21/07/2019 Brasília - DF 24°C

Arquivos Brasília - Blog do Callado

antes-1200x1200-1.jpeg

Ricardo Callado20/07/20194min
Antes e Depois da nova iluminação
Dos 150 projetores de vapor metálico localizados no ponto turístico, 120 foram substituídos por LED de 36 watts

Uma das épocas mais bonitas para visitar Brasília é entre os meses de maio e setembro. O período seco propicia a floração dos ipês, vegetação típica do cerrado, e valoriza a cor verde vibrante das palmeiras que enfeitam a capital. A revitalização da praça situada atrás da Câmara dos Deputados, com seu jardim de palmeiras imperiais, atende a dois objetivos. Assegurar maior segurança ao local e destacar sua beleza.

Por lá, circulam diariamente funcionários do Congresso e de outros órgãos públicos, assim como um grande número de turistas, devido à localização estratégica e o simbolismo do conjunto arquitetônico que abriga os três poderes da República.

A revitalização do Jardim das Palmeiras foi concluída recentemente por equipes da Companhia Energética de Brasília, em parceria com a Secretaria de Obras do DF.

Dos 150 projetores de vapor metálico localizados no ponto turístico, 120 foram substituídos por LED de 36 watts, que traz uma luminosidade branca e mais potente para o jardim, aumentando a sensação de segurança no local.

O engenheiro Diego Rezende e sua mãe Adila Rezende faziam fotos na Praça dos Três Poderes na noite desta quinta-feira, 18/07, por volta das 20h30. Eles são de Belém (PA) e decidiram visitar os pontos turísticos de Brasília à noite, quando a temperatura está mais amena.

“Nós adoramos a iluminação. Não sabíamos da existência dessa área com as palmeiras. Foi a primeira coisa que reparamos quando nos aproximamos aqui do centro, está muito chamativa e é um lindo plano de fundo para fotos”, conta Diego.

“Assim eu me sinto muito mais seguro para esperar o ônibus”, declarou Samuel Moreira, técnico de informática do Tribunal de Contas da União, enquanto esperava o transporte público para ir para casa.

“Meu expediente termina às 20h. Quando a luz nessa área ainda era amarela, me sentia desprotegido. Agora com o LED caminho com tranquilidade”, conta Samuel.

A manutenção foi realizada em duas semanas e custou R$ 449 mil para o Governo do Distrito Federal. O Diretor-Técnico da CEB, Paulo Afonso Machado, destaca que o Jardim das Palmeiras estava com iluminação precária e, por esse motivo, passava despercebido pela população. “Esse jardim é um elemento importante de composição na Praça dos Três Poderes e agora pode ser devidamente valorizado”, afirma Afonso.

Além do Jardim das Palmeiras Imperiais, a Praça dos Ipês – que fica atrás do Senado Federal – e o espelho d’agua do Congresso Nacional também vão receber melhorias na iluminação pública.

* Com informações da CEB


Projeto-Social-1-19-07.jpg

Ricardo Callado20/07/20195min
Iniciativa foi criada pela Subseção da OAB no Paranoá e o Centro Social João Paulo II em parceria com a Covac Sociedade de Advogados

A Subseção da OAB do Paranoá e o Centro Social João Paulo II deram início a um projeto social em parceria com a Covac Sociedade de Advogados para prestar orientação jurídica gratuita à comunidade carente das regiões administrativas do Paranoá e Itapoã, no Distrito Federal. Além de atender à comunidade com a atuação pro bono de advogados experientes, o projeto também auxilia a iniciação de novos advogados na atividade profissional por meio da Central de Preceptoria Forense (CPF), que objetiva aperfeiçoar a atividade do jovem advogado da região.

“Todo o projeto é coordenado pela Covac Advogados em conjunto com a Subseção da OAB, que oferecem o corpo de advogados e a assistência aos atendidos, seja no sentido de prestar orientação jurídica à população carente, seja no auxílio aos advogados iniciantes da região do Paranoá e Itapoã que tenham interesse em aprender a prática forense e compartilhar conhecimentos”, diz o sócio da Covac, Dr. João Paulo Echeverria, um dos responsáveis pelo projeto.

“Antes os atendimentos eram feitos espaçadamente, sem observar uma ação contínua e planejada, apesar da boa intenção. Agora toda sexta-feira, das 9h30 ao meio dia, na sede do Centro Social João Paulo II, os advogados e estagiários de direito da Covac, aliados a outros profissionais do direito e Comissões da Subseção, ficarão à disposição para orientar a comunidade, fazendo a triagem dos casos e a análise da situação de hipossuficiência dos atendidos, para saber qual o melhor encaminhamento a se adotado”, explica a advogada da Covac, Dra. Janaína Rodrigues.

Além disso, o projeto tem como missão prestar informações e esclarecimentos sobre os direitos dos cidadãos que procuram o Centro Social João Paulo II, bem como orientação e adequado encaminhamento dos atendidos para a rede de assistência jurídica pública no Distrito Federal e órgãos do poder executivo que atuam com políticas sociais.

Covac Sociedade de Advogados

Com sedes em São Paulo, Brasília e no Rio de Janeiro, a Covac – Sociedade de Advogados reúne uma equipe de advogados de grande experiência, com excelente formação e atuação acadêmica, que presta serviços de advocacia consultiva e preventiva, além do contencioso, em uma ampla variedade de especialidades que abrange desde o Direito Tributário, Educacional e Assistencial, até Empresarial, Trabalhista, Administrativo, Legislativo e do Consumidor.

Pela especialização na área regulatória do ensino superior, o escritório presta serviços em processos de aquisição, fusão, venda, incorporação, auditoria legal e negociação de instituições educacionais. O escritório mantém também equipe exclusiva e extremamente capacitada para representação nos Juizados Especiais do Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo.

Acesse www.advcovac.com.br


detran.jpg

Ricardo Callado19/07/20194min
Em apenas quatro dias, foram atendidos mais de mil cidadãos do Guará e cidades vizinhas. O ônibus equipado para realizar consultas presenciais segue agora para Ceilândia

Por Daniela Brito

Em apenas quatro dias, o Projeto Detran na Cidade atendeu mais de mil cidadãos que moram no Guará e regiões próximas. Agilidade, presteza e bom atendimento são os principais elogios da população que utiliza o serviço do Departamento de Trânsito do Distrito Federal.

O projeto visa desafogar o número de cidadãos nos postos do Na Hora e Detran e, automaticamente, diminuir o tempo de espera daqueles que precisam ficar em dia com os serviços. A autarquia executa o trabalho por meio de um ônibus equipado para realizar atendimentos presenciais de consulta de débitos, impressão de boletos e emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). O BRB Móvel e empresas de parcelamento também colaboram no projeto.

“O critério de escolha das cidades foi, primeiramente, pelas mais populosas e por aquelas que não têm sedes do Detran”, explicou o assessor da Diretoria do Detran, Ariso Chagas Filho. “Ceilândia, Taguatinga e Samambaia, por exemplo, são cidades que terão preferência”, completou.

Quem for utilizar o serviço Detran na Cidade deve ser o proprietário do veículo ou procurador legal. Caso seja o representante, é imprescindível a apresentação da procuração e do documento de identidade em qualquer circunstância. Se houver débito o cidadão é orientado a pagar e, ao retornar, recebe a documentação sem pegar novamente a fila.

“O atendimento é vip. Eu nunca vi uma equipe tão boa como essa para atender o público”, elogiou o aposentado Marcelino Aparecido de Almeida, 60 anos. “Eu estava devendo uma multa e não sabia, pois ela ainda não havia chegado na minha casa. Quitei o débito, regularizei a minha documentação e, em 15 minutos, já estava liberado para fazer a minha viagem tranquilo”, comentou.

O atendimento é feito de terça-feira a sexta-feira, de 9h às 17h. As próximas cidades a receberem o projeto Detran na Cidade são Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Riacho Fundo II, Santa Maria, Núcleo Bandeirante, Estrutural, São Sebastião e Varjão. E, posteriormente, nas demais cidades que tiverem interesse em receber o projeto.

Calendário do final da placa do veículo

A fiscalização do licenciamento de 2019 seguirá o calendário definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A exigência terá início no 1º dia de cada mês, a começar de setembro, conforme o final da placa do veículo. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, transitar com o veículo não licenciado é considerado infração gravíssima e resulta em sete pontos na CNH, recolhimento do veículo e multa de R$ 293,47.

Prazo final para renovação

Algarismo final da placa:

1 e 2 – 1º de setembro

3, 4 e 5 – 1º de outubro

6, 7 e 8 – 1º de novembro

9 e 0 – 1º de dezembro

*Com informações do Detran/DF


Parque-Ecológico-Olhos-dÁgua.jpg

Ricardo Callado19/07/201915min
Parque Ecológico Olhos d’Água 2
Objetivo é criar uma cultura de celebração de Parques e Reservas por meio do turismo em Unidades de Conservação; Grupo de Caminhadas em Brasília vai promover atividades em 29 trilhas diferentes

A campanha Um Dia no Parque quer mostrar que as Unidades de Conservação (UCs), além de protegerem a biodiversidade, oferecem inúmeras opções de lazer e geram benefícios aos visitantes, como melhora da saúde e garantia de bem-estar, além do desenvolvimento econômico. A Coalizão Pró-UCs, que realiza a campanha, pretende fazer isso por meio da promoção de atividades em contato com a natureza em áreas protegidas de todo o país. Entre as áreas já confirmadas na ação estão os Parques Nacionais da Tijuca, Iguaçu, Serra da Bodoquena, Aparados da Serra e Serra da Capivara, os Parques Estaduais de Ibitipoca e Serra do Brigadeiro, em Minas Gerais, Vila Velha, Ilha do Mel e Guartelá, no Paraná, o Refúgio de Alcatrazes em São Paulo, entre outras.

O objetivo é criar uma cultura de visitação e turismo nas UCs – mais conhecidas como parques ou reservas – por meio de um dia de comemoração fixo no calendário do país, em que áreas protegidas e parceiros (organizações não governamentais, grupos de visitantes organizados, empresas) em todo o Brasil ofereçam atividades que, além servirem como recreação, despertem a consciência ambiental nos participantes. Em 2019, a ação ocorre no próximo domingo, 21 de julho.

Esta é a segunda edição da campanha, que teve início em 2018. De acordo com Fernando Pieroni, diretor-presidente do Instituto Semeia, um dos promotores da campanha por meio da Coalizão Pró-UC, é preciso incentivar o contato do brasileiro com a natureza e a valorização do nosso patrimônio natural. “Sabemos que é preciso conhecer para conservar, e a campanha Um Dia no Parque é uma excelente oportunidade para promovermos essa aproximação entre a sociedade e os parques”, defende.

Instituições, organização não governamentais, coletivos, grupos ligados ou não ao meio ambiente também são convidados a participar por meio da promoção de atividades a visitantes. E opções não faltam. Nas Unidades de Conservação, além das atividades mais conhecidas, como trilha, observação de paisagem e ciclismo, por exemplo, é possível praticar também rapel, asa delta, canoagem, surfe, observação de aves, boia cross, banho de cachoeira, e até um piquenique. A campanha também incentiva que as pessoas visitem as áreas protegidas nesta data, independentemente da previsão de uma ação específica.

Turismo como gerador de renda

O turismo em Unidades de Conservação tem aumentado nos últimos anos no Brasil e gerado renda. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), de 2013 a 2018 o número de visitantes praticamente dobrou em Unidades de Conservação federais, indo de 6,3 milhões em 2013 para 12,4 milhões em 2018. Os visitantes gastaram, em 2017, cerca de R$ 2 bilhões nos municípios do entorno das UCs, gerando cerca de 80 mil empregos. Todos os setores ligados ao ecoturismo são beneficiados, como o hoteleiro, de alimentação, transporte, além do comércio em geral. Um estudo realizado pelo ICMBio mostra que para cada um real investido nas UCs, sete reais são gerados na economia.

“Não podemos, assim, deixar de promover a visitação em parques e o aprimoramento da gestão, por meio de parcerias com a iniciativa privada, para que seja possível catalisar todo essepotencial de gerar benefícios para a conservação da biodiversidade e para o desenvolvimento socioeconômico”, explica Pieroni.

De acordo com uma pesquisa do IBOPE Inteligência encomendada pelo WWF-Brasil, 91% dos brasileiros deseja ter mais contato com a natureza do que tem hoje em dia. A mesma pesquisa mostra que 82% procura por locais que tenham paisagens naturais quando vão viajar. Segundo a coordenadora do Programa de Ciências do WWF-Brasil, Mariana Napolitano, “a campanha Um Dia no Parque é um incentivo ao ecoturismo, que beneficia tanto a população local, que tem a economia estimulada pelo fluxo de pessoas, com mais movimento na rede hoteleira, de alimentos e artesanato, entre outros, como os visitantes, com experiências enriquecedoras”.

Em 2019, a campanha Um Dia no Parque conta com o apoio da GIZ Brasil e Grupo Cataratas, além das instituições que fazem parte da Coalizão Pró-UCs, realizadora da ação.

Sobre a Coalizão Pró-Unidades de Conservação

A Coalizão Pró-Unidades de Conservação é um grupo de instituições que se propõe a congregar empresas e organizações da sociedade civil comprometidas com a valorização e a defesa das Unidades de Conservação da Natureza. Integram a Coalizão: Rede Pró UC – Rede Nacional Pró Unidades de Conservação, Fundação SOS Mata Atlântica, Conservação Internacional – CI Brasil, Fundação Grupo Boticário para a Conservação da Natureza, Imaflora – Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola, Instituto Semeia, WWF-Brasil, The Nature Conservacy – TNC Brasil, Imazon – Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas e a UICN-Brasil – União Internacional para a Conservação da Natureza.

Programação – Distrito Federal

Parque Ecológico Olhos d’Água

Horário: 7h

Ponto de encontro: Entrada Principal do Parque, próximo a exposição de Aves ao lado sede do Parque

Atividade: Observação de aves com o Grupo Observaves (Levar equipamento para observação: binóculo e câmera fotográfica)

Floresta Nacional de Brasília

Horário: 8h45

Ponto de encontro: Prédio da administração da Flona

Atividade: Pedal fácil com grupo Rebas do Cerrado para iniciantes

Arie Granja do Ipê – Park Way

Ponto de encontro: Escola classe Ipê

Horário: 7h30

Atividade: Caminhada com interpretação ambiental do Bioma Cerrado

Inscrições: https://chat.whatsapp.com/FThurOUQkz2LR98sgqVtzN

Caminhada em 29 trilhas

​O Grupo de Caminhadas em Brasília vai promover atividades em 29 trilhas diferentes. Conheça:

A partir das 8h, vamos nos encontrar em mais de 27 Parques e outras Unidades de Conservação!

Os interessados devem:

1) Acessar programação: https://www.facebook.com/events/386173818649862/;

2) Escolher um Parque e se informar sobre as condições da caminhada ((nível de esforço, distância e recomendações)

3) Verificar o Ponto de Encontro e o acesso;

4) Manter salvo o contato do condutor(a) voluntário(a) e/ou link de grupo de WhatsApp para informações/detalhes da Caminhada escolhida. Os condutores disponibilizarão nos grupos de mensagens ou link do evento do Facebook todas as informações necessárias (dicas, orientações, localização, etc.).

5) Na volta, a partir das 12h, venha se encontrar com o GCB. Faremos uma confraternização no Parque da Cidade, estacionamento 5, com um lanche colaborativo, música, vídeos e alguns brindes.

Locais onde acontecerão as caminhadas:

JARDIM BOTÂNICO de BRASÍLIA (Lago Sul)

Parque OLHOS D’ÁGUA & PIER NORTE (Asa Norte)

ARIE Granja do IPÊ (Mesa JK)

Parque ÁGUAS CLARAS (Águas Claras)

Trilha Jatobá FLORESTA NACIONAL de BRASÍLIA (Taguatinga)

Parque BURLE MARX & ARIE CRULS (Noroeste)

Parque das GARÇAS (Lago Norte)

Parque ASA SUL, DECK SUL & PISTA DE AEROMODELISMO (Asa Sul)

Trilha PEDRA DOS AMIGOS – SERRINHA do Paranoá (Lago Norte e Varjão)

Parque da ASA DELTA & PENÍNSULA (Lago Sul)

Parque PONTE ALTA DO GAMA (Gama)

Parque dos PEQUIZEIROS (Planaltina)

BOSQUE DOS CONSTITUINTES

Parque EZEQUIAS HERINGER (Guará)

CAMINHOS DA PEDRA & CÓRREGO DO MEIO (Planaltina)

Parque VIVENCIAL do TAGUAPARQUE

Parque LAGO NORTE

Parque TRÊS MENINAS (Samambaia)

Parque VIVENCIAL DE CEILÂNDIA (METROPOLITANO)

TRILHA PIRÁ-BRASÍLIA (Candangolândia)

Parque RECANTO DAS EMAS

Parque BERNARDO SAYÃO

Parque SALTO TORORÓ (S. Sebastião)

Parque DOM BOSCO (Ermida – Lago Sul)

Parque dos JEQUITIBÁS (Sobradinho)

Parque NACIONAL DE BRASÍLIA

Serviço:

O que: Um Dia no Parque

Quando: 21 de julho

Onde: Unidades de Conservação em todo o país

Quem pode participar: todos os interessados em praticar atividades na natureza ou contemplar a paisagem

Como: visitando as UCs participantes, ou praticando uma atividade em contato com a natureza

Redes sociais

Na página da Coalizão Pró UCs no Facebook (https://www.facebook.com/unidoscuidamos/) é possível encontrar informações, além de confirmar a participação no evento. E no hotsite da campanha há dicas de visitação, sugestões de atividades, além de arquivos para download, como um guia com informações a gestores das Unidades de Conservação e parceiros. O endereço é www.umdianoparque.net.


pronto-socorro-HRT-Foto-Mariana-Raphael-xx-1200x796.jpg

Ricardo Callado17/07/20193min
Foto: Mariana Raphael/Secretaria de Saúde-DF

A renovação abrange fachada, área de acolhimento e classificação. Todos os ambientes receberam manutenção elétrica, por exemplo

Quem passa pela frente da emergência do Hospital Regional de Taguatinga logo visualiza mudanças. Com pintura renovada e a grafitagem, surge um espaço mais acolhedor e humanizado.

Dentro, um ambiente confortável, com cadeiras novas, placas de identificação, janelas instaladas e banheiros revitalizados. A nova ambientação é resultado de uma parceria público-privada em benefício da população do Distrito Federal.

Durante todo o mês de junho, as áreas interna e externa de parte do pronto-socorro receberam pintura nova. Os ambientes renovados foram a parte de acolhimento e recepção, sala de classificação de risco e espera.

Todos esses ambientes receberam manutenção elétrica, renovação das portas e dos banheiros e instalação de parede de Drywall. Também ganharam porta para separar os pacientes já classificados dos demais, instalação de longarinas (cadeiras) novas, placas de identificação e atualização dos balcões de atendimento.

Além disso, os espaços do pronto-socorro (interno e externo) receberam a ornamentação artística feita com grafite, e foi concretada uma área que, antes, era recoberta apenas por brita em um vão lateral.

Feliz com o resultado, a superintendente da região de saúde Sudoeste, Lucilene Florêncio, destaca a necessidade de um ambiente acolhedor.

“Os pacientes chegam fragilizados ao hospital. Então, é importante ter esse acolhimento com conforto, em ambiente limpo, bem identificado para facilitar a vida dos usuários. Queremos oferecer o melhor para a nossa população”, assegura.

Parceria

A administração regional de Taguatinga também fez sua parte nesta reforma. A administradora da cidade, Karolyne Guimarães dos Santos, avalia que se cumpre, nesse caso, as diretrizes do governador Ibaneis Rocha, que é atuar de forma integrada entre os órgãos, trabalhando com a iniciativa privada em prol da comunidade. “Isso se refletiu na revitalização da emergência do HRT”, conta.


Quem é quem

Conheça os colaboradores privados na ação no HRT

Taguatinga Shopping

Castello Forte

Vidraçaria Pontual 

Outmídia BSB

 


Com informações da Secretaria de Saúde-DF


enem-1.jpg

Ricardo Callado17/07/20197min
Foto: Vinícius Melo / Agência Brasília
Candidatos da capital terão a oportunidade de ingressar em instituições públicas e privadas do Brasil e de Portugal

Por Jéssica Antunes

Maior porta de entrada para o ensino superior do País, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 está chegando. A partir dele, 95.862 estudantes inscritos no Distrito Federal terão a oportunidade de ingressar em instituições públicas e privadas do Brasil e de Portugal.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prepara a aplicação das provas, que vai acontecer nos dias 3 e 10 de novembro. Na rede pública, alunos passarão por simulado.

“A rede da capital tem currículo próprio, mas completamente alinhado à Base Nacional Comum Curricular, e prepara diariamente os estudantes para esse momento que não é o único, mas que precisa evidenciar as aprendizagens em uma prova”, explica o subsecretário de Educação Básica da Secretaria de Educação do DF, Helber Vieira.

A principal ação pré-prova é o simulado feito anualmente para toda a rede antes do Enem. “É momento de o estudante que nunca participou experiencie e, ao mesmo tempo, lançamos os resultados para que os professores possam trabalhar com as principais dificuldades identificadas.”

Preparação 

Aos 19 anos, Eduarda Alves é pura ansiedade. No último ano do ensino regular, a aluna do Centro Educacional 6 de Taguatinga ainda tem dúvida de qual curso superior vai fazer, mas garante que dará o melhor de si para conseguir uma vaga. Essa será a primeira experiência com a prova que sua irmã realizou no passado.

“Estou estudando muito. Na escola é praticamente preparação pura, com matérias focadas no exame. Temos praticado muita redação, que conta muito na prova”, diz.  Ela se divide entre estudos e trabalho, mas o tempo livre é de cara nos livros. “Estou com medo, mas sei que eu posso. Estou focada nisso, sei que tenho capacidade e posso conseguir”, assegura. Mulheres como Eduarda são maioria entre os candidatos: elas compreendem 59% do total.

Estudante do Centro de Ensino Médio Ave Branca (Cemab), Lucas Leite fará a prova pela primeira vez como treineiro para experimentar a rotina de candidato, conhecer o formato do conteúdo cobrado no exame e para autoavaliar os conhecimentos. Como ele, são  8,3% dos inscritos na capital. Aos 16 anos, ele só finalizará a educação básica em 2020, mas já está de olho na melhor preparação para conquistar a vaga quando chegar sua vez.

O aluno acredita que experiência e conteúdo alinhados podem ser o caminho para chegar ao ensino superior.  O objetivo é seguir o ramo de arquitetura, já que tem afinidade com cálculos. “Espero uma prova bem difícil, mas tenho me esforçado para ter um bom desempenho: revisando matérias de exatas e humanas, acompanhando atualidades.”  Na escola, o morador de Vicente Pires diz ter suporte.

“Os professores são bem qualificados para passar toda a matéria que pode cair. Por ser um exame que engloba todo o Ensino Médio, às vezes não coincide com o conteúdo que estamos tendo na escola, mas o trabalho é muito voltado para o Enem e PAS (Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília)”, revela.

Jovens entre 17 e 19 anos representam 42,7% do total dos concorrentes. Os que têm entre 21 e 30 anos são 28,2%. A faixa etária menos comum é a de jovens menores de 16 anos, que compreendem 1,6% do total. Com relação à escolaridade, 62,7% dos que farão o Enem no DF já concluíram o ensino médio, enquanto 36,7% ainda estão em algum dos três anos finais.

A prova

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, com duração de 5h30. No segundo domingo, será a vez das questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias, com meia hora a menos.

A edição deste ano contará com espaço com linhas para rascunho da redação e para cálculos no final do caderno de questões. Para garantir segurança, lanches levados pelos candidatos serão revistados.

Os candidatos podem utilizar a nota para se inscreverem em programas como o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O desempenho também conta para estudar em Portugal, onde 37 universidades já aceitam os resultados do exame como forma de acesso aos cursos.

Serviço 

Provas: 3 e 10 de novembro

Gabarito: 13 de novembro

Resultado individual: janeiro de 2020


metro-1024x680.jpg

Ricardo Callado17/07/20192min
Os maiores beneficiados serão os mais de 190 mil usuários diários do transporte

A direção da Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) considerou positiva a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10), que determinou o retorno aos trabalhos, a partir do dia 18/7, dos empregados que estão em greve. Os maiores beneficiados serão os mais de 190 mil usuários diários do transporte, que enfrentam trens lotados e demora na chegada às estações desde o dia 2 de maio.

Em nota, o Metrô diz que: “Esclarece-se que, apesar de a greve não ter sido considerada abusiva, como a maioria dos pedidos do sindicato foram rejeitados, não foi deferido nenhum benefício coletivo aos empregados. O pagamento dos dias não-trabalhados pelos grevistas, apesar de autorizado, não será realizado até trânsito em julgado (conclusão do julgamento) da questão no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em virtude da decisão do presidente do tribunal, ministro João Batista Brito Pereira, que permitiu ao Metrô-DF o desconto dos salários dos que fizerem greve”.


DJI_0039.jpg

Ricardo Callado17/07/20195min
(Foto Marco Peixoto/Caesb)
Fabricante das membranas de ultrafiltração convida representantes do governo e da indústria para visita à ETA Lago Norte

Um ano e nove meses depois de instalado pela Caesb, o sistema de tratamento de água de Ultrafiltração por Membranas tornou-se referência no Brasil. Técnicos de diversas empresas de saneamento e pesquisadores já estiveram na Companhia para ver de perto o funcionamento do sistema.

Nesta quinta-feira (18), a partir das 13h, a empresa Dupont Water Solutions, representante da fabricante das membranas no Brasil, vai reunir integrantes do governo, da indústria e das empresas de saneamento para uma visita à planta de tratamento de água por ultrafiltração da ETA Lago Norte, uma das maiores do Brasil com uso exclusivo desse tipo de tecnologia. A partir das 14h30, técnicos discutirão a experiência na adoção de novas tecnologias para o saneamento e posicionamento da indústria em relação à crise hídrica, entre outros temas.

O processo de tratamento de água por membranas de ultrafiltração apresenta várias vantagens, como o elevado nível de remoção de contaminantes. O tempo de execução de obra e o tamanho do terreno, por exemplo, foram determinantes para a escolha do sistema. Construída no período do racionamento, a ETA Lago Norte foi a solução encontrada para abastecer parte da população de Brasília com água do Lago Paranoá.

Devido à situação emergencial, a obra precisava ser rápida. Por essa razão, optou-se pelo sistema de membranas de ultrafiltração, que não exige uma área muito grande para a instalação, nem demanda uma obra civil demorada. Em tempo recorde, apenas cinco meses, a ETA Lago Norte começou a operar com 630 módulos de membrana. Atualmente, são captados, tratados e distribuídos 700 litros por segundo para as regiões do Lago Norte, Itapuã, Paranoá, Varjão, Taquari e parte de Sobradinho e da Asa Norte.

Mas a grande vantagem do sistema de ultrafiltração por membranas é a qualidade da água. “Esse sistema dá uma segurança muito grande para a população, independente da época do ano. Nos métodos convencionais, há variação de resultados a depender do período e é preciso usar mais produto químico”, explica a engenheira química Cláudia Simões, coordenadora de Operação da Caesb responsável pelo sistema.

As membranas de Ultrafiltração eliminam contaminantes por um mecanismo simples de exclusão por tamanho. Uma diferença de pressão torna possível a operação. A membrana apresenta um tamanho de corte de 0,030 micros e retém microorganismos (vírus, bactérias, protozoários como Giardia e Cryptosporidium), partículas, sólidos em suspensão, entre outros, gerando uma água tratada de excelente qualidade. O uso de produtos químicos se restringe ao processo de limpeza das membranas e aos itens obrigatórios para garantir a potabilidade da água, segundo a legislação.

Além da ETA Lago Norte, atualmente o sistema de tratamento de Ultrafiltração por Membranas também é usado na ETA Gama, inaugurada em dezembro de 2018. Há estudos na Companhia para adotar a tecnologia de ultrafiltração na ampliação de estações de tratamento, mas ainda está em fase de projeto.


Projeto-Detran-nas-Cidades.jpg

Ricardo Callado16/07/20194min
Objetivo é oferecer maior agilidade e comodidade aos usuários para a emissão do CRLV 2019
O Departamento de Trânsito do Distrito Federal lança, na manhã desta terça-feira (16), a partir das 9h, na Administração Regional do Guará, o Projeto Detran nas Cidades. A autarquia utilizará um ônibus equipado para realizar atendimentos presenciais, oferecendo consulta de débitos, impressão de boletos e emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). O BRB Móvel e empresas de parcelamento também participarão do projeto, a fim de possibilitar o pagamento de eventuais débitos, permitindo a regularização e emissão do CRLV no mesmo dia.

A ideia é oferecer o serviço de emissão do CRLV 2019 sem que o cidadão tenha que se deslocar até um posto de atendimento, já que se aproxima o início da cobrança do licenciamento, que ocorrerá em setembro. O atendimento será das 9h às 17h, em dias úteis, com a expectativa de realizar 100 atendimentos por dia.

A cada semana o ônibus estará em uma região administrativa (RA), na seguinte ordem: Guará, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Riacho Fundo II, Santa Maria, Núcleo Bandeirante, Estrutural, São Sebastião e Varjão. E, posteriormente, nas demais que tiverem interesse em receber o projeto.

O projeto estará à disposição da sociedade entre julho e novembro – período de maior procura nos postos para a emissão do documento do ano vigente – e permanecerá nas RAs conforme a demanda da região. Haverá atendimento humanizado para pessoas com mobilidade reduzida.

Calendário do final da placa do veículo

A fiscalização do licenciamento de 2019 seguirá o calendário definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A exigência terá início no 1º dia de cada mês, a começar de setembro, conforme o final da placa do veículo.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, transitar com o veículo não licenciado é considerado infração gravíssima e resulta em sete pontos na CNH, recolhimento do veículo e multa de R$ 293,47.

Algarismo final da placa Prazo final para renovação
1 e 2 1º de setembro
3, 4 e 5 1º de outubro
6, 7 e 8 1º de novembro
9 e 0 1º de dezembro

Serviço

O quê: Lançamento do Projeto Detran nas Cidades

Onde: Administração Regional do Guará

Quando: 16/07/2019

Horário: das 9h às 17h

 

*Com informações do Detran-DF


48294126236_7a1604b651_o-768x510.jpg

Ricardo Callado16/07/20196min
Mayara Noronha se emocionou com os desfiles de 15 modelos especiais | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília
Mayara Noronha participa como madrinha de ação social do Hair Brasília and Beauty, evento de moda que mira a inclusão de pessoas em situações especiais

Por Lúcio Flávio

“O essencial é invisível aos olhos, só se pode ver com o coração.” A frase do autor do clássico infantil O Pequeno Príncipe, Antoine de Saint-Exupéry, capta no íntimo a proposta da ação social “Fashion Inclusivo”, há seis anos realizada como atração paralela na 10ª edição do Hair Brasília and Beauty – uma mostra de que a beleza nem sempre está no físico e visível, mas em pequenos gestos humanos que tocam o nosso âmago.

Maior evento de beleza regional, o encontro estará em curso até esta terça-feira (16), no Estádio Nacional Mané Garrincha. Madrinha da iniciativa inclusiva, a primeira-dama do DF, Mayara Noronha, esteve no local na tarde desta segunda-feira (15) e se emocionou com os desfiles de 15 modelos especiais, mostrando que o que está fora de moda mesmo é o preconceito.

“Por mais que seja um evento comercial, ele também tem esse lado social e a gente sabe que esse mundo da beleza eleva a autoestima. A nossa missão na terra é cumprir o papel de ajudar ao próximo, ajudar a quem precisa, ninguém veio para viver sozinho e a porta do meu gabinete estará sempre aberto para iniciativas como essas”, enfatizou Mayara Noronha.

Milena, 10 anos, desfilou sua graça infantil e encantou a todos no Mané Garrincha | Fotos: Vinícius de Melo / Agência Brasília

Participaram também do encontro os secretários do Trabalho, João Pedro Ferraz, e do Desenvolvimento Econômico e Social, Ruy Coutinho. Para Érika Lobo, idealizadora e diretora do Hair Brasília and Beauty, o desfile com modelos de portadores especiais tem como objetivo integrar todos na sociedade, enchendo o coração dos organizadores, modelos e público de alegria e emoção.

“A ideia é mostrar a inclusão na sociedade, que há lugar para todos”, defendeu a empreendedora.

Presidente da Associação Fashion Inclusivo, Valquíria Coimbra fala com o orgulho do projeto que ajudou a criar. “Temos a preocupação de olhar o próximo, de trabalhar a inclusão como um gesto de grandeza e humanidade”, diz. “Lá atendemos todos os tipos de portadores de deficiência. É um projeto que agrega muito amor”, garante.

Autoestima

Criado há dez anos, a partir de um modesto desfile no Shopping de Sobradinho, o Fashion Inclusivo, como o próprio nome sugere, visa a inserção por meio da moda. A missão máxima da associação, que conta hoje com 70 membros, entre crianças e jovens, é o de resgatar a autoestima das pessoas que fazem parte do projeto, preparando-os contra o preconceito e integrando-os na sociedade.

Mãe da pequena Milena, 10 anos, deficiente de um dos braços, Andressa Struck conta que iniciativas como essa têm ajudado a preparar a filha para a sociedade. Vencedora de dois prêmios importantes no segmento – o de Miss Brasília e, recentemente, em Curitiba, o de Miss Brasil –, a pequena modelo está se acostumando a desfilar nas passarelas da moda e da vida.

Missão primordial da associação, que conta hoje com 70 membros, é o de resgatar a autoestima das pessoas, protegend0-as do contra o preconceito e integrando-os na sociedade | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

“Participar de eventos como estes é mais importante do que os títulos de beleza que conquistamos, ainda mais para uma menina como ela que está numa fase de transição, já entrando na pré-adolescência e tendo que aprender a lidar com sua deficiência em sociedade”, observou Andressa. “É uma ação inclusiva que mexe muito com a autoestima dela”, revelou.

Após o desfile, a primeira-dama participou de concorrida sessão de fotos com modelos, fazendo questão de fazer registros com todos e demostrando afeto. Grande entusiasta de iniciativas sociais no DF, Mayara Noronha confessa que gostaria de ser mais abrangente em sua missão.

“Infelizmente não consigo abraçar o mundo como gostaria. O importante é criar um corrente do bem, se cerca de pessoas que se posicione com seus projetos e as coisas vão fluir da melhor maneira, vamos atender o máximo de gente”, acrescentou.



Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias