Arquivos Brasília - Página 2 de 238 - Blog do Callado

Edson-de-Castro.jpeg

Ricardo Callado09/01/20192min

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal (Sindivarejista-DF), Edson de Castro, é a aposta dos empresários brasilienses para a presidência da Fecomércio-DF.

Com nome lançado à sucessão de Adelmir Santana nesta segunda-feira (7), Edson de Castro é considerado um dos principais líderes empresariais e sindicais do DF, sendo o responsável direto pelo mais influente grupo empresarial da cidade – o “Empresários em Ação”, composto por mais 250 empresários e todos apoiam maciçamente a sua candidatura. A informação é confirmada pela empresária Janine Brito.

“O Edson é vice-presidente da Federação e reúne os principais adjetivos para assumir o cargo com maestria. Precisamos de um nome atuante, dedicado e com bom trânsito no setor produtivo para nos representar à altura da pujança do cargo”, defende a diretora executiva da Ferragens Pinheiro, Janine Brito.

A eleição ocorrerá daqui a 30 dias e servirá como mandato-tampão do atual comando, que terminará em 2022.


Equipe-UPIS-USP.jpg

Ricardo Callado08/01/20191min

A Universidade de São Paulo (USP), por meio de sua Escola Politécnica, assinou Convênio com a Faculdade UPIS de Brasília em dezembro, para promover intercâmbio e cooperação visando à realização de pesquisas, ensino, extensão, troca de informações, atividades culturais, consultoria, desenvolvimento e prestação de serviços integrados em diversas áreas do conhecimento.

Aproveitando a estrutura disponibilizada pela UPIS, que possui hoje um dos maiores campus agrícolas e de medicina animal do País, a USP, por meio de sua escola Politécnica e de seu corpo docente, estará promovendo estudos científicos e mantendo estrutura capaz de atender Governos, Empresas e Profissionais em demandas que levem a estudos técnicos voltados para o aprofundamento de alternativas e soluções tecnológicas inovadoras, além de disponibilizar espaços para realização de estudos, cursos, coworkings e apoio de startups.


curso.jpg

Ricardo Callado07/01/20193min
O curso online, disponível até 31/01, contempla as principais disciplinas cobradas nos certames
O ano de 2019 é esperado com muita expectativa por quem se prepara para concurso público. O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) prevê mais de 40 mil vagas a serem preenchidas. Para sair na frente, os concursandos vão precisar de um bom cronograma de estudos e manter o ritmo nesse período de férias pode ser o grande diferencial.

Pensando nisso, o IMP Online está disponibilizando, gratuitamente, um Curso de Verão. As aulas contemplam as principais disciplinas cobradas nos certames do país.  O curso ficará disponível até o dia 31/01. A preparação é online e a vantagem é a liberdade de poder estudar quando e onde quiser.

Durante a vigência do curso, estarão disponíveis disciplinas como Gramática, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Atualidades, Gestão de Pessoas, Administração Financeira e Orçamentária e muito mais. Cada disciplina é dividida por módulo e tem, pelo menos, três aulas. Serão mais de 23 videoaulas com resolução de exercícios e dicas. Para participar, basta se inscrever pelo link (bit.ly/2PUZyB7) e aguardar a confirmação por e-mail.

Serviço:
IMP Online
Inscrição: bit.ly/2PUZyB7
Data: até 31/01
Telefone: 0800 602 67 69
Facebook: facebook.com/impconcursosonline
Instagram: @impconcursosonline


Sala-de-Aula.jpg

Ricardo Callado07/01/20193min

Dando início a um ano de muitos certames importantes previstos, nada melhor do que aproveitar os aulões gratuitos para tirar dúvidas e testar os conhecimentos, com a resolução de exercícios. No próximo dia 12/01, o IMP Concursos (603 Sul) vai oferecer dois aulões com diferentes focos e ao mesmo tempo. Os concursandos podem escolher aquele que melhor atende às suas necessidades.
O primeiro é o aulão de Controle de Constitucionalidade, voltado, principalmente, para quem sonha com carreiras fiscais. É uma oportunidade imperdível para os concursandos que estão de olho no certame da Sefaz-DF, cujo edital está previsto para sair este mês. Serão cinco horas de aula, das 8h15 às 11h50, ministrada pelo professor Ricardo Blanco, especialista em Direito Administrativo e Direito Constitucional.
A matrícula, que deve ser feita pelo site (www.impconcursos.com.br), não garante a vaga. O evento é sujeito a lotação. Para participar, basta doar 1kg de alimento não perecível no dia do aulão. O conteúdo será elaborado pelo professor e entregue durante o curso.
O outro aulão será ministrado pela especialista em Língua Portuguesa Grazy Souza, que vai comentar a prova de redação discursiva do concurso da AGU. A partir da análise dessa parte do certame, ela vai traçar o perfil da banca responsável, o Idecan, para que os concursandos se familiarizem com a abordagem da instituição. A aula será no mesmo horário, das 8h15 às 11h50. A matrícula também deve ser feita pelo site. Para participar, basta doar um material escolar que deverá ser entregue no dia do aulão.

Serviço:
IMP Concursos
Local: L2 Sul · SGAS 603 Conjunto “C”
Horário: 8h15 às 11h50
Inscrição: www.impconcursos.com.br
Entrada: Material escolar ou 1kg de alimento (a depender do aulão escolhido)
Telefone: 3029-9700


feridas-curativo.jpg

Ricardo Callado07/01/20196min
O encontro possibilita a participação em dez módulos diferentes com temas de relevância na área do tratamento de ferimentos. Profissionais da área de saúde são o público alvo do evento

Janeiro começa com boas oportunidades para os profissionais da área da saúde. A partir do dia 23, o Distrito Federal receberá o segundo ciclo do maior workshop de feridas do Brasil. O evento será realizado pelo Cenfe Wound Care, centro especializado em tratamento de ferimentos, que disponibilizará cursos modulares para aprimoramento de técnicas médicas até julho deste ano. Os interessados poderão participar pela plataforma online que oferecerá acesso ao vivo com interação. Cada módulo possui o valor de R$ 30,00.

A ideia do workshop surgiu como uma tentativa de trazer aos enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem e interessados na área um aprofundamento sobre os assuntos relacionados às lesões e maneiras para tratá-las com maestria. “O workshop contribui para aperfeiçoar a qualidade da avaliação realizada pelo profissional na lesão do paciente e também a qualidade da conduta de tratamento”, explica Benedito Silva, diretor do Cenfe.

As aulas irão trazer uma metodologia expositiva, casos clínicos e avaliações. Dessa forma, os participantes poderão absorver e consolidar as informações passadas para otimização profissional.

O primeiro módulo contará com a palestra da enfermeira Daniele Matias, graduada pela Universidade de Brasília (UNB) e especialista em Enfermagem Dermatológica. O assunto do bate-papo será voltado às queimaduras, disponibilizando uma abordagem geral sobre o tema ao público.

“Buscamos oferecer conteúdo capazes de atualizar o conhecimento com relação às novas tecnologias disponíveis em tratamento de feridas, bem como consolidar práticas e protocolos para as lesões predominantemente observadas nos ambientes ambulatoriais, hospitalares e domiciliares”, contextualiza Silva.

Edições anteriores – Nos últimos módulos, o workshop teve participantes de todo o Brasil: do programa Melhor em Casa, do Ministério da Saúde, até mesmo das operadoras de Autogestão em Saúde, além de profissionais em geral que atuam em hospitais, clínicas e afins.

“Estamos na 5ª edição, mais especificamente no 2º ciclo. Na última, tivemos a participação de 183 participantes, entre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem”, comemora o diretor.

A expectativa do centro é instigar os profissionais da área para se qualificarem cada vez mais. Por meio do workshop, as experiências são compartilhadas para que possam disponibilizar aos pacientes o melhor tratamento possível voltado às feridas.

Ao final do curso, será emitido um certificado de comprovação de participação. Cada módulo possui carga horária de três horas.

Sobre o Cenfe – O Cenfe é o primeiro centro de tratamento de pessoas lesionadas por feridas crônicas ou agudas, com regime tanto ambulatorial quanto domiciliar. O serviço é oferecido por uma equipe qualificada e multidisciplinar, formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e nutricionistas. O corpo clínico tem como responsável técnico o Dr. Igor Nunes e Souza, que é cirurgião geral e vascular, formado pela Universidade de Brasília (UnB) e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

O Cenfe dispõe, ainda, de HomeCare, que compreende os serviços de Internação Domiciliar e Atendimento Domiciliar, coordenados pela Unidade Assistencial HomeLar. Este tipo de Internação Domiciliar oferece atendimento a pacientes com quadro clínico estável, que não necessitam de toda estrutura hospitalar, podendo os cuidados serem realizados em casa. Já o atendimento domiciliar contempla a assistência em diferentes complexidades. Outros serviços oferecidos pelo Cenfe são: curativo por pressão negativa, cateter central de inserção periférica (PICC), acesso venoso central guiado por ultrassom, exame diagnóstico em casa para avaliação de TVP (trombose venosa profunda).

SERVIÇO:

O que: 2º Ciclo Cenfe de Workshop em Feridas
Quando: A partir de 23/01
Onde: Online
Inscrições: Portal do Cenfe Wound Care https://cenfe.med.br/evento-7-mYEdulo%C2%B7queimadurasconceitoseabordagemgeral#/

 


ibaneis-1.jpg

Ricardo Callado06/01/20195min
Governador Ibaneis Rocha quer dinamizar parcerias público-privadas no Distrito Federal (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Por Marcelo Brandão

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, afirmou hoje (6) que pretende dar andamento rápido às parcerias público-privadas (PPP’s). Ele disse que amanhã haverá uma reunião, em Brasília, para tratar do assunto visando permitir que as licitações saiam o mais rápido possível.
“Amanhã, eu reunirei o grupo que trata da questão das PPPs para que a gente já aprove as parcerias público-privadas que estão em estudo em vários locais”, afirmou.

Dentre elas, está a concessão do Autódromo de Brasília e uma PPP para construção da TransBrasília, uma via que ligará Samambaia ao Plano Piloto, numa distância de aproximadamente 30 quilômetros.

“Temos várias áreas que estão em andamento. Essa área do Autódromo está bem avançada. Temos a TransBrasília, projeto pronto para ser licitado. Queremos fazer com que saia o mais rápido possível”, explicou.

O governador Ibaneis também citou as obras da saída norte, região que ainda não conta com Metrô. Os motoristas enfrentam congestionamentos diários nos horários de pico. As obras foram iniciadas ainda no governo Agnelo Queiroz, ficaram paradas durante parte da gestão do governador Rodrigo Rollemberg, e reiniciadas na segunda metade de sua gestão. “Amanhã vamos aprovar para liberar para cada um dos órgãos fazerem essas licitações”, disse.

Mutirão de cirurgias será iniciado

O governador também afirmou que o mutirão de cirurgias cardíacas no Distrito Federal terá início a partir desta semana.

“Já foram comprados os insumos e tenho certeza que, nesta semana, não só as cirurgias cardíacas, mas todo o plantão e toda a extensão de horário, terceiro turno na rede pública, tudo isso vai começar a funcionar para atender a população”, afirmou.

Na semana passada, em seus primeiros dias de governo, Ibaneis anunciou o SOS Saúde, um conjunto de ações emergenciais que, entre outras medidas, pretende zerar as filas nos hospitais e promover mutirões de cirurgia já a partir da próxima semana.

Troca da bandeira nacional

As declarações de Ibaneis foram dadas à imprensa hoje, após a cerimônia de troca da bandeira nacional, na Praça dos Três Poderes. A solenidade ocorre todo primeiro domingo do mês e sua realização hoje ficou a cargo da Polícia Militar do DF. O governador acredita que o brasileiro precisa “reforçar os laços cívicos” e disse que estará presente em outras cerimônias de troca da bandeira.

“Estamos vivendo um momento em que temos que reforçar esses laços cívicos. Uma solenidade como essa reafirma o nosso compromisso com a pátria. Acho que todos têm que ter esse envolvimento. Faço questão de estar nessa cerimônia e nas outras de hasteamento que forem feitas”, opinou.

A cerimônia de troca da bandeira é feita todo primeiro domingo do mês, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A solenidade é promovida pela Marinha, Exército ou pela Aeronáutica, além do Governo do Distrito Federal, que se revezam na organização do evento. O rodízio é coordenado pelo Ministério da Defesa.

Na troca, a bandeira nova é hasteada e só quando ela está no alto a bandeira a ser trocada é arriada. O mastro tem 100 metros de altura e é formado por 24 hastes dispostas em círculo que convergem no topo.

Elas simbolizam a convergência dos poderes e de todas as unidades da Federação. A bandeira nacional hasteada no mastro deve medir 186 metros quadrados. Durante a cerimônia de substituição, são executados o Hino da Bandeira e o Hino Nacional.


joao-de-deus-3.jpg

Ricardo Callado02/01/20193min

Preso há duas semanas, médium é acusado de abuso sexual

Por Gilberto Costa


posse-bolso-2.jpg

Ricardo Callado01/01/20192min

Restrições de voos não afetam área do aeroporto internacional

A algumas horas apenas do início da cerimônia de posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, hoje (1º), na Esplanada dos Ministérios, a Força Aérea Brasileira (FAB) mantém em alerta o sistema de defesa específico para os céus em caso de emergência.

Nas redes sociais, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou: “O sistema de defesa aeroespacial está pronto para #OperaçãoPosse! Aeronaves de defesa aérea e alarme aéreo antecipado já estão em voo e o sistema de defesa antiaérea em posição e pronto para operação.”

O sistema estava previsto como parte do esquema de segurança para a cerimônia de posse de Bolsonaro que ocorre em três momentos distintos: no Congresso Nacional, depois no Palácio do Planalto e termina no Itamaraty. O esquema de segurança para a posse de Jair Bolsonaro, que sofreu um atentado a faca durante a campanha, é o maior já visto em Brasília.

A FAB também divulgou que as áreas de exclusão, com três níveis de restrição, foram acionadas ao meio dia. Só aeronaves autorizadas, como o helicóptero que transmitirá as imagens da posse, poderão sobrevoar a Esplanada dos Ministérios e os locais por onde passará, a partir das 14h,  o cortejo presidencial.

As restrições de voos não afetam o aeroporto internacional da capital, distante da Esplanada.


posse-bolso.jpg

Ricardo Callado01/01/20193min

Por Luiza Damé

O dia nublado, com pancadas de chuvas, nesta terça-feira (1º), não afugentou os apoiadores do presidente eleito, Jair Bolsonaro, da cerimônia de posse. Em grupos, desceram a Esplanada dos Ministérios, usando camisetas brancas, amarelas, verdes e pretas, nas quais era possível ler “Bolsonaro Presidente” e “Meu partido é o Brasil”.

Muitos portavam bandeiras do Brasil, boa parte comprada no caminho, onde vendedores ambulantes tentavam driblar a fiscalização do Governo do Distrito Federal. As filas, nos pontos de revista, tão logo se formavam já se dispersavam.

Algumas pessoas se desfizeram de bolsas, garrafas de água, objetos e alimentos proibidos na área reservada ao público.

Um caminhão do Exército, com alto-falante, anunciava as medidas de segurança adotadas para garantir a tranquilidade do evento. Informava sobre os objetos proibidos, como guarda-chuva, carrinho de bebê, armas de fogo, mochilas, bolsas, objetos cortantes e suportes de faixas e bandeiras.

Além dos moradores do Distrito Federal, vieram caravanas de todo o país. Alguns chegaram pela manhã e retornariam à noite para suas cidades. É o caso do engenheiro civil Brener Bernardes, que saiu de Uberlândia (MG) às 3h e dirigiu por 420 quilômetros até Brasília. Trouxe o filho Lucas Bandeira Bernardes e o amigo Darlei Ferreira.

Animado com a oportunidade de acompanhar de perto a posse de Bolsonaro,  Bernardes já tinha percorrido os dois quilômetros entre a rodoviária urbana de Brasília e a Praça dos Três Poderes, e voltado ao ponto de partida para se juntar aos companheiros. Disse acreditar que Bolsonaro fará um bom governo.

“Vai combater a corrupção, melhorar a segurança e a saúde. É preciso recuperar a credibilidade do Brasil no mercado externo para o país voltar a crescer”, afirmou.


ccbb_de_brasilia_divulgacao_ccbb-1.jpg

Ricardo Callado29/12/20186min

Postos de trabalho no Parque Tecnológico de Brasília serão de alta qualificação em empresas e startups do setor de tecnologia e de inovação

Por Cibele Moreira 
Centro de inovação e tecnologia, o Biotic — Parque Tecnológico de Brasília pretende proporcionar um novo pilar econômico para o Distrito Federal.

Inaugurado em junho deste ano, o espaço prevê a criação de25 mil empregos nos próximos 30 anos.

De acordo com o secretário-adjunto de Ciência e Tecnologia, Thiago Jarjour, o projeto estimulado pelo governo do Distrito Federal quer diversificar a economia do DF.

“Brasília é impulsionada pelo setor de serviços e, principalmente, pelo funcionalismo. Precisamos mudar isso”, pontuou Jarjour.

Para ele, a capital federal tem cenário propício para o desenvolvimento do parque tecnológico com aconcentração de mestres e doutores e tendência para inovação.

“Brasília é impulsionada pelo setor de serviços e, principalmente, pelo funcionalismo. Precisamos mudar isso”Thiago Jarjour, secretário-adjunto de Ciência e Tecnologia

O secretário-adjunto considera que o Biotic já é um sucesso e o atribui à apropriação da sociedade e de empresários em investir e movimentar esse setor.

Em seis meses, o espaço recebeu visitas de representantes internacionais de países como Canadá, Cazaquistão e Irã que demonstraram interesse no empreendimento.

Com área edificada de 10 mil metros quadrados, o prédio de governança do Biotic fica entre a Granja do Torto e o Parque Nacional de Brasília.

Ele abriga cinco empresas selecionadas por meio de chamamento público e instituições públicas, como a sede da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF) e o Núcleo de Inovação Tecnológica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Aproximadamente R$ 40 milhões foram investidos — R$ 36 milhões da FAP-DF e R$ 4 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do governo federal.

R$ 40 milhõesInvestimento no Biotic – Parque Tecnológico

Para o diretor-presidente da Biotic S.A., Márcio Henrique Lima, o intuito do parque é criar um ambiente de negócios e de cooperação entre empresas, universidades e centros de pesquisa.

“A ideia é proporcionar o desenvolvimento de startups com incentivo de promoção e aceleração de trabalhos na área de biotecnologia e tecnologia da informação e comunicação” explica Lima.

Segundo ele, a aproximação do governo federal é um dos grandes atrativos para as empresas.

A participação dos jovens também ganha destaque com o Escritório de Projetos Inovadores. Iniciativa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB), a novidade foi criada para fomentar o empreendedorismo tecnológico e a capacitação.

O Parque Tecnológico da Universidade de Brasília (UnB) também será parceiro com o projeto Brasília Living Labs, que visa promover soluções em três temas centrais:

  • cidades
  • cidadania
  • educação

O primeiro encontro ocorreu em novembro, quando se discutiu a estruturação do programa.

Quais são as empresas instaladas no Parque Tecnológico

Easythings: tem a missão de pesquisar, desenvolver e comercializar produtos para facilitar a vida das pessoas. O principal produto é uma pulseira com sensores para alerta de hipoglicemia.

Macofren: startup que usa tecnologias químicas para combater a fraude e contaminação em vários tipos de produtos, como petróleo, laticínios, cosméticos e bebidas alcoólicas.

Spin: trabalha com automação orientada para o mercado elétrico, especificamente com softwares que integram soluções em empresas de energia.

Tera Science: startup que visa melhorar o bem-estar geral das pessoas. O principal produto é um software que permite entregar, em poucos minutos, um resultado de avaliação física.

Voyager: prestadora de serviços de apoio à qualidade de serviços de tecnologia da informação e inserida no contexto da transformação digital. As principais áreas de negócio são: governança orgânica; inteligência em dados; governo inteligente; cyber segurança; inteligência livre e educação tecnológica.



Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias