Categoria: Governo
Os novos equipamentos vão ampliar a capacidade de exames e garantir resultados mais precisos | Foto: Divulgação / SES

medico.jpg

Callado30 de março de 20203min

Instituto contrata médicos, analistas e técnicos pelo período de seis meses

FIQUE EM CASAO Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) abriu nova contratação de pessoal, em caráter temporário e emergencial devido à pandemia do novo Coronavírus.

A seleção é para os cargos de médico intensivista, farmacêutico, analista de laboratório clínico, técnico em farmácia, técnico de laboratório, técnico em nutrição, nutricionista e técnico de enfermagem (UTI).

Os salários variam de R$ 2.050,95 a R$11.942,00. A carga horário é de 20 horas semanais para médicos e 36 horas para farmacêutico, técnico em farmácia, analista de laboratório, técnico de laboratório e técnico em enfermagem. Para técnico em nutrição e nutricionista, são 40 horas semanais.Os profissionais atuarão de forma temporária, por seis meses.

A contratação emergencial selecionará os profissionais com base em análise curricular para atender as demandas de urgência e emergência da população na rede de saúde pública do Distrito Federal no combate ao novo coronavírus.

O encaminhamento de currículos deverá ser feito pelo o e-mail: selecao@igesdf.org.br

Confira a matéria completa e os detalhes de cada cargo em: http://igesdf.org.br/noticia/coronavirus-igesdf-abre-nova-contratacao-emergencial-de-profissionais/.


GDF_Coronavirus_BlogDoCallado_300x600.gif

Callado30 de março de 20202min

As doações podem ser feitas por meio da conta corrente 062.958-6. A agência é a 0100-7 e o CNPJ 00.394.684/0001-53

Por Ian Ferraz

FIQUE EM CASAO Governo do Distrito Federal (GDF) abriu uma conta no Banco de Brasília (BRB) para receber doações com o intuito de minimizar os impactos financeiros sofridos com a pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).

A medida integra as ações do Comitê de Doação Covid-19 do Distrito Federal.

As doações podem ser feitas por meio da agência 0100-7 do BRB, conta corrente n° 062.958-6, CNPJ n° 00.394.684/0001-53.

A disseminação da Covid-19 tem sido combatida com inúmeras medidas tomadas pelo GDF.

Muitas dessas ações são empreendidas de forma pioneira, com cuidados e o tratamento especiais para população do DF.

Veja, aqui​, o que está sendo providenciado para amenizar os efeitos da crise.


mane.jpg

Callado30 de março de 20207min

A previsão inicial é que em até 15 dias parte dos leitos já esteja disponível à população, em uma área que abrange quase 6 mil metros quadrados

FIQUE EM CASAO Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha terá 200 leitos de retaguarda para atender pacientes que venham a contrair o coronavírus no Distrito Federal. O anúncio oficial foi feito pelo secretário de Saúde, Francisco Araújo, durante uma visita técnica realizada, nesta segunda-feira (30), ao local.

A previsão inicial dos gestores é que em até 15 dias parte dos leitos já esteja disponível à população, em uma área que abrange quase 6 mil metros quadrados. A medida se torna necessária para resguardar o atendimento dos pacientes em remissão, ou seja, que já tiveram alta dos leitos com suporte respiratório nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), mas ainda estão em recuperação e não podem voltar para casa.

A estimativa da pasta é que a taxa de permanência dos pacientes nos leitos instalados no estádio chegue a até 14 dias, a depender da situação clínica de cada pessoa.

“Estamos trabalhando à frente e nos preparando para o futuro. Não vamos esperar o problema começar para resolver. Caso a situação piore, aqui será a retaguarda. Nos organizamos construindo essa estrutura, e na medida que for preciso, os leitos serão colocados à disposição da população. O sistema de saúde está preparado para defender e proteger as pessoas”, garantiu Francisco Araújo.

O secretário de Saúde destacou que o planejamento para atender mais casos de coronavírus foi dividido em três etapas. A primeira foi garantir até 60 leitos com suporte respiratório nas UTIs e 100 de retaguarda. Na segunda fase, a Secretaria de Saúde terá à disposição 200 leitos com suporte respiratório e 300 de retaguarda – 200 deles no Mané Garrincha.

“Na última fase, se o gráfico piorar, teremos 500 leitos de retaguarda. Serão os 200 no Mané Garrincha e 300 no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Além disso, teremos 310 leitos com suporte respiratório, envolvendo as redes privada e pública, pois a Secretaria tem celebrado contratos com o setor privado”, informou o secretário de Saúde.

As medidas serão reforçadas com quatro dispensas de licitação divulgadas recentemente pela Secretaria de Saúde. Com elas, a pasta pretende adquirir 30 mil unidades de álcool em gel de 100 ml e 500 ml; 300 mil testes rápidos para a Covid-19; 300 ventiladores pulmonares para os principais hospitais da rede pública; além da contratação de sete ambulâncias, que estarão de pronto aviso nas regionais de saúde para fazer o transporte de pacientes.

Infraestrutura

De acordo com o subsecretário de Infraestrutura em Saúde, Isaque Albuquerque, até a próxima semana será iniciada a compartimentação dos ambientes, montando uma configuração padrão para os leitos. Diferente das demais unidades da Federação, eles não serão instalados no gramado do estádio, mas no primeiro andar do Mané Garrincha, que possui uma estrutura mais adequada.

Ainda assim, o espaço vai passar por uma reestruturação para atender critérios hospitalares, com mudanças na rede elétrica, higienização do ar-condicionado e instalação de dispositivos para álcool em gel e equipamentos médicos. A ideia é revitalizar a estrutura para melhorar as condições físicas, sanitárias e de segurança aos pacientes.

“Todos os sistemas para operacionalizar a assistência estão sendo montados agora. Até sexta-feira (3) já devemos ter um protótipo da distribuição física dos leitos, para ser aprovado com a equipe. Havendo a necessidade, teremos mais um andar para replicar esse mesmo modelo”, informou o subsecretário.

Contudo, o gestor advertiu que os prazos de entrega podem sofrer alteração devido a problemas com a entrega de produtos e insumos dos fabricantes. “Como é uma realidade nacional e até mundial, estamos tendo dificuldade com a produção das fábricas. O atraso na entrega dos materiais pode influenciar no cronograma. Mas isso será reajustado conforme a necessidade”, ressaltou.

Humanização

Um dos pontos que favoreceu a escolha do Estádio Nacional de Brasília como hospital de campanha foi a possibilidade de os pacientes terem um amplo campo de visão entre o primeiro andar e as cadeiras da arquibancada, além de poderem aproveitarem o sol da manhã. A ideia é trazer um atendimento mais humanizado aos que estão saindo da situação de isolamento e se recuperando da Covid-19.

“Deixaremos pelo menos três fileiras de cadeiras, com extensão de mais de 50 metros, onde os pacientes terão uma renovação de ar. Como eles vem de uma situação de isolamento, a ideia é tornar esse ambiente mais humanizado. Aqui, eles poderão circular pelas áreas da arquibancada, conversar com a família e fazer uma ligação com mais privacidade”, comentou Isaque Albuquerque.


mascara-alcool-em-gel.jpg

Callado29 de março de 20204min

Álcool gel, testes para Covid-19 e ventiladores pulmonares estão na lista. Também será contratada uma empresa especializada em remoção de pacientes com ambulâncias

FIQUE EM CASAPara reforçar o combate à disseminação do coronavírus, a Secretaria de Saúde pretende adquirir, de forma emergencial, mais álcool em gel, testes rápidos para Covid-19, ventiladores pulmonares, além de contratar uma empresa especializada em remoção de pacientes com ambulâncias. O valor total investido pela pasta será de aproximadamente R$ 56 milhões.

As aquisições e a contratação de serviços serão realizadas com dispensa de licitação, conforme autoriza a situação de emergência em saúde em que a capital se encontra desde fevereiro. O aviso foi publicado em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF) deste sábado (28).

“A Secretaria de Saúde não vai medir esforços para garantir os insumos e equipamentos necessários para os nossos profissionais terem à disposição e atenderem os pacientes. Com essas atitudes, evitaremos aqui o que está acontecendo em outros locais do mundo”, afirmou o secretário de Saúde, Francisco Araújo.

Segundo o subsecretário de Administração Geral da pasta, Iohan Struck, serão adquiridas 30 mil unidades de álcool gel de 100ml e 500ml; 300 mil testes rápidos para a Covid-19;  300 ventiladores pulmonares para os principais hospitais da rede pública; além da contratação da empresa que reforçará os atendimentos com sete ambulâncias, que estarão de pronto aviso nas regionais de saúde para fazer o transporte de pacientes.

“São quatro dispensas de licitação, que tem como objetivo o controle da Covid-9 e o tratamento dos pacientes. Queremos que os profissionais de saúde tenham recursos para garantir a vida do maior número possível de pessoas”, comentou o subsecretário.

A Secretaria de Saúde vai receber as propostas até às 15h de 1 de abril, para adquirir álcool gel e testes rápidos da Covid-19. No caso dos ventiladores pulmonares e da contratação de ambulâncias, o prazo será até às 15h do dia 2 de abril.

As propostas devem ser enviadas para este e-mail. Empresas interessadas devem solicitar o ofício de convocação e o projeto básico no mesmo endereço.

Elas serão selecionadas e classificadas pelo critério de menor preço por item, observados os requisitos de segurança tanto para os usuários quanto para os profissionais de saúde.


palacio-do-buriti.jpg

Callado29 de março de 20203min

Decreto publicado no sábado (28) considera que os atos podem comprometer medidas de contenção da disseminação do novo coronavírus

FIQUE EM CASA

Por Jéssica Antunes

Nomeações e posses de candidatos já aprovados em concursos públicos no Distrito Federal estão suspensas por tempo indeterminado. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial do DF no sábado (28), como mais uma forma de contenção da disseminação do novo coronavírus. Apenas aqueles com funções necessárias para a prevenção, contenção ou combate à Covid-19 podem iniciar o exercício.

O Decreto no 40.572, de 28 de março de 2020, considera que a nomeação de novos servidores públicos pode comprometer as limitações de locomoção orientadas pelas autoridades para evitar a propagação do vírus.

Além disso, o texto lembra que as atividades incompatíveis com o teletrabalho devem ficar suspensas em virtude da situação de emergência em saúde pública e da pandemia decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Posse de professores

Com a determinação, fica cancelada, por exemplo, a posse de 821 professores de Educação Básica que aconteceria a partir de terça-feira (31).

Segundo a Secretaria de Educação, será verificada a possibilidade de aproveitar os exames admissionais e avaliação na Subsecretaria de Segurança e Saúde no Trabalho (Subsaúde) dos candidatos que já passaram por essa etapa.


loterica.jpg

Callado28 de março de 20202min

FIQUE EM CASARetomada de serviços tem como objetivo facilitar o acesso da população a determinadas atividades

Por Hédio Ferreira Júnior – O Governo do Distrito Federal (GDF) liberou a retomada do atendimento em casas lotéricas e correspondentes bancários, lojas de conveniência e minimercados em postos de combustíveis – sendo vedados o consumo no local e a disponibilização de mesas e cadeiras.

O Decreto número 40.570 foi assinado pelo governador Ibaneis Rocha e publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) nesta sexta-feira (27).

O documento altera o Decreto número 40.550, de 23 de março, que trata das medidas de enfrentamento e contenção da pandemia de coronavírus no Distrito Federal.

“Mantenho o meu foco em cuidar das pessoas. Acredito que alguns serviços de atendimento à população, principalmente a mais carente, podem ser retomados sem prejuízos ao nosso trabalho e às nossas ações corajosas de contenção da proliferação da Covid-19”, afirmou o governador.

A revogação do fechamento desses estabelecimentos entra em vigor imediatamente à data de publicação do decreto.


palacio-do-buriti.jpg

Callado26 de março de 20204min

Edifício-sede do GDF é iluminado de verde em reconhecimento ao trabalho de médicos, enfermeiros e todos que ajudam a aliviar os impactos da pandemia mundial

Por Ary Filgueira

FIQUE EM CASAO Palácio do Buriti – sede do Governo do Distrito Federal – acaba de ser iluminado de verde. Trata-se de homenagem ao profissional da Saúde. A cor é considerada símbolo da categoria. O gesto, iniciado na noite desta quinta-feira (26), ficará evidente na fachada enquanto o Distrito Federal estiver sob o risco de contaminação em massa pelo coronavírus, que transmite a Covid-19.

Além do Palácio, outros cartões-postais de Brasília ganharão essa tonalidade em reconhecimento ao esforço e à dedicação de médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, operadores de raio x, motoristas de ambulância e todos que, de uma forma ou outra, ajudam a aliviar os impactos da pandemia mundial que atingiu também o DF. Os próximos a serem coloridos de verde serão o Museu da República, a Biblioteca Nacional e o Teatro Nacional.

A Secretaria de Saúde tem em seu quadro atualmente cerca de 35 mil servidores. A categoria foi uma das poucas que ficaram de fora do decreto que instituiu o teletrabalho em caráter excepcional e temporário para os demais trabalhadores com o intuito de prevenir o contágio do coronavírus entre servidores do GDF. Eles tiveram de ser excluídos do trabalho a distância porque desempenham serviços considerados essenciais à população.

Para o secretário da Casa Civil, Valdetário Monteiro, a homenagem aos trabalhadores da Saúde é merecida e oportuna, porque são eles que estão cuidando da população brasiliense. “Eles estão enfrentando diretamente essa guerra. Estão todos trabalhando direto. Sem folga ou teletrabalho”, enaltece Valdetário. “Todo o nosso agradecimento pelo empenho e pela luta”, emenda.

Da parada de ônibus localizada a 200 metros do Palácio do Buriti, o vigilante Raimundo Bispo dos Santos, 51 anos, foi o primeiro a notar o facho de luz verde na parede do Palácio do Buriti. Ao saber do que se tratava, abriu um sorriso. “Eles merecem muito. Estão na linha de frente dessa missão de combater esse coronavírus”, diz o morador de Ceilândia.


corona.jpg

Callado26 de março de 20204min
Coronavirus

Aviso de abertura de dispensa de licitação foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta (25)

Por Jéssica Antunes

FIQUE EM CASAO Governo do Distrito Federal vai adquirir Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para fortalecer o combate da disseminação da Covid-19. A aquisição emergencial será realizada com dispensa de licitação, conforme autoriza a situação de emergência em saúde em que a capital se encontra desde fevereiro. O aviso foi publicado em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF) nesta quarta-feira (25).

O processo engloba os materiais utilizados pelas equipes de assistência, que incluem todos os profissionais de saúde. A lista de aquisições é composta por máscaras N95, cirúrgicas e para pulverização; protetores faciais com viseira flexível; sapatilhas descartáveis; macacões protetores; toucas descartáveis e capotes cirúrgicos estéreis.

o Pojo esclarece que a rede está abastecida, mas a demanda aumentou consideravelmente. “As empresas que têm contrato não estão conseguindo cumprir nossos prazos. Por isso, abrimos a aquisição emergencial para garantir que não ficaremos sem os insumos para o combate à disseminação da Covid-19”, diz.

A pasta vai receber propostas até as 15h do dia 30 deste mês, pelo e-mail dispensadelicitacao.sesdf@gmail.com. Empresas interessadas devem solicitar o ofício de convocação e o projeto básico no mesmo endereço. 

Reforço no estoque
A Secretaria de Saúde (SES) continua reforçando os estoques de insumos e medicamentos. Nesta quinta-feira (26), a pasta liberou mais de R$ 4,5 milhões em notas de empenho para quitar uma extensa lista de remédios e produtos hospitalares.
Entre os itens a serem adquiridos, estão seringas, fraldas geriátricas, parecoxibe sódico – indicado para a prevenção e tratamento de dor pós-operatória – amitriptilina– medicamento utilizado como calmante –, curativos com carvão ativado, urfactante pulmonar e ciclosporina, para o tratamento de doenças autoimunes.

24.3.-Creches.-SEE.-Cartão-BRB.-Divulgação.jpg

Callado25 de março de 20204min

Cronograma foi elaborado para evitar aglomerações e precisa ser seguido pela população

FIQUE EM CASATodos os beneficiários do Cartão Alimentação Creche (CAC) devem ficar atentos ao cronograma de entrega dos cartões magnéticos pelas regionais de ensino. A Secretária de Educação do Distrito Federal elaborou um cronograma detalhado por regional de ensino e creche, com datas, horários e locais para que mães, pais e responsáveis façam a retirada do cartão com segurança e sem a formação de aglomerações.

A partir desta quarta-feira (26), as coordenações regionais de ensino vão disponibilizar servidores para receber os cartões que serão entregues pelo BRB. Conforme o cronograma, os beneficiários vão começar a buscar os cartões a partir de sexta-feira (27).

O Cartão Alimentação Creche deve ser recebido pelo responsável legal da criança matriculada nas CEPIs e instituições parcerias da rede pública de ensino do DF, que atendem em período integral, devendo comparecer somente no dia, horário e local indicados no cronograma de atendimento, de acordo com a creche em que a criança está matriculada. Para a retirada é obrigatório apresentar  documento de identificação com foto, certidão de nascimento da criança e/ou Termo de Guarda, se for o caso.

A Secretaria de Educação solicita que no dia e local estabelecido para entrega do Cartão Alimentação Creche, as pessoas evitem aglomerações, respeitando o espaçamento de pelo menos um metro de distância, conforme orientações da Secretaria de Saúde.

Cerca de 22 mil crianças de 0 a 5 anos vão receber, nesta primeira etapa, R$ 60 para a compra de alimentos. Caso a suspensão das aulas seja prorrogada, o valor mensal a ser pago por criança será de R$ 150.

CME

Os Cartões Material Escolar (CME) remanescentes, ou seja, aqueles que ainda não foram retirados pelos beneficiados, serão entregues no último dia de atendimento conforme o cronograma de cada regional de ensino, no mesmo local de retirada do Cartão Alimentação Creche e seguindo as datas e horários estabelecidos a fim de evitar aglomerações.

Os estudantes que fazem parte do Programa Cartão Material Escolar recebem recursos por meio do Bolsa Alimentação para a compra de alimentos a fim de suprir a falta da merenda escolar durante este período de suspensão de aulas.

As aulas estão suspensas até o dia 5 de abril por determinação do Governo do Distrito Federal como medida de contingência para reduzir a disseminação do coronavírus.

Veja todas as informações sobre o Bolsa Alimentação.


GDF_Coronavirus_BlogDoCallado_300x600.gif

Callado25 de março de 20205min

Secretaria de Saúde contrata novas unidades no Hospital Maria Auxiliadora, do Gama, ao custo de R$ 21,6 milhões. Outros R$ 2,6 milhões serão usados em medicamentos para tratar doenças respiratórias. Bombeiros abrem licitação para adquirir 10 mil testes rápidos

FIQUE EM CASAPor Ian Ferraz e Renata Moura 

Numa ação concentrada de vários órgãos, o Governo do Distrito Federal avança no reforço de atendimento da área de saúde para combater a proliferação do coronavírus (Covid-19). Com a confirmação de 177 casos, a preocupação do Executivo agora é com o diagnóstico rápido e a estrutura física nas unidades de saúde para atendimento à população.

Nesta quarta-feira (25), a Secretaria de Saúde (SES) publicou, no Diário Oficial do DF (DODF), a contratação de novos leitos de Unidade Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Maria Auxiliadora, no Gama. O investimento será de R$ 21,6 milhões.

“Todas as ações que estamos tomando são importantes, porque são medidas preventivas. Estamos usando a prevenção como melhor remédio para cuidar do coronavírus. A contratação dos leitos é parte desse processo”, explica o secretário de Saúde, Francisco Araújo.

O DODF também publicou extratos de contratos de medicamentos para reforçar a atuação da SES. Somados, os investimentos ultrapassam R$ 2,6 milhões. Estão na lista remédios como comprimidos do ácido ursodesoxicólico, utilizado para tratamentos de doenças no fígado; ceftriaxona injetável, para o tratamento de doenças respiratórias e a solução básica de bicarbonato de sódio a 8,4%, utilizada em procedimentos de hemodiálise.

Bombeiros ampliam atuação

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) também publicou aviso de licitação para a compra de 10 mil testes rápidos de diagnóstico da Covid-19. A corporação solicita aos interessados proposta comercial para balizamento de preços, visando obter valor mais em conta à administração pública. Os kits de diagnósticos do SARS-CoV-2 serão destinados ao Laboratório de Análises Clínicas da Policlínica do CBMDF (Pomed). “Quanto mais testes rápidos tivermos, melhor”, destaca o secretário de Saúde.

Os interessados poderão obter a solicitação de orçamento para fornecimento da proposta por meio do e-mail dimat.cbmdf@gmail.com. As propostas deverão ser encaminhadas até as 18 h de quinta-feira (26) ao e-mail dimat.cbmdf@gmail.com, onde poderão ser esclarecidas todas as dúvidas.

A Polícia Militar também está em busca de reforçar os equipamentos de segurança para atuação dos batalhões nas ruas. Para isso, foi autorizada a compra emergencial de luvas, no valor total de R$ 28,2 mil. Os produtos, afirma a corporação, têm destinação certa para suprimento logístico, igualmente como ação de enfrentamento emergencial de saúde pública decorrente do coronavírus.



Sobre o Blog

Com 16 de existência, o Blog do Callado é o 1º Blog Político de Brasília, um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


ricardocallado@gmail.com

55 61 98417 3487


Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial