ARTIGO | As nossas verdadeiras heroínas

Ricardo Callado08/03/20193min

Por Izalci Lucas (*)

Neste dia 8 de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher. Muito mais do que uma celebração, a data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, serve como oportunidade para refletirmos sobre problemas que ainda permanecem em nossa sociedade, como o aumento da violência contra a mulher, o feminicídio e a desigualdade social. Desde os primeiros protestos no início do século 20, as mulheres em todo o mundo continuam fortes e determinadas a buscarem seus direitos.

Aqui no Brasil, a trajetória de mulheres que mudaram os rumos da nossa história, desde o descobrimento até os dias de hoje, nos remete à vida de brasileiras extraordinárias. Mulheres além do seu tempo, que não mediram esforços para superar obstáculos e dificuldades. Entre tantas que poderíamos citar, destaco Barbara Alencar, Ana Pimentel, Aquatune, Maria Quitéria, Anita Garibaldi, Nísia Floresta, Myrtes Campos, Bertha Lutz, Romy Medeiros, Lygia Bessa, Tarsila do Amaral, Raquel de Queiroz, Ruth Cardoso e Maria da Penha, nosso exemplo mais recente.

Houve um tempo em que as brasileiras não podiam opinar, estudar, trabalhar. Lideraram movimentos com coragem e passaram por cima de todas as convenções. Hoje faço uma homenagem a essas heroínas, que mesmo diante das adversidades, abriram caminhos, conquistaram direitos sociais importantes. Foram abolicionistas, empreendedoras, revolucionárias, inovadoras. Foram as verdadeiras protagonistas da nossa história. Não menciono todas aquelas que atuaram, lutaram e trabalharam em favor de um Brasil melhor para se viver, não teria espaço para tanto. Mas reverencio cada uma delas pelo papel que desempenharam e ainda desempenham para
tornar nosso país mais igual e mais justo.

Essas mulheres são as mães de todos nós e deixaram um legado de amor e coragem. As que estão seguindo essa luta devem ser, por todos nós, não só admiradas, apoiadas, mas, acima de tudo, protegidas, pois é delas que viemos. É por elas que vivemos e sempre será assim. A todas, sem distinção, nosso respeito e nossa gratidão.

(*) Izalci Lucas é senador pelo PSDB do Distrito Federal.

Ricardo Callado

Jornalista, blogueiro, escritor e consultor político. Exerceu a função de secretário de Comunicação Social do Governo do Distrito Federal. Foi Diretor de Redação do Grupo Comunidade de Comunicação – responsável pelos jornais da Comunidade e O Coletivo. É autor do livro PANDORA – e outros fatos que abalaram a política de Brasília.


Comente esta publicação

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com (*) são obrigatórios.

 


Sobre o Blog

Aos 14 anos, o Blog do Callado é um veículo consolidado, admirado por seus leitores e em sintonia com o público alvo: a população brasiliense. O blog é um site de opiniões e notícias com atualização diária, sem cunho ideológico. Dedica-se a oferecer aprimoramento da informação, com uma audiência qualificada.


NOS BASTIDORES DA CAIXA DE PANDORA

Pandora




Mídias Sociais

Twitter do Blog


FANPAGE Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar



Parcerias