já começa o ano trazendo o melhor da mistura de ritmos. A apresentação do bloco Eduardo e Mônica, do 7 na Roda e convidados acontece no dia 18 de janeiro, a partir das 21h, no Espaço Cultural Canteiro Central, espaço que abraça a diversidade cultural de Brasília. A meia entrada pode ser adquirida antecipadamente e custa a partir de R$ 30 mais um 1kg de alimento não perecível.

Durante o show a galera vai poder curtir clássicos do rock nacional com uma forte presença da percussão. Entre os hits, músicas do Legião Urbana, Raimundos, Cássia Eller, Capital Inicial, Plebe Rude e também um bom reggae do Natiruts.

“A gente tem essa pegada de valorizar a música nacional. Brasília sempre foi um celeiro de excelentes artistas, por isso é tão importante projetos como este.  Além disso, nossos shows não tem uma faixa etária. A gente une da geração mais nova até a galera mais velha. E isso é muito massa. O pessoal curte, canta, dança e a gente ama essa animação”, diz Meolly.

Além do bloco, nomes como o premiado grupo 7 na Roda, com repertório variado, traz o melhor do samba. Entre os sucessos, músicas de grandes mestres do gênero, como a Besouro de Mangangá, que foi premiada pela 5ª edição do Festival de Música da Nacional FM, em 2014.  Quem também se apresenta na data é o MC Carioca e a Dj Paula Torelly.


Iniciativa socioambiental

Além da valorização da cultura nacional e também revitalização do Setor Comercial Sul, o evento tem um compromisso social e ambiental. Na ocasião, serão recolhidas todas as latas, garrafas e isopores, que serão destinados para instituições de reciclagem. E moradores de rua serão contratados pelo evento para auxiliar no recolhimento do lixo.


Espaço Cultural Canteiro Central 

Desde 2016, o projeto vem ganhando força na capital federal. Com objetivo de valorizar e abraçar a cultura local, a iniciativa recebe os mais variados estilos artísticos em apresentação ao ar livre e claro animar o público brasiliense.


Serviço

Dia: 18 de janeiro de 2020

Hora: a partir das 21h

Local: Setor Comercial Sul, Quadra 3, Bloco A – Espaço Cultural Canteiro Central

Valor: 1º lote R$ 30 (meia entrada) + 1kg de alimento /

2º lote R$ 40 (meia entrada) + 1kg de alimento / Na hora: R$50 + 1kg de alimento

Ingressos e informações: https://www.sympla.com.br/grito-de-carnaval-do-canteiro-do-samba—bloco-eduardo-e-monica-7-na-roda-e-convidados__744994

Classificação: 18 anos



Sobre o Blog

Com 15 de existência, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


ricardocallado@gmail.com

55 61 98417 3487


Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial