Arquivos Brasília - Blog do Callado

Purple-Day-Brasília.jpg

Ricardo Callado23/03/20192min
O evento propõe uma conscientização sobre a epilepsia e combate ao preconceito 
A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Epilepsia, presidida pelo deputado Delmasso (PRB), e a ONG Viva Além das Crises realizarão neste domingo (24) a 5ª edição do Purple Day Brasília, no estacionamento do Parque Ana Lídia, no Parque da Cidade. O objetivo do evento é propor uma conscientização e combate ao preconceito às pessoas com epilepsia.
A programação acontecerá das 9h às 12h30, com um café da manhã, onde os participantes trocam experiências do dia a dia das pessoas com epilepsia. A roda de conversa será com o neurologista Dr. Wagner Teixeira, a fisioterapeuta Alanda Gonçalves e o Corpo de Bombeiros. Para a diversão da criançada terá pintura de rosto e contação de histórias com o grupo Anjalhaços.
 Delmasso falou sobre o impacto do Purple Day na vida das pessoas. “O evento visa a conscientização e combate ao preconceito às pessoas com epilepisa, que é a segunda doença com maior estigma. A primeira é a Aids”, disse.
Conquistas das famílias de pessoas com epilepsia no DF
Uma das grandes vitórias foi a aprovação da Lei nº 5625/2016, de autoria do deputado Delmasso, que cria o programa de assistência integral à pessoa com epilepsia, melhorando a qualidade de vida dos pacientes.

saltos-ornamentais_crédito_José-Gonçalo-6.jpg

Ricardo Callado23/03/20194min

Crianças atendidas pela Legião da Boa Vontade (LBV), em suas duas unidades no Distrito Federal, visitaram mais uma vez o Centro Olímpico da Universidade de Brasília (UNB). Desta vez foram convidadas a prestigiar a 49º Troféu Brasil de Saltos Ornamentais, que acontece na capital federal até o dia 23 de março, no Centro de Excelência de saltos ornamentais da UNB.

A competição que teve início no dia 20 de março contou com a torcida dos pequenos na abertura e também na etapa mista final no dia 22/03. O convite partiu de Ricardo Moreira, presidente da Confederação Brasileira de Saltos Ornamentais (CBSO), entidade que organiza o evento pela primeira vez, em parceria com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBD).

Animado e com a presença das crianças atendidas pela LBV, Ricardo destacou: “trabalho como esse que a LBV faz junto às crianças é fundamental pois a criança é a base de tudo e a educação é o que dá subsídios para que elas possam desenvolver seus valores, e a gente contar com a presença dessas crianças nos deixa muito felizes. É engraçado que várias
crianças da LBV estiveram aqui antes das olimpíadas e vale mencionar que nas olimpíadas do Rio, o Brasil teve a melhor performance da história na modalidade e eu tenho certeza que parte dessa performance se deveu também à energia positiva delas e desse trabalho feito pela LBV.”

Com a participação de 33 atletas, a competição serve como seletiva final para compor a equipe brasileira que disputará três importantes eventos neste ano: os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, o Mundial de Esportes Aquáticos, na Coreia do Sul, e o Grand Prix da Federação Internacional de Desportos Aquáticos (Fina).

Um dos principais expoentes dos saltos ornamentais brasileiros e principal incentivador da seletiva, Hugo Parisi destacou: “Gosto muito de criança e a gente já tem um envolvimento de longa data e sempre que eu puder marcar presença e puder ter a visita de todas as crianças da LBV aqui, eu vou receber de braços abertos, e no que eu puder ajudar, nem que seja um pouquinho, para o futuro delas, pode ter certeza que eu vou fazer o que eu puder”.

A LBV há décadas realiza a pioneira campanha “Esporte é Vida, não violência!”, incentivando a prática esportiva como um caminho para a melhoria da qualidade de vida de seus atendidos, e desenvolvendo também novos talentos, a disciplina e o respeito ao próximo.

Visite, conheça e colabore! A Escola de Educação Infantil Alziro Zarur atende centenas de crianças entre 3 e 5 anos e está localizada na Colônia Agrícola Samambaia, chácara 40 — Lotes 1 e 2. Para outras informações, ligue: (61) 3410-6025. Já o Centro Comunitário de Assistência Social se localiza na quadra 915 Sul, Asa Sul, Brasília/DF. Informações: (61) 3410-6015.


Paulo-Costa-brb.jpg

Ricardo Callado21/03/20193min

Em entrevista ao Radar, o presidente do BRB, Paulo Costa, confirmou a realização do concurso para o preenchimento de 113 vagas para as principais carreiras do banco com o objetivo de chegar a um cadastro reserva de mais de duas mil pessoas. 

Por Toni Duarte//Radar-DF

O novo presidente do Banco Regional de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, desde que assumiu o comando do BRB, a exatos 49 dias, tem se debruçado em três grandes tarefas: a de realizar um novo concurso público, cujo edital será divulgado em abril; expandir o crescimento do BRB, inclusive na região metropolitana e na região Centro-Oeste; e a  de aplicar mudanças significativas que visem o fortalecimento da imagem e da credibilidade da instituição financeira.

O último concurso feito pelo BRB aconteceu em 2013 quando ofertou vagas apenas para cargo de Analista de Tecnologia da Informação.

O presidente garantiu que os classificados no  concurso voltado para as principais carreiras do banco, a ser realizado no próximo mês, serão chamados ainda este ano.

Paulo Henrique Costa voltou a sustentar que a história da privatização, que tanto assombra os mais de 3 mil servidores do banco estatal, está completamente descartada.

“O compromisso feito pelo próprio governador Ibaneis é de que o BRB cresça,  se fortaleça e que seja o protagonista do desenvolvimento econômico, social e humano do DF. A minha missão, como presidente do banco, é trabalhar para isso. Então está descartada essa história de privatização”, pontuou.

Ele disse que a realização do concurso transformará o BRB em um banco mais ágil, moderno com o foco na melhoria do atendimento aos clientes.

Paulo Henrique Costa, que é formado em administração de empresas e que foi vice-presidente de Clientes, Negócios e Transformação Digital da Caixa Econômica Federal – banco em que ele trabalhava desde 2001, ressaltou ainda que a intenção do concurso é selecionar mais profissionais com habilidades compatíveis aos novos desafios do mercado financeiro.


descoberto.jpg

Ricardo Callado21/03/20194min

O Governo Federal e os governos do Distrito Federal e de Goiás assinam, nesta sexta-feira (22), Dia Mundial da Água, um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para a proteção e uso racional dos recursos hídricos e incentivo à atividade rural sustentável na bacia hidrográfica do Alto Descoberto. A cerimônia será às 10h, na Barragem do Descoberto, em Águas Lindas de Goiás. Na ocasião, também será assinado o decreto de criação do Parque Estadual Águas Lindas, que redefine a poligonal da unidade de conservação hoje conhecida como Parque do Descoberto.

As duas medidas têm como objetivo proteger e incentivar a adoção de práticas de uso sustentável dos recursos naturais na bacia do Lago Descoberto, principal manancial de abastecimento público operado pela Caesb. Estarão presentes o governador de Goiás, Ronaldo Caiado; o vice-governador do DF, Paco Britto; o diretor presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, e os presidentes da Caesb, Fernando Leite, e da Saneago, Ricardo Soavinski.

Uma das ações do Acordo é implantar no Descoberto o programa Produtor de Água, promovido pela Agência Nacional de Águas (ANA) e desenvolvido no âmbito estadual pelas entidades locais, como Caesb, Adasa, Saneago, além de secretarias de Meio Ambiente dos dois estados. O programa destina-se a proteger as nascentes localizadas nas propriedades rurais localizadas na Bacia, que é responsável hoje por cerca de 65% do abastecimento do Distrito Federal.

O Produtor de Água já está em operação na bacia do Ribeirão Pipiripau, tem o envolvimento de 16 parceiros, e prevê uma série de ações para a proteção de mananciais. Além disso, há uma remuneração em dinheiro para produtores rurais que adotem práticas de proteção ao meio ambiente, hoje paga pela Caesb.

“O mais importante é que este acordo cria um arranjo institucional, de vários órgãos e instâncias, que permite traçar as melhores estratégias para gestão sustentável do território, como já ocorreu no Pipiripau e, agora, vai permitir o mesmo avanço na bacia do Descoberto”, defende o presidente da Caesb, Fernando Leite.

A assinatura do acordo e a criação formal do Parque pelo governo de Goiás são o desfecho de duas décadas de articulação entre diferentes órgãos de governo do DF, de Goiás e federal, além do Ministério Público das unidades da federação. “A Caesb tem sido protagonista nesse processo, mudando a perspectiva de relacionamento com os agricultores das regiões onde estão nossos mananciais”, completa Fernando Leite.

A Caesb atua como cogestora do Parque Estadual Águas Lindas, localizado no município goiano. O parque é constituído de duas áreas distintas, num total de 2 mil hectares e se destina a preservar as nascentes, os mananciais, a flora e a fauna, bem como controlar a ocupação do solo na região, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.


hran.jpg

Ricardo Callado21/03/20192min

Ibaneis disse ainda que tomou conhecimento de “uma espécie de embarreiramento no atendimento

Após a solenidade, Ibaneis conversou com a imprensa e falou sobre a decisão de exonerar o diretor do Hospital Regional na Asa Norte (Hran), Gustavo Bernardes, e o superintendente da Regional de Saúde Central, Adriano Ibiapina, após as denúncias de boicote na Saúde do DF.

“Eu fiquei muito decepcionado com informações que eu tive, de que estava existindo algum tipo de boicote. Como o cargo é um cargo de confiança, você só mantém quem você confia”, decretou o governador.

Ibaneis disse ainda que tomou conhecimento de “uma espécie de embarreiramento no atendimento, para que as pessoas ficassem do lado de fora para expor uma situação que não era real porque havia leitos dentro do hospital” e que esse procedimento será estendido a todos os servidores que não se atentarem que o momento no Distrito Federal é outro.

“Eu quero pessoas empenhadas, trabalhando e atendendo a comunidade. Eu estou dando as condições para que os hospitais funcionem, estou colocando medicamentos, levando pessoal, tratando todos com respeito. Mas quem destratar a população que me elegeu, e me elegeu porque quer mudança, vai ser exonerado do cargo”, finalizou.


concurso.jpg

Ricardo Callado20/03/20193min

Mais de 53 mil candidatos se inscreveram para a seleção que destina vagas de níveis médio e superior

Quem se inscreveu no concurso para a Secretaria de Desenvolvimento Social do Governo do Distrito Federal, já pode consultar o local de prova. Para isso, basta que o candidato acesse o portal da banca organizadora e digite os dados solicitados. É importante que os inscritos verifiquem com antecedência e, em caso de dúvidas ou problemas, entrem em contato com a organização pelos meios informados na página do instituto na internet.

Nas últimas semanas, os gestores da pasta estiveram reunidos com a banca organizadora para verificar se as exigências do Tribunal de Contas do Distrito Federal e da Procuradoria-Geral do Distrito Federal foram cumpridas. “O instituto nos apresentou as garantias devidas e vamos aguardar a promoção desse concurso que é uma grande oportunidade para corrigir o deficit de servidores e melhorar o atendimento ao cidadão”, destaca o secretário de Desenvolvimento Social Eduardo Zaratz

A prova ocorre neste domingo (25) em nove locais entre universidades particulares e escolas públicas e privadas. Para as carreiras de nível médio foram 27.297 inscritos, enquanto as de nível superior, 26.451, totalizando 53.784 candidatos.

Vagas

De acordo com o edital, estão previstas 314 vagas para os cargos de Especialista em Assistência Social e Técnico em Assistência Social, e formação de cadastro reserva correspondentes a cinco vezes o número de vagas ofertadas para cada cargo da Carreira Pública de Assistência Social do Distrito Federal.

O total das 1.884 oportunidades são para as especialidades de Educador Social, Direito e Legislação, Pedagogia, Psicologia, Serviço Social, Administração, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Economia, Estatística, Nutrição, Técnico Administrativo, Agente Social e Cuidador Social.

Ainda conforme rege o edital, os candidatos nomeados estão sujeitos ao Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do Distrito Federal, instituído pela Lei Complementar nº 840, de 23 de dezembro de 2011, e às normas internas do órgão de lotação.

*com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social


Escola-militar-2.jpg

Ricardo Callado20/03/20192min

Medida para atuação imediata foi definida em reunião no Palácio do Buriti

Por Ian Ferraz 

O governador Ibaneis Rocha determinou o reforço no policiamento das escolas da rede pública do Distrito Federal. A atuação, imediata, será feita por 180 militares em diferentes unidades.

Os profissionais vão atuar em dupla e podem monitorar mais de uma escola, a depender da proximidade entre os colégios. As forças de segurança, por meio do serviço de inteligência, também estão trabalhando em conjunto para monitorar possíveis ameaças e outros problemas.

Participaram da reunião no Palácio do Buriti os secretários da Casa Civil, Eumar Novacki, de Segurança Pública, Anderson Torres, de Educação, Rafael Parente, e a comandante-geral da Polícia Militar, a Coronel Sheyla Sampaio.

“Estamos atentos à questão da segurança das escolas e vamos fazer o necessário para que todos na comunidade escolar se sintam seguros”, explicou o secretário de Educação, Rafael Parente.

Escolas de gestão compartilhada

A reunião também tratou sobre a ampliação do projeto das escolas de gestão compartilhada. No encontro foi falado sobre a intenção de ampliar o número de unidades de ensino de quatro para 40 até o final de 2019.

(Com Informações da Agência Brasília)


patinete.jpg

Ricardo Callado20/03/20196min

Grin vai oferecer alternativa sustentável, rápida e divertida de mobilidade na cidade

Os moradores de Brasília vão poder contar com uma alternativa sustentável e divertida de transporte em seus deslocamentos: chegam à cidade a partir de hoje as patinetes elétricas da Grin, startup de micromobilidade urbana que faz parte do grupo latinoamericano Grow Mobility Inc. As patinetes compartilhadas da Grin são uma solução inteligente e acessível para a mobilidade urbana: não poluem, são silenciosas, ocupam menos espaço do que carros e motos e são fáceis de guiar, além de transformarem o deslocamento em um momento de lazer e interação com a cidade. “Queremos que o serviço beneficie tanto usuários como não usuários, contribuindo para redução de carros nas ruas, da poluição e do ruído”, diz Marcelo Loureiro, cofundador e presidente da Grow no Brasil.

                                                                    

O serviço de compartilhamento é oferecido pelo aplicativo da Grin, disponível nas plataformas App Store e Google Play. Por meio dele, o usuário se cadastra, encontra e desbloqueia a patinete mais próxima. O custo é de R$ 3 para o desbloqueio e o primeiro minuto de uso, mais R$ 0,50 por minuto adicional. Os dez primeiros minutos do primeiro passeio são gratuitos. O horário de funcionamento é das 6hs às 22hs.  As patinetes vão poder transitar em ciclovias e ciclofaixas (até o limite de 20 km/h) e, se necessário, nas calçadas (neste caso, o limite é de 6 km/h), respeitando sempre a prioridade total aos pedestres. “Nesse primeiro momento, teremos duas  áreas de atuação: quase 12,4 no Plano Piloto e 6km² em Águas Claras”, explica Loureiro.

O app também informa a localização das Estações Grin, pontos da cidade nos quais é possível encontrar e estacionar as patinetes. A devolução dos veículos nas estações é muito importante para viabilizar a prestação do serviço e manter a cidade organizada. Além disso, as patinetes Grin são monitoradas em tempo real e recolhidas todas as noites pela empresa, que conta com uma equipe local para realizar o processo de coleta, recarga e recolocação diária nas estações.

Segurança

A segurança dos usuários é um tema prioritário para a Grin. Para garantir o uso cuidadoso das patinetes, a startup restringe o serviço para maiores de 18 anos, sendo apenas uma pessoa por patinete por vez. É recomendado que os clientes façam uso de capacete e que mantenham sempre as duas mãos no guidão e os dois pés dentro da patinete. Além disso, os usuários são orientados a sempre circularem em ciclofaixas e ciclovias, até o limite de 20 km/h e, se necessário, em calçadas, observando o limite de 6 km/h. Em qualquer situação, o respeito aos pedestres deve ser sempre priorizado. Em eventuais acidentes durante o passeio, os usuários da Grin contam com cobertura do seguro de acidentes pessoais da seguradora HDI.

Sobre a Grin

A Grin é uma startup de micromobilidade urbana nascida da fusão da brasileira Ride, empresa pioneira na implantação do sistema de compartilhamento de patinetes elétricas no país, com a Grin, também pioneira no México. Em janeiro de 2019, juntou-se à Yellow, startup que trouxe para o país o sistema de bicicletas sem estação, dando origem à holding Grow Mobility Inc, a terceira maior empresa de mobilidade urbana do mundo. Com as duas marcas, a Grow já está presente em mais de 15 cidades do Brasil e América Latina e seguem em franca expansão pelo continente.


uniceub.jpg

Ricardo Callado20/03/20193min

Estão abertas as inscrições para o II Simpósio Internacional de Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Esportiva do UniCEUB, a se realizar de 28 a 30 de março, em Brasília. O evento, organizado pela Pós-Graduação de Fisioterapia do UniCEUB, reunirá renomados especialistas nacionais e internacionais em três dias de ampla programação técnica, com a participação especial de fisioterapeutas do Barcelona Futebol Clube e da CBF.

O público-alvo do Simpósio é formado por acadêmicos, docentes e profissionais das áreas da Saúde, da Educação Física e interessados. Os valores da inscrição variam de R$ 100 a R$ 250, dependendo do perfil do participante. A programação completa e as orientações para inscrições podem ser encontradas em bit.ly/simposioceub2019.

Entre os convidados e palestrantes do Simpósio, estão: Marta Saula Montaña, Fisioterapeuta do FC Barcelona; Diogo Netto, Gerente de Desenvolvimento Social da CBF; Fernando Solera, Presidente da Comissão de Controle de Dopagem da CBF; Pedro Lima, Presidente do Congresso Brasileiro de Fisioterapia Esportiva 2019; Maurício Garcia, Coordenador Técnico do Centro de Reabilitação do Instituto COHEN; Fábio Sprada, Presidente da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva; e Paulo Lobo, Diretor do Hospital HOME, Centro Médico de Excelência da FIFA.


Serviço

II Simpósio Internacional de Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Esportiva do UniCEUB

Data: 28 a 30 de março de 2019

Programação completa: bit.ly/simposioceub2019

Local: campus Asa Norte do UniCEUB, Brasília (DF)
Inscrições: neste link


O-médico-Vinicius-Medina-Lopes-especialista-em-reprodução-humana-coordena-o-Fórum..jpg

Ricardo Callado20/03/20195min

Novos modelos de família, as técnicas de reprodução assistida indicadas para cada caso e os direitos legais da família contemporânea.

Produção independente (monoparentalidade programada), uniões homoafetivas, maternidade depois dos 40 são resultado de transformações, conquistas e avanços socioculturais. A medicina reprodutiva tem um papel fundamental para os novos modelos de família. No próximo dia 13 de abril, a capital federal vai sediar o Fórum Reprodução Assistida e Novas Configurações Familiares, que acontece como parte da programação do 11° Simpósio de Reprodução Humana de Brasília, promovido pela Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH) e a Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Brasília (SGOB).

O fórum acontece, das 10 às 12h, na Associação Médica de Brasília (AMBr). “Os avanços da ciência reprodutiva trouxeram inúmeras possibilidades para que as famílias contemporâneas possam exercer seu direito de procriar”, afirma o médico Vinicius Medina Lopes, especialista em reprodução assistida e um dos coordenadores do Fórum.

O fórum será aberto ao público e direcionado aos profissionais e estudantes da área de medicina, enfermagem, psicologia e direito, comunidade LGBT e a população geral do Distrito Federal. As inscrições são gratuitas dentro do limite das vagas e devem ser feitas antecipadamente pelo telefone (61) 3245-3681.

Na atual sociedade, a família tradicional nuclear patriarcal deixou de ser o único modelo possível e também não é mais o modelo predominante. No Distrito Federal, considerando-se apenas as famílias com filhos, de acordo com levantamento do IBGE, 31,6% dos arranjos familiares são compostos por mulheres sem cônjuge e com filhos. Esse índice está acima da média nacional e significa que uma a cada três famílias é constituída por mães-solo na capital federal.

Na ocasião, o médico Vinicius Medina Lopes, apresentará as técnicas de reprodução aplicadas a cada caso. O médico é diretor científico da SBRH e vice-presidente da Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Brasília (SGOB). Na sequência, a advogada Cíntia Cecilio, presidente da comissão de diversidade sexual e de gênero da OAB/DF, apresentará os direitos e dará dicas referentes à parte legal dos processos reprodutivos.

O psicólogo Flávio Lobo Guimarães, do comitê nacional de psicologia da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), falará sobre as novas formações familiares, como pais ou mães solteiras, casais homoafetivos e casais em que a mulher na menopausa utiliza óvulos doados.

O fórum será encerrado com um debate sobre os assuntos apresentados e o plenário poderá tirar suas dúvidas.



Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias