Em homenagem ao Dia dos Pais, Instituto Verhum vai oferecer consultas gratuitas a 50 casais com dificuldade para ter filhos

Ricardo Callado07/08/20185min

Nem todos os casos de infertilidade conjugal precisam de uma técnica mais complexa de reprodução assistida. Muitos casos podem ser resolvidos com medidas simples e medicamentos

 Nem todos os casais têm motivos para comemorar o Dia dos Pais. A infertilidade conjugal afeta entre 10 a 15% da população brasileira em idade reprodutiva. Em agosto, quando se comemora o mês dos pais, o Instituto Verhum vai oferecer consulta gratuita com especialista em Reprodução Humana para 50 casais com dificuldade para ter filhos. Além da consulta, o Instituto também oferecerá exames de espermograma para homens com dificuldade para ter filhos e com indicação médica para o exame. O espermograma avalia a capacidade reprodutiva do homem através da análise laboratorial do sêmen e é indispensável na investigação da infertilidade masculina. O atendimento vai acontecer nos próximos sábados, dia 11, 18 e 25 de agosto, das 8 às 12 horas, mediante agendamento prévio. Os casais interessados podem agendar a consulta através do telefone (61) 3365-4545.

A iniciativa tem como objetivo oferecer orientação a casais inférteis de baixa renda e aconselhamento médico para que eles aumentem suas chances de uma gravidez espontânea. O atendimento será feito na sede do Instituto, no Edifício Medical Plaza, Qi 3, Lago Sul, dentro do limite das vagas. Os pacientes inscritos devem levar seus exames mais atuais no dia da consulta agendada.

Segundo o médico Vinicius Medina Lopes, especialista em Reprodução Humana e diretor do Instituto Verhum, há várias medidas que podem favorecer uma gravidez espontânea. Nem todos os casais que apresentam dificuldade em ter filhos vão precisar de um tratamento mais complexo de reprodução assistida. Muitos casos de infertilidade são resolvidos com medidas simples.”

“Praticar atividade física regularmente, ter uma alimentação equilibrada, evitar a obesidade, não fumar, evitar o consumo de álcool em excesso, não usar drogas, dormir bem, controlar o estresse e a ansiedade e ter duas a três relações sexuais por semana com o parceiro (a) contribuem para prevenir a infertilidade e aumentar as chances de uma gravidez de forma natural”, explica Jean Pierre Barguil Brasileiro, especialista em Reprodução Humana e diretor do Instituto Verhum.

Segundo os especialistas, a investigação de infertilidade deve ser feita com o casal. O homem deve ter acompanhamento médico e participar junto com a sua parceira da investigação para diagnóstico das causas da infertilidade.

 

Infertilidade Masculina

Cerca de 10% dos homens apresentam alterações no sêmen. Apesar da infertilidade masculina ainda ser tratada como um tabu, os fatores masculinos são responsáveis por 40% dos casos de infertilidade conjugal. Cerca de 40% dos casos de infertilidade de um casal são atribuídos à mulher, 40 % aos homens e em 20% dos casos o problema é resultado de uma combinação de fatores em ambos os parceiros ou de causas desconhecidas.

Embora uma das causas mais comuns da infertilidade nos homens seja a varicocele, doença que acomete os vasos testiculares, os hábitos de vida e os fatores ambientais são também grandes responsáveis pela saúde reprodutiva. O tabagismo é um vilão apontado pelos especialistas.

O uso regular de álcool e drogas é um dos fatores que pode comprometer a fertilidade do homem. Consumidas cada vez mais precocemente, essas substâncias podem gerar alterações hormonais que afetam a qualidade e a quantidade dos espermatozoides.

Os anabolizantes também podem comprometer a fertilidade. Além de provocar a queda da testosterona com consequente diminuição da produção de sêmen, o uso frequente de anabolizantes por jovens que frequentam academias em busca de aumentar a massa muscular pode causar disfunção erétil e atrofia dos testículos.

As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) podem causar danos sérios no aparelho reprodutor e são causas frequentes de infertilidade. A exposição a fatores ambientais (poluição, agentes químicos, solventes, pesticidas e alguns metais pesados) também é prejudicial à fertilidade.

 

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias