17/07/2019 Brasília - DF 24°C

Banco de Brasília dá dicas de segurança para clientes no fim de ano

Ricardo Callado12/12/20177min
Com a proximidade do fim do ano, o BRB faz alguns alertas aos seus clientes e à população em geral que vai às compras. É preciso ter cuidado neste período, quando cresce a movimentação nas ruas e lojas. De acordo com o superintendente de segurança empresarial da Instituição, Kleber Ponce Leones, nesse fim de ano as pessoas devem tomar ainda mais cuidado ao transitarem pelos bancos: “Orientamos aos clientes que sempre evitem sacar dinheiro fora do horário de atendimento ou em locais de pouca de movimentação. Além disso, quando o saque for de uma quantia alta, sempre se certificar de que não esteja sendo observado ou seguido. Em caso de suspeita, deve-se acionar a polícia, por meio do número 190”.
Em relação às senhas, seja no momento dos saques ou compras em estabelecimentos comerciais, deve-se ainda prestar atenção se pessoas próximas não estão o observando ou monitorando sua saída do local. “As pessoas devem apenas intensificar o cuidado já usual. Sempre observar as pessoas ao redor; ter cuidado com a bolsa; evitar carregar muitas sacolas e embrulhos, além de evitar deixá-los visíveis no carro”, completou Kleber.
Em relação às compras realizadas pela internet, sugere-se sempre verificar o endereço (URL) para garantir que se trata do site correto, uma vez que fraudadores utilizam-se de “links patrocinados” para ganhar visibilidade nos resultados de buscas. Não se esqueça de checar se há um cadeado no início do endereço do site, garantindo que o site é seguro para compras.
Engenharia Social
Este é o termo utilizado para definir a técnica psicológica e computacional empregada pelos criminosos com a intenção de obter informações corporativas e dados pessoais suficientes para o roubo da identidade virtual do cliente, causando-lhe sérios transtornos.
Uma derivação da engenharia social é o “phishing” e se refere à ação dos bandidos em “pescarem” dados pessoais para utilizá-los em outras compras de forma fraudulenta. Por isso, ao acessar sites, orienta-se digitar os dados no navegador, nunca clicando em links, quando o cliente pode ser direcionado para uma página falsa.
Recentemente, o BRB identificou outro golpe, realizado por meio de contato telefônico, no qual o criminoso se passa por empregado do Banco e solicita informações aos clientes, tais como número do cartão, data de validade e código de segurança, este golpe é denominado “visching” (voice + phishing).
Os engenheiros sociais também utilizam a técnica “smishing” (phishing por SMS). Nesse tipo de golpe, o objetivo da mensagem é explorar a ingenuidade ou a generosidade do ser humano por meio de textos curtos e impactantes que tem o intuito de induzir o cliente a clicar no link e direcioná-lo a uma página falsa ou infectar o dispositivo móvel.
Cartilha Febraban
Abaixo, seguem algumas dicas e alertas elencados em cartilha produzida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em outubro deste ano, e disponível no site da Federação:
• Nunca forneça dados pessoais, senhas e informações sensíveis por telefone, e-mail, redes sociais e aplicativos de comunicação instantânea.
• Fique atento: os bancos não solicitam confirmação de dados pessoais relacionados a contas bancárias, senhas e cartões por telefone, SMS, e-mail ou por outros meios. Jamais forneça dados para alguém que se identificar como operador de central de atendimento. Sempre entre em contato com o gerente de sua conta para questionar sobre tal solicitação.
• Faça controle periódico da fatura de seu cartão de crédito e de seu extrato bancário.
• Em caso de dúvidas em operações nos caixas eletrônicos de autoatendimento, somente aceite ajuda de funcionário devidamente uniformizado e identificado por crachá do banco.
• Não responda, por quaisquer meios, mensagens de empresas ou instituições desconhecidas.
• Mantenha o sistema operacional de seu computador, tablet ou celular sempre atualizado e, se possível, instale programas de antivírus.
• Ao acessar ambientes on-line que exijam login e senha, lembre-se de desmarcar o memorizador de senhas e sempre clique em Sair ao término de sua navegação.
• Instale aplicativos apenas de fontes confiáveis.
• Evite abrir e-mail e clicar em anexos ou links enviados por desconhecidos.
• Fique atento ao endereço do remetente do e-mail. Empresas de grande porte não utilizam contas privadas como @gmail, @hotmail ou @terra para entrar em contato com seus clientes. Entidades públicas sempre são registradas com @gov.br ou @org.br.
• Sempre que não estiver utilizando celular, tablet ou computador, mantenha-os bloqueados com senha de acesso.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias