Arquivos Concurso Público - Blog do Callado

tjdft.jpg

Ricardo Callado20/04/20181min

Concursandos interessados em ingressar no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios podem participar da palestra gratuita realizada pelo IMP Concursos, com o tema “De olho no TJDFT” , no dia 25 de abril, das 19h15 às 22h50, na unidade da Asa Sul (603).

A palestra será ministrada por professores especialistas do preparatório, que são servidores do TJDFT, e possuem bastante experiência em concursos públicos. Na ocasião, eles irão falar sobre a carreira no tribunal, além de tratar dos tópicos mais relevantes do último edital e que têm grande chance de serem cobrados novamente.

Interessados em participar devem fazer a pré-inscrição pelo site www.impconcursos.com.br. A  entrada é gratuita. As vagas são limitadas. Mais informações: 3029-9700.


novacap.jpg

Ricardo Callado20/04/20186min
Na sessão ordinária desta quinta-feira, dia 19 de abril, o plenário do Tribunal de Contas do Distrito Federal decidiu autorizar a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) a dar prosseguimento ao concurso público para o provimento de empregos efetivos e formação de cadastro reserva.

O TCDF havia suspendido o pregão para a contratação da banca organizadora depois que uma empresa licitante protocolou uma representação com pedido de medida cautelar, relatando possíveis irregularidades no edital de licitação. A Corte também recebeu uma denúncia, formulada por cidadão, por intermédio da Ouvidoria. Ambos documentos apontavam que a proposta apresentada pela empresa vencedora tinha um valor muito baixo e, portanto, seria inexequível.

O edital estabeleceu que a contratada seria remunerada exclusivamente pelos valores arrecadados com as taxas de inscrição, que deveriam ser suficientes para cobrir todos os custos para a realização adequada do certame. A Inaz do Pará de Serviços de Concursos Públicos Ltda. apresentou os seguintes valores para as taxas de inscrição de nível superior e médio: R$ 6 e R$ 7, respectivamente.

O Tribunal suspendeu cautelarmente o andamento do concurso público e deu um prazo de cinco dias para que a empresa vencedora apresentasse planilhas e informações comprovando que os valores cobrados eram suficientes para elaborar, imprimir e aplicar as provas com a qualidade exigida.

A empresa, então, enviou documentos como a planilha de gastos, com a previsão de lucro. Também apresentou contratos de cessão não onerosa e exclusiva de espaços físicos para a realização do concurso, firmados com escolas públicas do DF, o que demonstrou não haver gastos com aluguel de salas para a aplicação das provas. A vencedora ressaltou, ainda, que o número de inscritos, da ordem de 76 mil, atendeu às expectativas da empresa em relação às receitas, de modo que haveria “perfeitas condições de execução contratual”.

Com base na documentação apresentada, o Plenário considerou improcedente a denúncia relativa aos valores da taxa de inscrição, e autorizou o prosseguimento do certame.

Processo 32360/2017

DECISÃO 1768/2018 – O Tribunal, por unanimidade, de acordo com o voto do Relator, decidiu: I – tomar conhecimento: a) dos Ofícios nºs 352/2018-GAB/PRES e 141/2018-GAB/PRES (e-DOC 00109A3A-c e E3F031FC-c, respectivamente), remetidos ao Tribunal pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil – Novacap; b) do documento de e-DOC 9835C4C1-c, enviado pela empresa Inaz do Pará de Serviços de Concursos Públicos Ltda.; c) da Informação n.º 52/2018-3ª Diacomp (e-DOC 0E40EC27-e); d) do Parecer n.º 312/2018-G3P (e-DOC 8CBE2499-e); e) dos demais documentos carreados ao feito; II – considerar: a) satisfatoriamente cumpridas as diligências constantes dos itens IV e V da Decisão Reservada n.º 18/2018; b) improcedente a denúncia constante do e-DOC 0256EBA1-e, objeto do Processo n.º 45.070/2017-e, em relação aos preços de taxas de inscrição constantes do Contrato de Prestação de Serviços n.º 129/2017-ASJUR/PRES; III – com espeque no art. 277, § 7º, do RI/TCDF, revogar a medida cautelar deferida mediante o item IV da Decisão Reservada n.º 18/2018, autorizando a Novacap a dar prosseguimento ao concurso público regulado pelo Edital de Abertura das Inscrições e Instruções Especiais n.º 001/2017, sem prejuízo do que vier a ser deliberado pela Corte no âmbito do Processo n.º 41.571/2017-e; IV – dar ciência desta decisão à Ouvidoria do TCDF, para comunicação ao subscritor da exordial objeto do Processo n.º 45.070/2017-e; V – autorizar: a) o envio de cópia do Parecer n.º 312/2018-G3P, do relatório/voto do Relator e desta decisão à Novacap e à empresa Inaz do Pará de Serviços de Concursos Públicos Ltda.; b) a juntada de cópia desta decisão ao Processo n.º 41.571/2017-e, tendo em conta a conexão da matéria examinada com o deliberado no item II.d da Decisão Liminar n.º 34/2017-P/AT, referendada por intermédio da Decisão n.º 18/2018; c) o retorno dos autos à Seacomp/TCDF para fins de arquivamento. Presidiu a sessão a Presidente, Conselheira ANILCÉIA MACHADO. Votaram os Conselheiros MANOEL DE ANDRADE, RENATO RAINHA, INÁCIO MAGALHÃES FILHO, PAULO TADEU, PAIVA MARTINS e MÁRCIO MICHEL. Participou o representante do MPjTCDF, Procurador-Geral em exercício DEMÓSTENES TRES ALBUQUERQUE. SALA DAS SESSÕES, 19 de Abril de 2018.

policia-federal-df.jpg

Ricardo Callado20/04/20181min

O diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, autorizou a realização de concurso público para 500 vagas para as cinco carreiras policiais. De acordo com o órgão, o edital de abertura das inscrições, previsto para ser publicado em até seis meses, informará que para todos os cargos será necessário diploma de curso superior.

A portaria prevendo as novas vagas foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (20). Serão 150 vagas para o cargo de delegado; 60 para o cargo de perito criminal federal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agente de polícia federal.


tjdft.jpg

Ricardo Callado16/04/20182min

Terceirização no órgão impediu a nomeação de candidatos aprovados para as vagas

Uma candidata aprovada em cadastro reserva conquistou na justiça a suspensão da validade do concurso para o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Território (TJFDT) para analista judiciário, especialidade em análise de sistemas. A 4ª Vara Federal Cível do DF deu parecer favorável a ela, com isto o concurso que venceria na semana que vem (20/04) continua valendo.

O advogado responsável pela ação, Max Kolbe, alegou que a candidata em questão, aprovada em cadastro reserva, foi prejudicada devido à contratação de profissionais terceirizados para o cargo pleiteado. “Todo candidato aprovado tem o direito subjetivo à nomeação quando é preterido por terceirizados ou temporários. Com isto, as filas se arrastam e não se faz justiça com quem se dedicou, estudou e conseguiu a aprovação”, ressalta.

No TJDFT existem atualmente dois cargos vagos na área. O concurso de 2015 abriu uma vaga e formação de cadastro reserva. O Dr. Max Kolbe argumenta a convocação da candidata já que os postos existem e estão ocupados por mão de obra terceirizada, o que será analisado agora pela justiça. Ele acredita em um parecer favorável, tendo em vista que a lei garante que tal atitude seja tomada.

“O importante é que vamos abrir precedentes para que outros na mesma situação sejam atendidos e tenhamos seleções mais transparentes e órgãos compostos realmente por servidores concursados”, explica Max Kolbe.


Sala-de-Aula.jpg

Ricardo Callado05/04/20183min

O governo do Distrito Federal autorizou a abertura de concurso para a carreira de Políticas Públicas de Gestão Governamental (PPGG), São 750 vagas, sendo 300 para gestores e 450 para analistas. A maioria dos aprovados atuará nas administrações regionais, com o objetivo de profissionalizar a gestão pública.

Para o cargo de gestor, o salário inicial para 40 horas de trabalho é de R$ 6.760 e para analista é de R$ 4.480. Para concorrer é preciso ter nível superior. Segundo o professor de Administração Pública do IMP Concursos, José Wesley, como não existe uma referência de edital anterior do concurso para essa carreira, no primeiro momento deve ser enfatizado o estudo das seguintes matérias: Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Políticas Públicas, Realidade e Geografia do DF, além da Lei Orgânica do DF.

Ele lembra ainda, que a melhor forma de se preparar é escolher um ambiente que seja agradável para os estudos, e para quem puder, faz diferença escolher um curso preparatório de qualidade. “A vantagem do curso presencial é a exigência de que o aluno se dirija até o local para participar das aulas, que são focadas no conteúdo que irá ser cobrado”, afirma.

A expectativa é que a prova seja aplicada em setembro, levando em consideração que a Lei dos Concursos no DF estabelece o prazo mínimo de três meses do edital para a prova, e que ainda não foi definida a banca examinadora. Sendo assim, com foco e dedicação dá tempo de chegar bem preparado ao dia da prova. Além disso, o professor acredita que devido a quantidade de vagas, haverá muitas inscrições, como de praxe. “Mas concorrentes, propriamente ditos, serão poucos”, ressalta.

Para finalizar, Wesley dá uma dica pessoal: “Esse é um bom momento para parar com o pessimismo e aumentar a crença de capacidade. Destaco ainda que há tempo para correr atrás do tempo perdido e passará nesse concurso público quem mais acertar e não quem estava há mais tempo estudando. Ou seja, começar agora, antes do edital sair, é aumentar as chances” finaliza.


policia-civil.jpg

Ricardo Callado28/03/20182min

A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou hoje (28) a Operação Magister contra fraudes no concurso público da Secretaria de Educação. Seis professores da rede pública de ensino, nomeados no último concurso, são alvos de mandados de prisão.

Os policiais civis da Coordenação de Combate ao Crime Organizado, ao Crime contra a Administração Pública e contra a Ordem Tributária (Ceco) cumprem 11 mandados de prisão temporária e 12 de busca e apreensão em diversas regiões do Distrito Federal.

A Magister é a terceira fase da Operação Panoptes, que investiga a máfia dos concursos públicos e os grupos criminosos que se dedicam a essas fraudes no DF. De acordo com a Polícia Civil, os candidatos que compraram as vagas nos concursos também são alvo das investigações. O valor da vaga variava de acordo com o concurso e era, em média, até 20 vezes o salário do cargo.

Nas duas primeiras fases, 12 pessoas foram presas, suspeitas de aliciar os candidatos para a realização da fraude. Segundo a Polícia Civil, entre os presos estava Hélio Ortiz, considerado o líder do grupo.

De acordo com as investigações, a organização criminosa utilizava quatro formas de fraudes: uso de pontos eletrônicos por onde os candidatos recebiam as respostas; uso de aparelhos celulares deixados em locais da prova, como nos banheiros; utilização de identidades falsas, para que uma pessoa se passasse pelo candidato; participação de integrantes das bancas examinadoras na organização criminosa.

O nome da operação, Panoptes, tem como referência um gigante de 100 olhos da mitologia grega, pois seriam necessários muitos olhos atentos às fraudes em concursos públicos.


secretaria-de-saude.jpg

Ricardo Callado27/03/20183min

De acordo com o cargo, teste será em 3, 10 ou 17 de junho. Inscrições vão até 30 de abril, e salários variam de R$ 1,7 mil a R$ 12,6 mil

As datas das provas objetivas do concurso público da Secretaria de Saúde foram alteradas. Os testes dos quatro editais seriam em 3 de junho deste ano, mas o dia permanece apenas para os cargos previstos no Edital nº 6. As outras datas são:

  • 10 de junho – Editais nº 5 e nº 7
  • 17 de junho – Edital nº 8

As mudanças foram publicadas nessa segunda (26) no Diário Oficial do Distrito Federal, que apresentou outras alterações referentes ao processo seletivo.

Vagas, salários e cargas horárias

No edital 5, são 20 vagas, divididas igualmente entre técnicos de laboratório e contabilidade. A remuneração será de R$ 1.735 para 20 horas semanais.

No edital 6, estão previstas 294 vagas de provimento imediato e formação de cadastro de reserva, em 24 especialidades do cargo de médico. O salário será de R$ 6.327, para carga horária 20 horas semanais —para a especialidade médico da família e comunidade são 40 horas, com remuneração de R$ 12.654.

O de número 7 destina-se a selecionar candidatos para 72 vagas de provimento imediato e formação de cadastro de reserva, em 11 especialidades do cargo de especialista em saúde, entre eles, administrador, analista de sistemas e contador. O salário é de R$ 3.055 para 20 horas semanais.

Já o edital 8 abre 30 vagas, das quais 20 para enfermeiro obstetra. Nesse caso, a remuneração é de R$ 3.055 para 20 horas semanais. As outras 10 vagas são para enfermeiro de família e comunidade, com salário de R$ 6.110 para 40 horas semanais.

Concurso da Secretaria de Saúde

Inscrições até 30 de abril (segunda-feira)

Exclusivamente pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades)

416 vagas


secretaria-de-saúde.jpg

Ricardo Callado21/03/20184min

Inscrições vão até 30 de abril, pelo site do Iades. Salários variam de R$ 1,7 mil a R$ 12,6 mil

Estão abertas as inscrições do concurso público para a Secretaria de Saúde, com 416 vagas e cadastro de reserva para níveis médio e superior. Os interessados podem se candidatar até as 22 horas de 30 de abril, exclusivamente via internet, pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). O valor da inscrição varia de R$ 50 a R$ 80.

As provas objetivas dos editais de número 5, 6, 7 e 8 serão aplicadas na data provável de 3 de junho de 2018. No edital 5, são 20 vagas, divididas igualmente entre técnicos de laboratório e contabilidade. A remuneração será de R$ 1.735 para 20 horas semanais.

No edital 6, estão previstas 294 vagas de provimento imediato e formação de cadastro de reserva, em 24 especialidades do cargo de médico. O salário será de R$ 6.327, para carga horária 20 horas semanais —para a especialidade médico da família e comunidade são 40 horas, com remuneração de R$ 12.654.

O de número 7 destina-se a selecionar candidatos para 72 vagas de provimento imediato e formação de cadastro de reserva, em 11 especialidades do cargo de especialista em saúde, entre eles, administrador, analista de sistemas e contador. O salário é de R$ 3.055 para 20 horas semanais.

Já o edital 8 abre 30 vagas, das quais 20 para enfermeiro obstetra. Nesse caso, a remuneração é de R$ 3.055 para 20 horas semanais. As outras 10 vagas são para enfermeiro de família e comunidade, com salário de R$ 6.110 para 40 horas semanais.

A banca responsável pelo concurso publicou, na terça-feira (19), retificações para os editais. Veja as mudanças:

Suspensão de concurso do Instituto Hospital de Base

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região suspendeu nessa segunda-feira (19) o primeiro processo seletivo para o Instituto Hospital de Base. O concurso tem o objetivo de contratar 708 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Em nota, o instituto afirmou que vai recorrer da decisão e que a determinação do tribunal não invalida as etapas do processo seletivo ocorridas até o momento. A divulgação do resultado final estava prevista para esta sexta-feira (23).

Concurso da Secretaria de Saúde

Inscrições até 30 de abril

Exclusivamente pelo site do Iades

416 vagas


Banco-do-Brasil.jpg

Ricardo Callado10/03/20183min

São 60 vagas e as provas acontecem em 13 de maio

O Banco do Brasil lançou novo edital com 60 vagas para o cargo de escriturário, e a seleção será feita pela Fundação Cesgranrio. São 30 vagas imediatas e 30 para cadastro reserva. Os aprovados serão lotados em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, e para participar é preciso ter nível médio.

O cargo conta com remuneração inicial de R$ 2.718,73 e auxílio alimentação/refeição de R$ 1.350,00, totalizando R$4.068,73, com carga horária de 30 horas semanais. As provas devem ser aplicadas no dia 13 de maio.

Para os que pretendem se candidatar, o professor do IMP Concurso, Léo França, especialista em Conhecimentos Bancários e Atualidades do Sistema Financeiro Nacional, lembra que os candidatos têm aproximadamente 60 dias para se preparar, por isso é essencial que se organizem e façam um plano de estudos diário. É importante a elaboração de um cronograma semanal, em que os estudos sejam divididos de forma proporcional à quantidade e ao peso das questões que serão cobradas.

“Além de ler a teoria, é importante que estudem por exercícios, resolvendo o maior número possível de provas anteriores elaboradas principalmente pela Cesgranrio”, aconselha. E na hora de fazer a prova, além da necessária tranquilidade, ele indica que comecem pela redação e, em seguida, façam as disciplinas que tenham mais domínio.

A prova será composta por 70 questões objetivas, além da redação. Ambas valem  100 pontos. Para finalizar, o professor lembra que a nota da redação precisa ser maior ou igual a 70% da nota, ou o candidato será reprovado automaticamente. As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de março, no site oficial da organizadora (www.cesgranrio.org.br), e a taxa é de R$48,00.


secretaria-de-saúde.jpg

Ricardo Callado05/03/20183min

Quatro editais foram publicados nesta segunda (5). Há vagas para níveis médio e superior. A maioria, 294, é para médicos

Divulgados nesta segunda-feira (5), quatro editais da Secretaria de Saúde preveem a contratação de 414 profissionais de diversas especialidades e níveis de formação. Os concursos contam com cargos de provimento imediato, a serem preenchidos de acordo com a disponibilidade orçamentária da pasta, e de cadastro reserva.

Entre as vagas estão 20 para técnico em saúde de nível médio; 292 para médicos; 30 para enfermeiros e 20 para técnico em saúde de nível superior. Em todas as categorias, as nomeações ocorrerão em duas etapas: uma em 2018 e outra em 2019.

As provas objetivas de língua portuguesa, conhecimentos gerais, raciocínio lógico e conhecimentos específicos serão aplicadas pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). A instituição também fará a avaliação de título, no caso de cargos com formação superior.

Interessados têm de 20 de março a 30 de abril para fazer a inscrição, por meio do site da banca examinadora. Os concursos ocorrerão em 3 de junho, com data provável de divulgação dos resultados em 6 de julho.

Com a saída do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em outubro de 2017, o governo de Brasília pôde retomar nomeações e abertura de novos concursos. Desde então, foi autorizada a nomeação de:

  • 92 enfermeiros
  • 200 agentes penitenciários
  • 12 procuradores
  •  35 auditores internos
  •  1.035 profissionais da Educação


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias