Arquivos Espaço do Leitor - Blog do Callado

banner_enquantoisso-e1461704657666.jpg

Ricardo Callado21/11/20162min

# Depois de concluída a primeira fase de investigações da Operação Drácon, o MPDFT apresentou, nessa segunda-feira (21), denúncia contra os deputados distritais integrantes da Mesa Diretora pelo crime de corrupção passiva.

 

# O MP alega que os parlamentares exigirem pagamento de vantagens indevidas por duas vezes.

 

# Os investigados são acusados de solicitar propina para a destinação de sobras orçamentárias de 2015 a empresas que possuíam contratos com o GDF.

 

# Também foram denunciados os servidores Ricardo Cardoso dos Santos, então diretor do Fundo de Saúde do DF, e Alexandre Braga Cerqueira, pelo mesmo crime, porém cometido apenas uma vez.

 

# Paralelamente à denúncia, o MPDFT requereu ao Tribunal de Justiça o afastamento cautelar dos denunciados dos cargos de deputados distritais.

 

# A medida visa preservar a produção de provas judiciais e as investigações que ainda estão em curso, bem como para  impedir a prática de novos crimes.

 

# Em coletiva à imprensa, o MPDFT afirmou que analisou extenso material, que incluiu as gravações ambientais realizadas pela deputada distrital Liliane Roriz, além de provas testemunhais, documentos, textos e mensagens de celular e de e-mail.

 

# O conteúdo da denúncia não foi liberado para a imprensa e nem para os denunciados.

 

# Em nota, vários deputados acharam estranho não ter acesso a denúncia e criticaram o MPDFT.


leitor.jpg

Ricardo Callado29/06/20164min

leitor

 

 

  • Sou moradora da rua 3C de Vicente Pires e gostaria de saber se tenho o direito de trabalhar…

Sou cuidadora é já perdi vários trabalhos porque não consigo pegar um ônibus que passe na rua 3, perto da Via Estrutural, às 5h30, para chegar no Taguacenter às 6 horas ou em Taguatinga Centro às 6h30.

Pois parece que a Administração do Vicente Pires, por mais que a gente ligue ou vá até lá e converse, ainda não entendeu que precisamos trabalhar e que tem pessoas que entram no trabalho às 7 horas da manhã.

Cuidadora precisa estar na casa do paciente às 7 horas para que a família saia para trabalhar. Pergunto eu? Na rua 3 só passa o ônibus que vem do P Sul, a linha 043, que passa às 6h30 ou 6h40 conforme o trânsito.

Pergunto eu de novo??????

Como posso entrar no trabalho às 7 horas da manhã se ele não passa nesse horário?????

Estrutural está fechada para Taguatinga.

Já perdi vários trabalhos por causa disso.

Preciso trabalhar!!!!!

E mais uma…

Quando entra em férias os estudantes, o DFTrans muda os horários.

Ai passa às 7 horas…

 

  • Parabéns…

Desde que o Posto de Saúde de Vicente Pires foi inaugurado nunca passou um ônibus na porta.

Conseguimos depois de muitas reclamações o ônibus.

Agora pergunto eu?????

Mais uma vez estão discriminando quem mora na rua 3 e 3c. O ônibus liberado é o da linha 0.956.

Temos que pegar o 0.43, sair de Vicente Pires e descer de frente ao Batalhão de Policia Militar de frente a QND 58, em Taguatinga Norte.

Atravessar a rua e esperar o 0.956 passar.

Passa de hora em hora.

Aí pegamos essa linha que entra em Vicente Pires pelo Pistão Norte, na rua 10. Fazemos um passeio pelas ruas de Vicente Pires até chegar no Posto de Saúde.

Para ir embora pegamos essa linha novamente a 0.956 e descemos na rua 4 em frente ao Supermercado Bem Bom para esperar a linha 0.43 para chegar em casa.

Perdemos um tempo imenso.

E gastamos R$ 12 de 4 passagens.

Legal né…

 

  • Policiamento em Vicente Pires é nota 0…

No início de junho peguei a linha 355.2 no Pistão Norte na última parada antes se entrar em Vicente Pires, na rua 10B, dois marginais armados assaltaram o ônibus. Era uma terça-feira. No sábado os mesmos marginais assaltaram um ônibus no mesmo local.

Já fui na Administração Regional de Vicente Pires.

Já liguei várias vezes.

Será que alguém de lá já andou nessa linha do Posto de Saúde. Tenho exames no posto dia 06 de julho…

Será que consigo chegar até as 8 horas no posto de saúde?????

Logico que não…

Os horários não vão bater.

Falar com a Administração Regional pelo telefone impossível.

Quando a responsável não está na administração está resolvendo problemas na rua, ou está em reunião, ou em uma ligação.

Preciso trabalhar.

Temos direitos.

Vamos precisar chamar a mídia para denunciar o descaso?????

Vamos ter que fazer um protesto para isso ser resolvido?????

Nossos direitos onde estão??????

Indignada estou…

 

Cristina

99861 39617

 

Quem sabe alguém da Administração de Vicente Pires veja essa postagem e me liga né…


muro-e1460729144920.jpg

Ricardo Callado03/05/20165min

Leicester

 

Por Clara Santos

O time quase foi rebaixado em 2015 mas deu a volta por cima, sem recursos, sem jogadores conhecidos, cujos passes valem bilhões, sem muitos recursos e quebrou algumas casas de apostas da Inglaterra que nunca imaginariam que o time fosse campeão.

Na reta final da última temporada da Premier League, o Leicester estava na lanterna da competição. Os Foxes (raposas em Português) emendaram sete vitórias em nove jogos e conseguiram evitar o rebaixamento de forma inacreditável.

Outra curiosidade é que o time tem um jogador, Jamie Vardy, que estava na condicional e jogava usando tornozeleira eletrônica. Ele até tinha que sair mais cedo das partidas para poder voltar para casa a tempo para não desobedecer as regras da condicional. Com 20 anos, Jamie Vardy foi condenado por agressão e teve que usar uma tornozeleira. O crime? Defender o amigo surdo que foi ridicularizado por outras pessoas.

O jogador se defende: “Eu tinha saído com um amigo que estava usando um aparelho auditivo e dois outros homens acharam que seria engraçado sacanear ele. Não me orgulho do que fiz, mas eu defendi ele, o que eu sempre faria por um amigo meu, e isso acabou me colocando em problemas”.

Um dos maiores ídolos do clube é o goleiro Gordon Banks. Muitos brasileiros devem lembrar porque ele ficou mais conhecido por ter feito uma das defesas mais sensacionais da história, no confronto entre Brasil e Inglaterra, na Copa do Mundo de 1970. Campeão mundial com o English Team em 1966, atuou em 356 partidas pelos Foxes (raposas).

“O importante não é o tamanho e sim saber usar”, segundo dizem por aí, dito popular que se enquadra na realidade do time que leva o nome da cidade Leicester. A cidade tem apenas 337 mil habitantes, número próximo às cidades de Pelotas (RS), Franca (SP), Blumenau (SC) e Uberaba (MG), por exemplo.

A trajetória: o Leicester era o lanterna, sete pontos atrás da salvação, a nove jogos do fim do campeonato do ano passado, Terminou seis pontos acima dela depois de vencer sete jogos, empatar um e cair contra um Chelsea embalado rumo ao título. Era a temporada do retorno à Premier League depois de dez anos de distância e uma passagem rápida, em 2008, pela terceira divisão do futebol inglês e uma derrota três anos atrás em um playoff contra o Watford, quando poderia ter subido, com um pênalti a favor perdido no último minuto da prorrogação e um imediato contra-ataque do rival que o eliminou. Schmeichel, Morgan, Drinkwater e Schlupp jogaram aquela partida. Jamie Vardy, que não jogou nenhum minuto, e Harry Kane, o atual artilheiro da Premier com o Tottenham, estavam no banco de reservas naquela fatídica tarde. Hoje compõem a linha de ataque da seleção inglesa.

Faltou dinheiro mas sobrou talento. O time atual do Leicester custou menos de 30 milhões de euros (cerca de 120 milhões de reais) em contratações, metade do que o Manchester City pagou neste verão para ter Sterling, um reserva, por exemplo.

Moral da história? Os Foxes vivem um momento único e uma história emocionante e inspiradora, que vai virar um filme, inclusive. A liga mais difícil e endinheirada do mundo foi vencida por um pequeno, pela zebra da temporada, justamente quando questionamos a essência do futebol por conta dos inúmeros escândalos de corrupção culminando com os outros casos de corrupção no Brasil. Estamos mais descrentes do que nunca, e é justamente neste momento que o Leicester aparece para nos dar esperança e mostrar que o jogo que tanto amamos ainda vive e que se reinventar, de forma honesta e ética são as palavras de ordem!

* Clara Santos é jornalista


leitor.jpg

Ricardo Callado18/02/20161min

 

leitor

CEB e ANEEL, tudo a ver e o usuário a ver navios. As contas estão nas alturas e a falta de energia acabando com a nossa paciência.

Terça-feira, 20 horas, falta energia por mais de 3 horas na região onde moro. Quarta-feira, 20 horas, falta energia por mais de 3 horas, de novo!

Pego o celular. Ligo para o número de reclamações da CEB. Novidade: a gravação eletrônica diz que na minha área estão fazendo manutenção de emergência e ponto final.

Resolvo apelar para a Aneel e registrar queixa contra a fornecedora que não fornece energia. Nova mensagem eletrônica diz que minha ligação é muito importante para eles e que eu não desligue.

Maravilha! Me dão “chá de escuridão” por mais de 20 minutos ao telefone. Meu celular descarrega e não consigo registrar a reclamação.

Hélio Chaves, morador de Sobradinho



Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias